Em que consiste os rótulos nutricionais?

6 de abril de 2019
Ao aprender a ler os rótulos nutricionais conseguiremos uma alimentação mais saudável, já que poderemos escolher aqueles alimentos cujos nutrientes sejam mais interessantes.

Hoje em dia, a alimentação das pessoas mudou para hábitos pouco saudáveis. Isso se deve ao fato da maioria das dietas cotidianas serem enriquecidas de gorduras saturadas e açúcares refinados, que vêm gerando grandes problemas para a saúde mundial. Por isso, os rótulos nutricionais são tão importantes.

Isso vem motivando que diversas instâncias internacionais como a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) incentivem os governos a tomar ações específicas para estimular a educação nutricional na população.

É nessa questão em particular que os rótulos nutricionais aparecem como uma ferramenta didática. A razão é muito simples: ajuda os consumidores a escolher os alimentos mais saudáveis para o organismo.

O que são os rótulos nutricionais?

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA – da sigla em inglês) define rótulos nutricional como o enquadramento branco e preto que está fixado nas embalagens dos alimentos e bebidas. Além disso, assegura que este instrumento poderá ser utilizado como um guia prático. Ajudará a tomar as decisões que possam beneficiar a saúde a longo prazo.

Igualmente, afirmam que uma boa nutrição trará grandes benefícios para o corpo. Permitirá, ademais, prevenir e controlar os sintomas de doenças como a pressão alta, a osteoporose, problemas cardíacos, certos tipos de cânceres, diabetes tipo 2 e a obesidade.

Por isso, é importante dedicar alguns segundos para ler a informação que está presente nos rótulos dos produtos no mercado.

Leia o seguinte artigo: 7 ingredientes para evitar na dieta

Qual é a importância dos rótulos?

Casal fazendo compras e olhando os rótulos nutricionais

Sua função principal é informar sobre as propriedades nutricionais contidas nos alimentos que são encontrados nos supermercados. Nesse sentido, têm as seguintes vantagens:

  • Informa ao consumidor sobre os ingredientes dos alimentos e bebidas de forma simples e clara. Sua finalidade é que será possível escolher de acordo com as necessidades particulares.
  • Proporciona um método eficaz para mostrar no rótulo números sobre o conteúdo de nutrientes do produto que será consumido.
  • Caso sofra com alguma alergia ou intolerância a um ingredientes em particular, o rótulo te orientará na correta escolha dos alimentos. Assim evitará futuras complicações.
  • Ajuda a implementar princípios nutricionais sólidos no preparo dos alimentos em benefício da saúde pública.
  • Convida os fabricantes a melhorar a qualidade nutricional de seus produtos, para que o consumidor possa conhecer sobre os ingredientes contidos.

Como são interpretados?

É necessário que aprendamos como interpretar e entender os rótulos nutricionais. Esta informação ajudará a tomar as decisões corretas em relação aos alimentos que mais beneficiarão a saúde.

Você sabia? 5 benefícios para a saúde de usar pouco sal nos alimentos

Identifique o tamanho da porção

Pirâmide alimentar

A FDA explica que o tamanho da porção e a quantidade de porções por embalagem está localizado na parte superior do rótulo. Isso é chave para entender o resto da informação contida.

  • Indicam que a informação nutricional presente nos alimentos, tais como as calorias, a fibra e o sódio, se baseiam em uma porção.
  • Por isso, caso ingira duas porções dos produtos, consumirá o dobro das calorias e duplicará o número de nutrientes. Sejam esses bons ou nocivos, e assim sucessivamente.

Dessa forma, avisam que é necessário conhecer o tamanho das porções. Somente assim saberá com exatidão quantas calorias e nutrientes estará consumindo diariamente.

Busque a quantidade de calorias

As calorias podem ser vistas no rótulo como “valor energético”, “conteúdo energético” ou “energia total”. Todas revelam a quantidade de energia que o alimento ou bebida fornece por porção.

  • Estas podem ser mostradas em Quilocalorias (kcal) e em Quilojoules (kJ), o que normalmente denominamos calorias.

Igualmente, a FDA esclarece que os valores diários são estabelecidos para uma dieta de 2000 calorias. No entanto, manifestam que suas necessidades nutricionais dependerão do quão ativo é fisicamente.

Por isso, recomendam procurar um especialista no assunto para que descubra qual é a quantidade de calorias que mais te favorecerá.

Aprenda a utilizar a porcentagem de valor diário

Mulher pensando nas compras

A FDA ressalta que este dado indica qual é a quantidade diária recomendada de um nutriente que tal porção está trazendo. Assim manterá uma alimentação saudável.

Nesse sentido, recomendam que utilize esta parte para escolher os alimentos que são ricos nos nutrientes que devem ser mais consumidos. Da mesma forma, para reconhecer os que deve ingerir menos.

Os nutrientes que aconselham consumir diariamente em quantidades adequadas são: cálcio, fibras, vitamina A e C, assim como o potássio, ainda que este último seja opcional.

Por outro lado, sugerem reduzir as gorduras saturadas e trans, o colesterol e o sódio. No entanto, lembre-se que cada organismo tem necessidades distintas. Um especialista em nutrição se encarregará de explicar com exatidão quais alimentos seu corpo precisa, e em quais porções.