É aconselhável acordar o bebê para trocar a fralda?

20 de julho de 2018
Acordar o bebê para trocar a fralda ou não? Ainda existe este dilema para muitos pais. Entre cuidar da higiene ou garantir o descanso, eles se perguntam qual é a melhor decisão.

A pele do bebê é muito sensível a fatores irritantes, como urina, fezes ou produtos cosméticos. Trocar a fralda frequentemente é necessário para evitar atrito ou dermatites.

Tomar a decisão de acordar o bebê para trocar a fralda dependerá de várias circunstâncias. Para uma mãe que tem dificuldade em fazer o bebê dormir, provavelmente não lhe parecerá uma boa ideia acordar o bebê para trocar a fralda. Ninguém quer lidar com um bebê chorando e chateado por interromper seu sono.

No entanto, se o bebê estiver sofrendo de assaduras com frequência, é provável que a mãe valorize mais o desconforto que gera a assadura e desperte o bebê para evitar que a dermatite se desenvolva.

Acordar o bebê para trocar a fralda: é o mais aconselhável?

Como já falamos em outras publicações: todo bebê é único. O mais aconselhável para um bebê não necessariamente funcionará para outro. Nem entre irmãos deve-se confiar no uso da mesma fórmula.

Confira os Benefícios de dar papinhas de frutas para os bebês

Bebê com fralda

Cabe aos pais determinar quais são as particularidades do bebê. Vamos analisar então os fatores que afetam a decisão de acordar o bebê para trocar a fralda ou não.

Qual é a prioridade: o descanso ou a higiene?

Sem dúvida, deixar uma fralda molhada ou com fezes por muito tempo é prejudicial à pele delicada do recém-nascido. Mas, ao mesmo tempo, não interromper o sono do bebê é fundamental para o seu desenvolvimento.

Enquanto o bebê está acordado, não há problema em trocar a fralda. A pergunta ressoa na mente dos pais quando o bebê está dormindo. Priorize o que for mais aconselhável para o seu bebê; o descanso ou a higiene são a chave para tomar a melhor decisão.

Mãe trocando a fralda do bebê

Normalmente, quando a comida chega ao estômago do bebê, ele evacua. Isso é chamado de reflexo duodenocólico; este é o momento perfeito para trocar a fralda. Um bebê alimentado com fórmula acordará a cada 3 horas: o bebê acorda, você o alimenta e troca a fralda. Não é necessário acordar o bebê depois.

Se o bebê for amamentado no peito, é comum que ele urine e defeque com maior frequência, além de também se alimentar com mais frequência. Portanto, ele despertará mais vezes e será o momento ideal para trocar a fralda, sem precisar interromper os momentos em que ele adormece.

Mas meu bebê já dorme 6 horas ou mais direto! O que eu faço?

A indecisão piora quando o bebê já dorme 6 ou 7 horas seguidas. Despertar o bebê para trocar a fralda se torna uma preocupação para os pais e motiva muitas consultas aos pediatras e às outras mães.

As fraldas descartáveis ​​são cada vez mais absorventes. Existem versões para a noite, fabricadas precisamente para garantir o sono do bebê. Um bebê que dorme 6 ou 7 horas seguidas não precisa ser acordado para trocar a fraldaA fralda deve absorver o líquido e permanecer relativamente seca até ele acordar no dia seguinte.

Recomendamos que leia: Acabe com as cólicas do seu bebê

Mãe acordando a filha para trocar a fralda

Simplesmente certifique-se de trocar a fralda antes dele ir dormir, de que sua pele está limpa e seca e aplique uma boa pomada ou creme protetor para proteger a pele do atrito. Pergunte ao seu pediatra qual é o melhor creme para aplicar na pele do seu bebê.

Se o bebê acordar para comer de noite, ele normalmente adormecerá enquanto estiver sendo amamentado. Portanto, acordá-lo para trocar a fralda é completamente contraproducente. A fralda deve permanecer seca até a manhã seguinte e ser trocada assim que ele acordar.

Quando devo acordar o bebê para trocar a fralda?

Se a única opção para um bebê for usar fraldas de pano porque a fralda descartável está gerando alergias, é melhor trocar o bebê se ele defecar ou se a umidade for excessiva. Infelizmente, você deve acordá-lo ou ele vai acordar enquanto você faz a troca.

Usar uma capa entre o colchão e o lençol ajudará a isolar o bebê da umidade. Também pode funcionar colocar um cobertor ou toalha extra entre o colchão e o lençol. O fundamental é separar o bebê da umidade para ver se é possível não interromper o sono dele.

Caso o bebê esteja com diarreia, ele deve ser trocado imediatamente, pois as fezes são geralmente acidificadas e mais abrasivas para a pele delicada do bebê. Mesmo quando uma fralda descartável com alta absorção é usada, será necessário trocar a fralda. Ao fazer isso, ele provavelmente despertará e você terá todo o trabalho de colocá-lo para dormir novamente.

Recomendados para você