Benefícios de dar papinhas de frutas para os bebês

· 14 de maio de 2018
O leite materno é fundamental para um bebê, mas alimentos como papinhas de frutas oferecem muito para a sua nutrição. Aprenda neste artigo como prepará-las. Anime-se e prepare papinha de frutas para o seu bebê!

O leite materno é o alimento principal para o seu bebê e não deve ser substituído por nada. Porém, você pode complementar a alimentação do seu pequeno com papinhas de frutas. Elas oferecem diferentes nutrientes que contribuirão com o desenvolvimento da criança.

Alguns dos benefícios de dar papinhas de frutas ao seu bebê

As frutas ocupam o segundo lugar da pirâmide alimentar, junto com os vegetais. Isso se deve ao fato de que são indispensáveis para gozar de uma boa saúde. Um dos maiores benefícios de dar papinhas de frutas aos bebês é que oferece um alto teor de água, até 95%.

Igualmente, contêm fibras vegetais que ajudam a regular o trânsito intestinal do bebê. O lactante tem um hábito intestinal sumamente variável. Inclusive, quando cresce, sendo criança pode apresentar mudanças na hora de defecar.

Ainda que todas as frutas possuam um valor alimentar parecido, algumas aumentam a consistência das deposições e outras as diminuem.

As frutas também contêm vitaminas e minerais, carboidratos simples e não possuem gorduras. Incluir frutas na dieta do seu bebê fará com que ele tenha mais energia. Isso o acostumará a consumir opções saudáveis, ao invés de alimentos com um alto teor de açúcares artificiais e gordura.

Ainda, as papinhas de frutas oferecem antioxidantes e micronutrientes que previnem certas doenças, tais como a obesidade, a prisão de ventre, o câncer e problemas do tipo cardiovascular.

Inclusão das papinhas de frutas na dieta de um bebê

Papinha de frutas para os bebês

No começo ofereça ao seu bebê pequenas quantidades para que assim se familiarize com o sabor do alimento, as aceite e possa tolerá-lo junto com o lanche. É importante que tenha presente que, ainda que seu filho consuma papinhas, elas não devem substituir o leite materno.

De fato, as papinhas de frutas devem ser um complemento alimentar do leite materno. Assim que, quando seu bebê coma e tolere adequadamente os purês, vá aumentando progressivamente a quantidade de papinha de frutas.

Frutas que os bebês podem consumir de acordo com a sua idade

Ainda que seu filho possa consumir papinhas de frutas a partir dos 6 meses, algumas frutas são mais recomendadas do que outras devido ao risco de desenvolvimento de alergias. Por isso, deve ir introduzindo as frutas na dieta do seu bebê de forma gradual e progressiva.

Desta maneira, poderá avaliar o grau de tolerância do seu bebê às mesmas. Deve esperar pelo menos três dias antes de fazê-lo provar uma nova papinha de frutas. A seguir, encontrará as frutas que pode dar ao pequeno de acordo com a sua idade.

Aos 6 meses

Melão, uvas (sem casca nem sementes), ameixa, pera, maçã, quiuí, melancia, abacaxi, mamão e manga.

A partir dos 6 meses

Com respeito aos cítricos como a laranja e a tangerina, há médicos que recomendam introduzi-la a partir dos 6 meses. Porém, outros sugerem esperar até os 12 meses pelo potencial alergênico destas frutas.

Aos 12 meses

Bebê comendo papinha de frutas

As frutas mais recomendadas para crianças de 1 ano são: pêssegos, damascos, nêspera (ameixa-amarela), dentre outras.

A partir dos 12 meses

Alguns pediatras recomendam que logo depois de um ano de vida se incluam frutas vermelhas na dieta da criança. Porém, outros consideram que são muito alergênicas e as recomendam depois dos 15 meses.

A partir dos 24 meses

Os frutos secos são muito recomendados para crianças de 2 anos adiante.

Como preparar uma papinha de frutas?

  • No momento de escolher a fruta, deve estar o mais madura possível. Evite comprar as frutas verdes.
  • Lave-as muito bem.
  • Descasque-as, corte-as em pedaços pequenos e retire as sementes, caroços e qualquer coisa do tipo.
  • Cozinhe a fruta, pode ser ao vapor ou em água fervente.
  • Assim que estiver cozida, passe pelo triturador de alimentos até conseguir uma mistura sem pedaços.
  • Sirva a mistura em um prato e deixe esfriar antes de alimentar ao bebê.
  • Evite adicionar açúcar, a que a fruta madura oferece é suficiente. Não é saudável acostumar o bebê a sabores doces, este hábito poderia levá-lo a desenvolver obesidade no futuro.
  • Você pode combinar diferentes frutas para que o seu bebê experimente diferentes sabores.

Papinhas de frutas para bebês

Receita 1: papinha de manga e maçã

papinha de frutas

Ingredientes

  • 1 xícara de manga picada.
  • 1 xícara de maçãs descascadas e em pedaços.

Preparo

  • Limpe a fruta e pique em pedaços pequenos.
  • Adicione meia xícara de água em uma panela de vapor.
  • Coloque a maçã e a manga para cozinharem por uns 2 minutos até que fiquem moles.
  • Introduza a mistura em um processador de alimentos ou liquidificador até que fique suave.
  • Coloque a mistura em um prato e deixe-a esfriar antes de dar ao bebê.

Receita 2: papinha de banana, pera e maçã

Ingredientes

  • 1/4 de maçã.
  • A quantidade de pera que você desejar.
  • 1/4 de banana.
  • Meio copo de água.

Preparo

  • Retire a casca da fruta e pique-a em pedaços pequenos.
  • Em uma panela, adicione água e deixe a pera e a maçã cozinharem durante 15 minutos. Depois, retire a panela do fogo.
  • Em um recipiente, coloque a maçã e a pera cozidas junto com a banana.
  • Adicione o meio copo de água e amasse as frutas até que fiquem sem pedaços.

Se seu pediatra permitir, pode adicionar meia xícara de cereais para incluir mais carboidratos na alimentação do pequeno.

Prepare estas papinhas de frutas para o seu bebê e verá como sua nutrição vai melhorar!