Dores que nunca devemos ignorar

· 23 de janeiro de 2019
Ainda que estejamos acostumados a sofrer com dores de vez em quando, é importante não subestimar algumas delas, nem escondê-las com medicamentos. Saiba quais são a seguir.

É comum que, de vez em quando, sintamos dores de cabeça, de estômago, nas pernas, etc. Devido a nossa pressa e as nossas obrigações diárias, preferimos tomar algum analgésico para voltar a nossa rotina sem dar muita importância a estes sinais. Também é verdade que não há razões para entrar em pânico; é importante apenas estar ciente de quais dores devemos realmente dar importância. Acompanhe neste artigo quais são elas.

As dores sempre são sintomas de alguma disfunção ou, ainda, de que estamos cansados, estressados, que estamos tendo uma má alimentação, que existe algum tipo de inflamação em nosso corpo etc., nem sempre são aspectos graves, mas há determinados sinais que devemos considerar para diferenciar algumas dores de outras. Recorrer aos analgésicos nem sempre é bom, por isso vamos explicar em quais tipos de dores devemos prestar mais atenção.  

Que tipo de dores devo prestar mais atenção?

Dor intensa nas costas

espalda

  • Não se trata de uma sobrecarga muscular, não é a típica dor nas costas que podemos sofrer em função de má postura ou cansaço. Trata-se de uma súbita pressão nas costas acompanhada por uma dor penetrante com sensação de ardor. A que isso se deve? Os médicos avisam que este tipo de dor, deve-se a um aneurisma da aorta torácica; devido a uma arteriosclerose. As artérias vão endurecendo pouco a pouco e poderemos sentir dor, tanto no peito quanto nas costas.
  • As dores nas costas também podem indicar pedras no rins, mas neste caso a dor é mais forte e em um lado das costas. 

Leia também: 5 bebidas à base de ervas para prevenir pedras nos rins

Dor pungente no abdômen

dor de estômago

  • As dores no abdômen são muito comuns, mas você tem que saber diferenciar quais são as mais graves. Primeiramente verifique a sua temperatura, se você tiver febre, então, é sinal que existe alguma inflamação. Se a dor é muito pungente e no lado direito do ventre, você poderá estar sofrendo de apendicite. Também pode estar sofrendo com uma pancreatite ou uma inflamação da vesícula biliar.
  • Se a dor se apresenta embaixo do esterno, é provável que seja uma pancreatite. Mas, será sempre seu médico quem te dará o diagnóstico. Nós apenas informamos que as dores centralizados no abdômen sempre devem ser observadas com atenção.

Dor transitória no peito

aferindo pressão

  • Dores fortes que aparecem rapidamente no peito e se estendem para o pescoço e, inclusive, braços, são sintomas de problemas cardíacos que devem ser observados com muita atenção. Se você se sente cansado ao fazer algum esforço mínimo, se sente náuseas quando está subindo escadas, por exemplo, são indícios que você deverá observar.

Leia também: O infarto feminino e masculino são diferentes?

Dor ao urinar

dores ao urinar

  • Se você sente dores ou ardores a cada vez que vai ao banheiro, é um indicativo de que está sofrendo uma infecção. As infecções urinárias dão este tipo de sintomas, além disso, também podem dar um pouco de cansaço, febre e inchaço no ventre. O mais comum nestes casos é que você tenha uma cistite, um problema no rim, alguma pequena irritação ou algum problema na bexiga. Será sempre o seu médico que, como sempre, poderá te dar um diagnóstico.

Desse modo, perceba que nem sempre você deve se alarmar diante de algumas dores que aparecem. Conforme mencionamos no início; as dores mais comuns não tem tanta importância: uma dor de cabeça por não ter comido bem neste dia, dores nas costas por má postura, dor nas pernas por má circulação etc., são problemas comuns.

Agora, em outras situações a dor é um indício de uma doença que devemos considerar.

Nunca descuide, por exemplo, de uma dor intensa no abdômen ou no peito, nestes casos, procure um médico para ser examinado. A saúde sempre deve estar em primeiro lugar.

Esclarecer, P., & Ligue, V. (2013). Sinais e Sintomas. RegulaSUS.