O que é um dildo?

O dildo e outros brinquedos sexuais estão se tornando cada vez mais populares. Saiba mais sobre eles a seguir.
O que é um dildo?

Última atualização: 12 Abril, 2021

Os brinquedos eróticos estão cada vez mais na moda, e nem sempre é fácil distinguir os seus nomes. Dildo, vibrador…. Existem tantos elementos no mercado que podemos ficar um pouco perdidos. Por isso, é necessário esclarecer quais são as verdadeiras funções de cada um deles.

Embora alguns sejam semelhantes entre si, não são exatamente iguais. Ou pelo menos, não são feitos com os mesmos materiais ou para o mesmo propósito.

O que é um dildo?

Um dildo é um brinquedo sexual que pode ser usado durante a relação sexual ou para a masturbação. O usuário é quem define a intensidade que deseja, já que o dildo, originalmente, não tem capacidade vibratória.

Assim como acontece com todos os elementos relacionados ao prazer sexual, existem dildos feitos com diferentes materiais. O ideal é adquirir os hipoalergênicos para evitar problemas com a derme.

Geralmente eles representam um pênis, e existem tamanhos diferentes com variações de espessura e comprimento. Também podem mudar em texturas e cores, mas isso já é um detalhe estético. Alguns têm duas formas diferentes nas extremidades para serem usados na vagina ou no ânus.

Qual é a diferença entre dildo e vibrador?

Mulher com vibrador

Se falamos de dildos tradicionais, a principal diferença é que eles não vibram. No entanto, no mercado podem ser encontrados elementos de inserção que também podem ser usados ​​como vibradores.

Um vibrador nem sempre tem a função de ser inserido para estimulação vaginal ou anal. Existem, por exemplo, alguns pequenos dildos que funcionam apenas no clitóris.

Também podemos encontrar outros dildos que são usados ​​para massagear diferentes partes do corpo. Eles também variam em tamanho, texturas e cores.

Dicas para escolher um vibrador de acordo com as suas preferências

  • Identifique que tipo de experiência você deseja. Ou seja, você pode escolher entre um brinquedo que serve para penetrar ou simplesmente vibrar.
  • Forma e tamanho. Você deve avaliar com qual deles obterá mais prazer, e se ele cabe no local onde você quer guardá-lo e na bolsa em que pretende carregá-lo.
  • Materiais. É importante prestar atenção na qualidade e nos materiais de fabricação do brinquedo sexual. É preciso ter cuidado para que não contenha produtos químicos e não provoque alergias.
  • Recarregar. Nem todos os dispositivos funcionam com o mesmo tipo de bateria.

Tipos de dildos mais comuns

1. Dildos realistas

Eles são uma réplica quase exata de um pênis real, com todas as suas partes idênticas a um de verdade. Você pode ver a glande, as veias e as terminações nervosas. Em algumas lojas, são fabricados dildos personalizados que simulam aquele pênis que você deseja ter sempre como companhia.

2. Dildo simples

Ele tem a mesma forma, mas sem detalhes que o personalizam, como cores ou texturas. Ele é muito simples de obter, além de ser mais econômico. Talvez, para começar a experimentar, seja o mais indicado até ganhar confiança e passar ao próximo nível.

3. Dildos de casal

Eles são mais longos que os simples e têm duas pontas iguais para serem inseridos sem diferenças. Recomenda-se que seja utilizado em casal, pois ambos podem usar ​​ao mesmo tempo. Nas relações lésbicas, este é um brinquedo muito usado nos momentos de intimidade.

4. Dildo para o ponto G

Mulher com vibrador

Estimular o ponto G nas mulheres é uma fonte de prazer que causa as melhores sensações. Nem sempre é possível alcançar essa estimulação com as mãos, por isso esses dildos são especiais. Sua ponta tem uma pequena curvatura que ajuda na busca dessa zona erógena.

5. Dildos anais

Eles são mais finos, e algumas marcas têm a ponta levemente inclinada. A variante desse elemento serve para que ele não seja inserido completamente no ânus. Isso acarretaria um alto risco, e certamente os usuários acabariam em um centro médico para a sua extração.

O dildo anal tem a vantagem de também ser funcional para a vagina, mas não acontece o mesmo com o inverso. Você deve se lembrar dessa diferença para evitar problemas de saúde ou lesões.

Dildos gerais

Você pode obter diferentes extensores para uso em outras partes do corpo no momento das relações sexuais. Se você é um daqueles que gosta dos benefícios da masturbação, há dildos para colocar em seus dedos. Assim, é possível chegar mais longe e obter outros efeitos.

Para os homens que acreditam que seu pênis é muito pequeno, podem anexar dildos em seu membro. As mulheres experimentarão um encontro sexual muito diferente nesse caso.

Por sua vez, como o sexo oral não é deixado de fora de nenhuma prática sexual na atualidade, são vendidos dildos que se prendem ao queixo.

Algumas considerações finais sobre o dildo

Os dildos são, historicamente, os elementos sexuais mais antigos da humanidade. Alguns pensam que as imagens encontradas são simples esculturas, mas não se descarta o seu uso como brinquedo sexual.

Esses brinquedos sexuais têm evoluído com as pessoas e a eliminação dos mitos sobre o sexo. As ofertas prosperaram tanto que, hoje, é difícil escolher apenas um tipo.

Pode interessar a você...
Formas de obter mais prazer no sexo
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Formas de obter mais prazer no sexo

Devemos levar em conta que, no que diz respeito ao sexo, nem todo o prazer se concentra no ato em si, já que também podemos aproveitar as preliminares.