Dieta da maçã verde: uma opção para desintoxicar

· 5 de março de 2019
A dieta da maçã verde é um dos planos de desintoxicação que ajudam a melhorar a saúde quando ocorrem sintomas de acumulação de toxinas. Seus menus são leves e estimulam a digestão.

Essa dieta da maçã verde consiste em menus leves e de baixa caloria que combinam ingredientes fáceis de digerir. Além disso, com a maçã verde como protagonista, é um programa que combate distúrbios como a constipação, colesterol alto e excesso de peso.

No entanto, deve ser realizada por apenas três ou cinco dias, porque não fornece todos os nutrientes necessários para o corpo. Ou seja, após esse período, a pessoa deve retomar uma dieta completa e equilibrada para continuar com um estilo de vida saudável.

No que consiste a dieta da maçã verde?

Maçãs verdes para a dieta da maçã verde

Através da dieta da maçã verde, as propriedades desta fruta prodigiosa são exploradas a fim de purificar o corpo em um curto período. O plano sugere uma combinação de ingredientes “detox” combinados com porções de maçã em cada refeição principal.

Tal como acontece com outros planos de dieta para desintoxicar, é necessário suprimir alguns alimentos que podem interferir com o processo. Portanto, durante os dias em que for realizada, produtos lácteos integrais, gorduras saturadas, farinhas refinadas e açúcares estão proibidos.

Por outro lado, para não alterar muito o conceito de dieta saudável, os cardápios devem conter um equilíbrio adequado de vegetais frescos, carnes magras e cereais integrais. Embora existam alimentos dessas categorias com muitas calorias, estes ajudam a atender a uma exigência segura.

Finalmente, é necessário lembrar que o seu melhor complemento é o consumo de água abundante. Combinando a fruta com este líquido saudável, efeitos interessantes podem ser obtidos nos órgãos cujas funções são retardadas devido ao excesso de toxinas e gordura.

Benefícios da dieta da maçã verde

A maçã é uma fruta cheia de vitaminas, minerais, fibra alimentar e outras variedades de nutrientes essenciais. Devido a isso, a dieta da maçã verde fornece benefícios importantes para o controle de peso e da saúde.

Embora só seja implementada durante um período de cinco dias, seus efeitos no organismo favorecem o processo digestivo e hepático. Por sua vez, é ideal para reduzir centímetros do abdômen, pois alivia o inchaço que é produzido pelos excessos. Em resumo, seus principais benefícios são:

  • Eliminação de toxinas e depósitos de gordura
  • Redução da constipação e digestão lenta
  • Controle do colesterol alto e triglicerídeos
  • Fortalecimento do sistema imunológico
  • Hidratação das células e tecidos
  • Melhor funcionamento do fígado e dos rins

Confira ademais: Saiba como fazer uma limonada detox com gengibre e maçã

Desvantagens da dieta da maçã verde

A dieta da maçã verde pode provocar o efeito sanfona

Para fazer a dieta da maçã verde é importante verificar se o seu estado de saúde está em perfeitas condições. Como pode causar efeitos contraproducentes, não deve ser adotado por pessoas com hipertensão, diabetes ou doenças da tireoide.

Na verdade, mesmo que seja uma dieta leve, é melhor descartá-la. Para qualquer problema de saúde, é importante adaptar a nutrição às necessidades especiais do corpo. Da mesma forma, antes de iniciar este plano de alimentação, é essencial conhecer suas desvantagens.

  • Em primeiro lugar, não abrange todas as necessidades nutricionais do corpo, por isso deve ser aplicada apenas durante o tempo recomendado.
  • Além disso, a perda de peso obtida após o cumprimento do plano pode ser facilmente recuperada quando os hábitos alimentares não são melhorados.
  • Também, nem todas as pessoas perdem peso, algumas apenas desintoxicam o organismo.
  • Ademais, nos dias da dieta, a ansiedade pode aumentar.
  • Finalmente, pode causar diarreia.

Como fazer a dieta da maçã verde

Na dieta da maçã verde, apenas as três refeições principais são feitas. No entanto, se a fome aparecer entre as horas, é válido acalmá-la com um pedaço de maçã. Os menus podem ser variados, com alimentos leves e de baixa caloria. O importante é não limitar o plano apenas às maçãs, pois pode ser perigoso.

Opções de café da manhã

  • Uma maçã verde, uma fatia de pão integral com presunto de peru e uma xícara de infusão.
  • Um ovo cozido, dois biscoitos integrais e uma maçã verde.
  • Omelete com dois ovos sem sal e um pouco de pimenta, maçã verde e uma xícara de café com leite desnatado.
  • Uma maçã verde com manteiga de amendoim e um copo de leite de aveia.
  • Pão integral com uma fatia de abacate, uma maçã verde e um chá de ervas.

Opções de almoço

  • Salada de vegetais crus; porção de carne ou frango grelhado e maçã verde.
  • Legumes cozidos (sem batatas); porção de atum com limão e maçã verde.
  • Salada verde de legumes temperada com vinagre, limão e sal; porção de peixe branco assado e maçã verde.
  • Filé de peito de frango; brócolis cozidos com arroz integral e maçã verde.
  • Legumes salteados com azeite; peito assado e maçã verde.

Leia também: Como tratar a infecção sinusal com vinagre de maçã?

Opções de jantar

  • Salada vegetal verde com salmão e maçã verde.
  • Salada da cenoura e aipo e suco de maçã.
  • Arroz com leite desnatado e maçã verde.
  • Caldo de legumes e maçã verde.
  • Salada misturada com maçã em cubos.

Em conclusão, você tem coragem de experimentar essa dieta para se desintoxicar? Não hesite experimentá-la se sentir que o seu corpo está tendo dificuldades devido ao excesso de toxinas. Leve em consideração as recomendações dadas e tire proveito de seus benefícios a cada dois ou três meses.

  • Mueller, M., & Jungbauer, A. (2009). Culinary plants, herbs and spices - A rich source of PPARγ ligands. Food Chemistry. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2009.04.063
  • Komthong, P., Igura, N., & Shimoda, M. (2007). Effect of ascorbic acid on the odours of cloudy apple juice. Food Chemistry. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2005.10.070
  • Tavera-Quiroz, M. J., Romano, N., Mobili, P., Pinotti, A., Gómez-Zavaglia, A., & Bertola, N. (2015). Green apple baked snacks functionalized with edible coatings of methylcellulose containing Lactobacillus plantarum. Journal of Functional Foods. https://doi.org/10.1016/j.jff.2015.04.024