Dicas para dominar a preguiça e ser mais ativo

Para evitar males maiores, como até mesmo uma depressão, é importante saber controlar a preguiça e ser capaz de olhar para o lado positivo de todas as coisas.
Dicas para dominar a preguiça e ser mais ativo

Escrito por Yamila Papa Pintor

Última atualização: 26 maio, 2022

Ficar deitado na cama ou no sofá o fim de semana todo pode ser benéfico se estivermos muito cansados ou precisarmos de férias. No entanto, o problema surge quando o desejo de dormir ou de não fazer nada é maior do que qualquer outra atividade ou obrigação. Como dominar a preguiça?

De acordo com o dicionário, preguiça é “negligência, astenia, tédio ou descuido na realização de atividades”. Na religião católica, é considerada um pecado capital, pois leva a outros pecados. Além disso, também é considerada um dos obstáculos para alcançar o sucesso.

O que causa a preguiça?

Basicamente, a preguiça nos atrapalha bastante em nossas tarefas diárias. Qualquer coisa que tivermos que fazer se torna complicada, exigindo muito esforço ou aprendizagem adicional.

Segundo uma publicação em Psychology Today, a preguiça transforma uma atividade simples em algo bastante árduo. Ou seja, muda nossa percepção da vida.

Além disso, também faz com que a atenção se desvie do que é importante, elimina o foco nos objetivos e nos distancia do sucesso ou do desenvolvimento pessoal.

Passos para dominar a preguiça física e mental

Uma pessoa preguiçosa não é aquela que pensa pouco, mas aquela que tem dificuldade para se concentrar em qualquer coisa que goste.

Alguém com preguiça física não é uma pessoa que vive dormindo, mas uma pessoa que não consegue manter uma rotina que exige muito movimento. Se isso soa familiar, preste atenção para as seguintes dicas:

Torne-se consciente

O primeiro passo e mais importante é aceitar que se tem preguiça. Uma vez que essa etapa seja concluída, fica mais fácil trabalhar para melhorá-la.

Se você repete muitas vezes frases como: “Trabalho tanto que eu estou exausto”, “Não tenho vontade de nada” ou “Tenho que me esforçar muito, do contrário nada dá certo”, significa que você está a ponto de cometer o pecado da preguiça.

Não é uma coisa ruim, mas uma chamada para despertar. Seria bom se você fizesse uma análise interna para determinar por que é tão difícil realizar esta ou aquela atividade.

Pense na origem do problema. Talvez você esteja sobrecarregado por obrigações e seu corpo e cérebro dizem “Basta!”.

Olhando para o lado positivo

Ter senso de humor e conseguir “ver o copo meio cheio” é vital para deixar a preguiça de lado. É verdade que uma má notícia, os problemas ou a carga de trabalho eliminam o desejo de fazer as coisas. Entretanto, nada nem ninguém deveria ser capaz de te parar.

Encontre o lado positivo e até engraçado das situações. Por exemplo, se você tem um monte de trabalho, agradeça por estar no percentual da população que está empregada. Se você acha difícil fazer exercício, lembre-se de que está saudável e tem a capacidade de superar a si mesmo, etc…

Mude seus pensamentos

Os exercícios de visualização são ótimos para acalmar a mente, aliviar o estresse e clarear pensamentos.

Todas as frases negativas ou desmotivantes que você disser não vão ajudar, pelo contrário. Não se esqueça de que a mente encara tudo de uma maneira muito literal. Se você repetir várias vezes que está cansado e que quer um descanso, o corpo vai agir em conformidade com isso. E você sempre estará com sono!

No entanto, se o seu pensamento disser algo como “Mesmo me sentindo cansado, vou seguir em frente”, você não vai precisar de toneladas de café ou bebidas energéticas para ter a força necessária para realizar tudo o que estiver anotado na agenda.

Tenha um hobby

É fácil sentir-se sobrecarregado com as milhares de tarefas que fazemos todos os dias. Muitas vezes nos falta aquela dose de alegria para preencher o nosso vazio emocional e para nos sentirmos mais enérgicos, embora os olhos estejam quase fechando de sono.

Como você pode vencer a preguiça? Assistir à TV por horas não é a resposta certa. Que tal dar um passeio no parque, brincar com seus filhos ou planejar com antecedência as férias?

Você pode optar por sair de casa ou não, estar sozinho ou em companhia… O importante é aproveitar e se divertir! Isso vai ser ótimo para o seu corpo e a sua mente.

Organize-se bem

A preguiça pode ser causada por várias questões. Por exemplo, talvez você não seja bem organizado. Você exige demais de si e não consegue lidar com tudo o que se impõe? Ou talvez seja porque você tem muitas distrações ou demore demais para começar a trabalhar todos os dias?

Você pode se habituar a terminar tudo o que está atrasado e deixar os últimos minutos do dia para conversar com seus colegas.

Não abuse dos “coffee breaks” e tente ser mais eficiente em seu trabalho. É claro que isso terá muitos benefícios!

É tudo uma questão de hábito. Não só no escritório, mas também em casa. Em vez de ficar o fim de semana todo na cama, aproveite para passear e fazer tudo o que, devido a limitações de tempo, você não pode fazer durante a semana!

Descanse

Pode parecer um conselho um tanto controverso… mas é necessário! Sim, porque para vencer a preguiça devemos estar tão descansados quanto possível.

Se você dormir bem todas as noites terá menos chance de cair no sono no meio do dia ou querer desesperadamente uma cama para deitar assim que voltar para casa.

Durma entre 7 e 9 horas por noite e veja como terá energia para realizar não só as atividades planejadas, mas várias outras adicionais!

Lembre-se de ir para a cama e se levantar mais ou menos na mesma hora todos os dias. Assim, em pouco tempo, você não vai mais precisar mais de um despertador.

Por fim, recomendamos que você analise quais são os benefícios de eliminar a preguiça da sua vida e, se necessário, premie-se sempre que fizer algo que realmente tenha dado muito trabalho.

Pode interessar a você...
Regra do minuto, o interessante método japonês para combater a preguiça
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Regra do minuto, o interessante método japonês para combater a preguiça

A preguiça é um dos nossos maiores obstáculos na hora de alcançar nossos objetivos. Aprenda este método incrível para enfrentá-la!



  • Pereza. (s.f.). En Wikipedia. Recuperado el 9 de enero de 2016 de https://es.wikipedia.org/wiki/Pereza
  • Pelusi, N. (2007). «The Lure of Laziness.» Psychology Today, 40(4), 64-65.
  • Andreou, C. (2007). «Understanding Procrastination.» Journal for the Theory of Social Behaviour, 37(2), 183-193.