As melhores dicas para controlar a ejaculação precoce

22 Junho, 2020
A ejaculação precoce não é um problema se ocorre pontualmente e isoladamente. No entanto, se for repetida e impedir uma vida sexual normal, falar sobre isso e buscar ajuda é o primeiro passo para superar o problema, que tem solução.

A ejaculação precoce é um problema sexual masculino muito comum que ocorre quando um homem ejacula em um curto período de tempo a partir do início da relação sexual. Embora a maioria dos homens sofra com ela em algum momento, este não é considerado um problema se não ocorrer de forma recorrente, afetando a vida sexual. No entanto, muitos querem saber o que podem fazer para controlar a ejaculação precoce, e é sobre isso que falaremos neste artigo.

O que é a ejaculação precoce?

Um dos problemas sexuais mais comuns entre os homens é a ejaculação precoce. Como dissemos anteriormente, consiste em uma ejaculação involuntária e prematura. Portanto, é um problema relacionado à falta de controle sobre a ejaculação.

É normal que ela aconteça em algum momento da vida devido a circunstâncias específicas (álcool, estresse ou cansaço, por exemplo). No entanto, para alguns homens, essa disfunção é recorrente, a ponto de impedir que eles tenham relações sexuais satisfatórias. Além disso, afeta negativamente suas vidas, relacionamentos e autoestima.

Ejaculação precoce
A ejaculação precoce é um problema sexual muito comum nos homens. Quando ela ocorre por um longo período, impede uma vida sexual satisfatória.

Quando a ejaculação precoce se torna um problema?

Em termos gerais, como indicamos anteriormente, se é algo isolado, não há com o que se preocupar. No entanto, se o problema é recorrente e tem repercussões em outros aspectos da vida da pessoa (relacionamentos e autoestima), então estamos diante de um problema.

Em geral, as perguntas a se fazer são:

  • Você ejacula em menos de um minuto após a penetração com frequência?
  • Você é incapaz de retardar ou controlar a ejaculação enquanto faz sexo?
  • A frustração criada pela falta de controle sobre a sua ejaculação leva você a evitar fazer sexo?

Se houver uma resposta afirmativa para alguma dessas perguntas, há um problema de ejaculação precoce que merece atenção. Infelizmente, muitos homens evitam procurar ajuda. Vergonha, tabus ou outros motivos os levam a entrar em um círculo vicioso que só traz ainda mais problemas, incluindo a depressão.

No entanto, você deve saber que a ejaculação precoce tem solução e tratamento; basta procurar a ajuda de um profissional.

Recomendamos que você leia: 6 razões pelas quais você não gosta de sexo plenamente

Quais são as causas?

As causas podem ser físicas ou psicológicas. Vamos ver algumas delas:

  • Falta de maturidade ou de educação sexual
  • Falta de autoestima
  • Ansiedade
  • Estresse
  • Sensibilidade extrema
  • Falta de satisfação com a vida sexual
  • Idade (adolescência ou velhice)
  • Distúrbios neurológicos

Tratamento para controlar a ejaculação precoce

O tratamento desse problema sexual vai depender do tipo de ejaculação precoce que ocorre e das causas. Por esse motivo, é importante contar com a ajuda e a orientação de um especialista que possa indicar a solução mais adequada ao paciente.

Por outro lado, muitas vezes a ejaculação precoce se deve a maus hábitos sexuais adquiridos durante a adolescência, que se arrastam para a vida adulta. Portanto, a ajuda de um psicólogo será essencial para corrigir e identificar as causas do problema e resolvê-lo.

Em casos extremos, por outro lado, o especialista pode recomendar a aplicação de cremes e sprays que ajudam a reduzir a sensibilidade do pênis, permitindo retardar a ejaculação. Além disso, existem exercícios para aumentar o controle sobre a ejaculação que são bastante eficazes.

Disfunção erétil
O tratamento para a ejaculação precoce pode variar dependendo da sua gravidade e causa. Geralmente inclui terapias psicológicas, prática de hábitos saudáveis ​​e alguns exercícios.

Exercícios para controlar a ejaculação precoce

Em geral, podemos agrupar esses exercícios em quatro tipos:

Exercícios musculares

Assim como temos os exercícios de Kegel para as mulheres, existem exercícios que são eficazes para os homens. De fato, esses exercícios ajudam a aumentar o controle e fortalecer os músculos do assoalho pélvico dos homens. São exercícios diários baseados na contração e relaxamento dos músculos perineais em 10 séries de 10 repetições.

Não deixe de ler: Conselhos para casais com frustração sexual

Exercícios de masturbação

Existem várias técnicas que podem ser aplicadas durante a masturbação, cujo objetivo é o homem aprender a identificar as sensações anteriores à ejaculação e, finalmente, controlá-las. Dois deles são:

  • Técnica “start-stop”. A princípio, o homem deve se masturbar com poucos movimentos e parar. O objetivo é que esse padrão possa ser mantido dez vezes seguidas. Uma vez alcançada essa marca, o número de movimentos deve ir aumentando com o tempo.
  • Compressão. Consiste em se masturbar e, quando sentir que vai ejacular, pressionar a cabeça do pênis colocando a mão nele.

De qualquer forma, é necessário que um especialista indique e explique como executar corretamente essas técnicas.

Técnicas de masturbação
Os exercícios de masturbação podem contribuir para o tratamento da ejaculação precoce. Um profissional pode fornecer as orientações necessárias para praticá-los.

Exercícios para o casal

Na verdade, muitos exercícios de casal consistem em aplicar os exercícios de masturbação com a ajuda da outra pessoa. No caso da técnica “start-stop”, por exemplo, os movimentos podem ser feitos pela parceira, que será quem irá controlar o tempo.

Exercícios respiratórios

Respirar durante a relação sexual também é muito importante. Existem várias técnicas, mas citaremos apenas algumas:

  • Além disso, você pode respirar lenta e profundamente a cada 30 segundos. Então, quando sentir a ejaculação se aproximar, feche os olhos e respire lentamente novamente, deixando o ar sair pela boca.

Como você pode ver, existem muitas técnicas e exercícios que podem ajudá-lo a obter um maior controle sobre a ejaculação. De qualquer forma, é altamente recomendável consultar um especialista que, melhor do que ninguém, poderá lhe dizer o que fazer e, acima de tudo, como fazê-lo corretamente.

  • Kaestle, C. E., & Allen, K. R. (2011). The role of masturbation in healthy sexual development: Perceptions of young adults. Archives of Sexual Behavior. https://doi.org/10.1007/s10508-010-9722-0
  • Robinson, B. E., Bockting, W. O., & Harrell, T. (2013). Masturbation as a means of achieving sexual health. In Masturbation as a Means of Achieving Sexual Health. https://doi.org/10.4324/9781315808789
  • Patricia J. Morokqff &Ruth Gillilland, “Stress, sexual functioning, and marital satisfaction”, The Journal of Sex Research, Volume 30, 1993 – Issue 1
  • K. E. Andersson, G. Wagner, “Physiology of penile erection”, Psychological Review, Volume 75Issue 1 January 1995Pages 191-236
  • Chris G. McMahon, “Premature ejaculation”, Indian J Urol. 2007 Apr-Jun; 23(2): 97–108.
  • Antonio L. Pastore et al. “Pelvic floor muscle rehabilitation for patients with lifelong premature ejaculation: a novel therapeutic approach”, Ther Adv Urol. 2014 Jun; 6(3): 83–88.