Descubra quais os níveis adequados de colesterol

· 26 de agosto de 2018
Manter o colesterol em níveis adequados é muito importante para a nossa saúde cardiovascular, já que, se entrarem em desequilíbrio, podem causar problemas graves e silenciosos.

O nível de colesterol de uma pessoa é um fator essencial para identificar o risco dela de sofrer doenças cardiovasculares, que afetam os vasos sanguíneos e o coração.

As doenças cardiovasculares são a causa número um de mortes no mundo. Só na Europa, causam até 4 milhões de mortes por ano. Por isso, é muito importante conhecer os níveis adequados de colesterol para adotar hábitos adequados e evitar problemas de saúde.

Em seguida, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre os níveis adequados de colesterol no sangue conforme sua idade.

Quais são os níveis adequados de colesterol?

Níveis adequados de colesterol

Placas de colesterol obstruindo a veia

O colesterol é uma substância semelhante à gordura, encontrada no sangue. É utilizado pelo nosso organismo para realizar diversas atividades, como para produzir hormônios ou digerir os alimentos, entre outras funções. Nosso organismo é capaz de produzir colesterol; de fato, gera todo o colesterol necessário naturalmente, através de processos biossintéticos.

Além disso, nosso organismo também obtém essa substância de maneira exógena, através da ingestão de alimentos, sobretudo os de origem animal (ovos, carne, vísceras, como o fígado, laticínios, entre outros).

Uma alta presença de colesterol obtido pela ingestão de alimentos gera uma diminuição no colesterol endógeno (produzido pela biossíntese). Isso termina provocando um desequilíbrio entre o colesterol ingerido e o colesterol aproveitado pelo organismo.

Pode-se dizer que a característica que mais nos prejudica é que o colesterol não é uma substância solúvel em água. Por isso, quando se encontra em grandes quantidades, ocorre um acúmulo inevitável nas paredes das artérias, as obstruindo e causando problemas mortais, como o infarto.

Como podemos medir o nível de colesterol?

Colesterol nas artérias

Existem dois tipos de colesterol no sangue: o bom (HDL) e o ruim (LDL). O colesterol ruim (LDL) é aquele de baixa densidade, que tende a ficar nas paredes das artérias.

Já o colesterol bom (HDL) é um lipídio de alta densidade produzido pelo organismo. Ele tem a capacidade de levar o colesterol ruim para o fígado, para a sua posterior eliminação.

Hoje em dia, dependendo da necessidade, existem exames que podem identificar os níveis de cada uma das taxas de colesterol. A forma mais aconselhável de medi-los é através de um exame de sangue chamado “Perfil lipídico”.

Neste exame, obtemos um quadro amplo dos níveis de lipídios no sangue, que oferece a seguinte informação:

  • Triglicerídeos
  • Colesterol total (LDL e HDL)
  • Colesterol bom (HDL)
  • Não-HDL (nível que inclui vários lipídios de baixa densidade, como o LDL-colesterol)
  • LDL (Colesterol ruim)

O ideal é que toda pessoa com mais de 20 anos de idade possa fazer o teste, pelo menos, uma vez a cada 5 anos.

Níveis adequados de colesterol em mulheres e homens

Opte por vegetais para manter os níveis adequados de colesterol

Em relação ao nível de colesterol total, para mulheres e homens com menos de 19 anos de idade e crianças, um nível adequado de colesterol deve ser inferior a 170 mg/dl, enquanto que, para homens e mulheres com mais de 20 anos, os níveis devem estar entre 125 e 200 mg/dl.

No caso das mulheres grávidas, precisamos levar em conta que os níveis de colesterol durante a gravidez podem aumentar um pouco. Portanto, se estes se encontrarem próximos aos 240 mg/dl, não é motivo para se alarmar. Ainda assim, recomenda-se um correto acompanhamento médico.

Quanto ao nível de colesterol LDL (colesterol ruim) para mulheres e homens, deve ficar abaixo de 100 mg/dl (sem importar se têm mais ou menos de 20 anos de idade).

Para mulheres e homens com menos de 19 anos, o nível de colesterol bom (HDL) deve ser superior a 45 mg/dl. No caso de mulheres com mais de 20 anos, deve ficar acima de 50 mg/dl e para os homens, acima de 40 mg/dl.

Além de realizar os exames, pelo menos a cada cinco anos, recomenda-se manter uma dieta com um baixo teor de gorduras. Devemos lembrar também que, uma vez diagnosticado com níveis elevados de colesterol, é complicado normalizar os valores. Portanto, mantenha os seus níveis de colesterol controlados, em todo momento, e evite sustos.