Como aumentar o colesterol bom (HDL) normalmente

· 28 de fevereiro de 2016
Você sabe que, além da alimentação, o exercício físico também influencia no aumento do colesterol bom? É recomendável realizar 30 minutos de exercícios aeróbicos várias vezes por semana.

O colesterol HDL ou lipoproteína de alta densidade é conhecido como colesterol bom, e é importante manter um nível de colesterol total baixo e aumentar o colesterol HDL, e para isso é necessário mudar a alimentação. Veja aqui a como aumentar o colesterol bom normalmente.

Leia também: Os melhores alimentos para reduzir o colesterol ruim

Dicas dietéticas para aumentar o colesterol bom ou HDL

  • Evite os alimentos processados e com altos teores de carboidratos, já que eles podem aumentar o açúcar no sangue e diminuir o nível de colesterol HDL.
  • Não consuma alimentos ricos em gordura, principalmente aqueles que contêm gorduras trans ou hidrogenadas, que encontramos em alimentos fritos, como batatas ou biscoitos salgados, dentre outros.
  • Adicione óleos monoinsaturados em sua alimentação, como o azeite de oliva, abacate e frutos secos.
  • Obtenha mais fibra solúvel em sua dieta, que ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumenta o nível de HDL. Você pode encontrar fibras em frutas e verduras, legumes e cereais integrais.
  • Faça exercício para aumentar o colesterol HDL; é importante manter uma vida saudável e realizar exercício aeróbico por períodos de 30 minutos várias vezes por semana; perca os quilos a mais, caso seja a sua condição, e mantenha seu peso ideal para diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom.

Alimentos que ajudam a aumentar o colesterol bom ou HDL

Recomendamos esta série de alimentos que ajudam a diminuir o colesterol total e manter alto o colesterol bom ou HDL:

Gorduras tipo monoinsaturadas

Influenciam positivamente no colesterol HDL, principalmente os ácidos graxos ômega 3, que você pode encontrar em certos peixes como o salmão, o atum, o bacalhau, a cavalinha, as sardinhas, o arenque ou truta, a sardinha, dentre outros.

Frutos secos como nozes, amêndoas e nozes americanas e sementes como a linhaça, o cânhamo e a abóbora também são ótimos.

Não podemos nos esquecer dos óleos vegetais, como o azeite de oliva, abacate, canola, açafrão ou girassol, a soja e seus derivados e as verduras de folhas verdes.

Alimentos ricos em fibra solúvel

Adicione duas porções diárias de fibra solúvel à sua alimentação, você pode encontrar isso em cereais integrais, legumes, vegetais e frutas.

Cebolas

Comer meia cebola crua por dia ajuda a aumentar o colesterol HDL em 25%.

Descubra: Sopa de cebola e alho, a receita para aumentar as defesas

Ovos

Apesar dos ovos terem se encontrado na “lista proibida” para o colesterol por muito tempo, este alimento ajuda a aumentar o  HDL, sempre e quando não sobrepasse duas unidades por semana, podendo comer maior quantidade de claras, já que o colesterol está na gema.

Alimentos ricos em polifenóis

O consumo de alimentos ricos em polifenóis oferece importantes oxidantes que freiam a oxidação do HDL e aumenta seus níveis, como o feijão, o cacau, o chá e o suco de mirtilo, dentre outros.

  • Duarte, P. F., Chaves, M. A., Borges, C. D., & Mendonca Barboza, C. R. (2016). Avocado: characteristics, health benefits and uses Abacate: Ciencia Rural. https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20141516
  • Valenzuela, A., & Ronco, A. M. (2004). Fitoesteroles y fitoestanoles: aliados naturales para la protección de la salud cardiovascular. Revista Chilena de Nutrición. https://doi.org/10.4067/S0717-75182004031100003
  • EFRAIM, P., Barreto ALVES, A., & Calil Pereira JARDIM, D. (2011). Revisão: Polifenóis em cacau e derivados: teores, fatores de variação e efeitos na saúde. Brazilian Journal of Food Technology. https://doi.org/10.4260/BJFT2011140300023