Infusões naturais ricas em magnésio

3 de junho de 2015
Hoje queremos indicar quais são as duas melhores infusões naturais ricas em magnésio. Esse que é um mineral imprescindível. Saiba mais!

O chá branco é fonte de magnésio e, apesar de não ser tão conhecido, tem inclusive mais antioxidantes do que o chá verde.

Acha que está sofrendo com uma deficiência de magnésio? É provável que não saiba, porque o déficit desse mineral tão importante para o organismo não costuma aparecer nos exames de sangue habituais.

Está claro que isso não deveria ser assim, já que o magnésio é um elemento vital; que regula a estabilidade elétrica das células.

É possível que sofra uma dor de cabeça com muita frequência, que sofre de dores articulares e padece de um cansaço inexplicável ao longo de várias semanas.

O que se pode fazer? Se seu médico não pôde explicar qual é a causa desse estado, talvez seja o momento de aumentar sua dose de magnésio.

Sempre é possível consultar o médico sobre a necessidade ou não de tomar suplementos à base de magnésio, os quais costumam ser vendidos nas farmácias.

Além disso, também seria recomendável que melhorasse a dieta recorrendo à alimentos ou plantas naturais ricas nesse mineral.

Hoje, no nosso espaço, indicaremos quais são as duas melhores infusões naturais que deveria tomar para melhorar o nível de magnésio. Vamos lá?

Como saber se sofro de déficit de magnésio?

Antes de indicar quais são as duas infusões que deveria incluir na dieta, é importante saber identificar primeiro se existe um déficit de magnésio.

Já que, como falamos anteriormente, esse déficit não costuma aparecer no exame, portanto é preciso estar atento aos sintomas e decidir se é necessário aumentar ou não as doses desse mineral.

Dessa forma, preste atenção aos seguintes sintomas:

  • Fadiga física e mental que se alonga por mais de um mês. Não é algo pontual, mas um cansaço que se torna habitual no dia a dia.
  • Falta de concentração.
  • Dores de cabeça pelo menos 15 dias ao mês.
  • Dor e tensão nos ombros, pescoço e na parte superior das costas.
  • Retenção de líquidos.
  • Tiques persistentes debaixo dos olhos.
  • Irritação, com muita ansiedade, sem razão aparente.
  • Problemas de sono. Às vezes com insônia e outras vezes uma incômoda sonolência.

Descubra agora quais são as duas melhores infusões ricas em magnésio.

Saiba mais: 3 razões para incluir o magnésio na alimentação

1. Chá de rooibos

Também é chamado de chá mágico. A razão? O chá de rooibos é uma bebida natural rica em magnésio que não contém teína, o que o torna ideal para todas as pessoas, incluídos os meninos e hipertensos.

Além disso, tem um delicioso sabor frutado que cai muito bem a qualquer hora.

Quer saber tudo o que o chá de rooibos pode fazer por você ?

  • É a planta natural mais rica em magnésio.
  • Além disso, tem um alto conteúdo de zinco, ferro, cobre, potássio, manganês, flúor, vitamina E, vitamina C e flavonoides.
  • É chamada também de bebida dos esportistas por sua capacidade de restaurar os sais minerais perdidos durante o exercício ou do esforço físico. É maravilhosa.
  • Fortalece os ossos e os dentes.
  • Favorece as digestões.
  • Atua como um bom anti-histamínico nos casos de alergias.
  • Alivia dores de garganta e inflamações da boca.
  • É um excelente diurético, ideal para desintoxicar o organismo.

Leia mais: 6 alimentos para aumentar o magnésio na dieta

Como preparo meu chá de rooibos?

Ingredientes

  • Um copo de água (200 ml).
  • 1 colherzinha rasa de chá de rooibos (3 g).
  • Uma colher de mel (25 g).

Preparação

  • Primeiramente, esquente o copo de água.
  • Lembre-se que para aproveitar melhor as propriedades das infusões sempre é melhor fazê-las em um recipiente que não seja de alumínio. Os de cerâmica ou argila respeitam melhor a composição das plantas naturais.
  • Quando a água ficar bem quente acrescente o chá de rooibos e deixe que se faça a cocção ao longo de 15 minutos.
  • Logo após esse tempo, desligue o fogo e deixe repousar outros 5 minutos.
  • Escolha a sua xícara favorita, e acrescente nela uma colher de mel.

Delicioso! Podem ser tomadas entre duas e três xícaras por dia.

2. O chá branco

Chá branco rico em magnésio

O chá branco é uma delícia para os sentidos, o paladar e para a saúde. De fato, é bastante curioso o fato de que não seja muito conhecido, apesar dos seus grandes benefícios e de ser uma das infusões mais ricas em antioxidantes, inclusive muito mais do que o chá verde.

Além disso, é destacável o grande conteúdo de minerais contidos como, por exemplo, o magnésio. Mas, conheça também esses outros aspectos, os quais convencerão a incluir na dieta o delicioso chá branco.

  • O chá branco protege e regula a produção de lipídios, por isso é muito utilizado nas dietas de emagrecimento.
  • Regula o colesterol e evita também o aumento do chamado mau colesterol ou LDL.
  • Protege os dentes, evitando que apareçam cáries.
  • Melhora a fadiga, decaimento e desânimo, já que atua como um bom energético.
  • O chá branco tem a metade de teína do que o chá verde, portanto, seus efeitos secundários são menores.
  • É um dos antioxidantes mais potentes da natureza e tem quatro vezes mais polifenóis e catequinas do que o chá verde. Portanto, ideal para lutar contra o envelhecimento precoce.

Como preparo meu chá branco?

Ingredientes

  • Um copo de água (200 ml).
  • 1 colherzinha rasa de chá branco (3 g).
  • Uma colher de mel (2 g).

Preparação

  • Primeiramente, coloque para esquentar o copo de água.
  • Quando começar a ferver, acrescente o chá branco e deixe cozinhar por 15 minutos.
  • Logo após esse tempo, deixe repousar por alguns minutos e sirva acompanhado de um pouco de mel.
  • É possível beber duas xícaras por dia.
  • Teixeira, L. G., Lages, P. C., Jascolka, T. L., Aguilar, E. C., Soares, F. L. P., Pereira, S. S., … & Leite, J. I. A. (2012). White tea (Camellia sinensis) extract reduces oxidative stress and triacylglycerols in obese mice. Food Science and Technology (Campinas)32(4), 733-741.
  • Melo, S. S., de Souza, J. D., Silveira, P. R. B., & Jasper, C. (2009). Efeito do extrato seco do chá verde, chá branco e Caralluma Fimbriata na perda de peso e nas concentrações séricas de glicose e colesterol total em Humanos. RBONE-Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento3(18), 1.
  • Von Gadow, A., Joubert, E., & Hansmann, C. F. (1997). Comparison of the antioxidant activity of rooibos tea (Aspalathus linearis) with green, oolong and black tea. Food chemistry60(1), 73-77.
  • NAKANO, M., NAKASHIMA, H., & ITOH, Y. (1997). Anti-human immunodeficiency virus activity of oligosaccharides from rooibos tea (Aspalathus linearis) extracts in vitro. Leukemia (08876924)11.
  • Lima, M. D. L., Pousada, J., Barbosa, C., & Cruz, T. (2005). Magnesium deficiency and insulin resistance in patients with type 2 diabetes mellitus. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia49(6), 959-963.