Crossfit: benefícios e perigos que devemos conhecer

11 de agosto de 2019
O Crossfit é uma disciplina esportiva que pode trazer importantes benefícios quando praticada de maneira adequada. No entanto, traz alguns riscos. Descubra aqui os benefícios e perigos do crossfit.

O Crossfit é uma disciplina esportiva de alta intensidade que conseguiu se espalhar por todo o mundo. Embora seu objetivo inicial fosse preparar as pessoas com trabalhos de alta exigência física, hoje em dia foi adaptado para todos os tipos de público. Você conhece os benefícios e perigos do crossfit?

O que é o crossfit?

Antes de conhecer os benefícios e perigos do crossfit é importante lembrar em que consiste essa disciplina esportiva.

Trata-se de uma forma de treinamento baseada em exercícios constantemente variados, com movimentos funcionais que se executam em um tempo determinado, que não devem superar 50 minutos de duração.

As atividades que são praticadas incluem exercícios cardiovasculares, levantamento de peso e trabalho de força; além disso, visa explorar diferentes habilidades e capacidades físicas da pessoa.

No entanto, é necessário ter o condicionamento físico necessário, flexibilidade, equilíbrio e resistência muscular, e respiratória.

Da mesma forma, requer uma correta biomecânica do movimento, uma vez que a má execução dos exercícios provoca lesões na coluna vertebral, nas articulações e em outras partes do corpo. Assim, quais são os benefícios e perigos do crossfit?

Levantamento de pesas no crossfit

Leia também: Não tem tempo para ir à academia? Fique em forma sem sair de casa com esses exercícios

Benefícios e perigos do crossfit

Embora o crossfit tenha conquistado milhões de seguidores em todo o mundo, sua prática tem sido objeto de controvérsia. Embora muitos de seus benefícios tenham sido apoiados por estudos, os múltiplos casos de lesões e consequências graves geraram a ideia de que pode ser perigoso.

O grande problema é que muitos decidiram praticá-lo sem avaliar previamente sua condição física e estado de saúde. Alguns até seguiram rotinas intensas sem a supervisão de um técnico especializado. Vamos ver em detalhes seus benefícios e riscos.

Benefícios

Ao contrário do que muitos pensam, o crossfit não é um tipo de treinamento exclusivo para atletas de alto rendimento. De fato, atualmente está sendo difundido e sua prática está aberta à maioria das pessoas.

No entanto, é necessário saber adaptá-lo às capacidades físicas de cada um. Nesse sentido, a rotina de treinamento não é igual para uma pessoa em más condições físicas e para aquelas que praticam esportes regulares, ou que estão acostumados a exercícios intensos.

Portanto, é essencial consultar um médico e avaliar o desempenho físico antes de começar a treinar com uma rotina de exercícios.

Considerando o exposto, e respeitando a biomecânica do movimento que cada exercício implica, o crossfit oferece benefícios interessantes, como:

  • Aumenta a resistência cardiovascular e respiratória.
  • Aumenta a resistência física.
  • Aumenta a capacidade de coordenação e equilíbrio.
  • Melhora o humor e a autoestima.
  • Contribui para aumentar a massa muscular.
  • Ajuda a perder peso (é considerado um esporte “queima gordura”).
  • Promove relacionamentos, já que muitas vezes é praticado em grupo.

Perigos

Como mencionamos, a prática de crossfit pode ser perigosa quando não se tomam medidas de precaução. Se a pessoa não avaliar primeiro seu estado atual de saúde, ou fizer rotinas extenuantes sem ter resistência física suficiente, estará exposta a:

  • Lesões nos músculos, ligamentos, tendões e ossos.
  • Lesões na coluna vertebral.
  • Enfraquecimento e fadiga prolongada.
  • Alterações no sistema cardiovascular, como aumento da pressão arterial.
  • Rabdomiólise, um transtorno que consiste na decomposição do tecido muscular. Ao produzir a liberação de conteúdo das fibras musculares no sangue, há maior predisposição de problemas como insuficiência renal e arritmias.
Se fizer crossfit, deve controlar as articulações

Descubra ademais: 9 exercícios que você pode fazer pelas manhãs em 9 minutos para ficar em forma

Dicas para praticar crossfit

Para que a prática do crossfit seja segura é necessário seguir algumas dicas. Primeiro, é essencial determinar como está o estado de saúde, e se existem possíveis doenças. Não se deve ignorar que o exercício intenso é desencorajado em caso de enfermidade.

Agora, além disso, é de grande importância consultar um treinador especializado nesta disciplina. O profissional pode ensinar os exercícios adequadamente para reduzir o risco de lesões. Outras recomendações são:

  • Em primeiro lugar, comece com rotinas moderadas, adaptadas à sua condição física.
  • Além disso, aumente a intensidade dos exercícios de forma gradual.
  • Logo, aproveite para descansar e se recuperar o tempo que seja necessário.
  • Também, garanta uma hidratação adequada.
  • Ademais, mantenha uma dieta saudável e equilibrada.
  • Finalmente, faça exercícios de aquecimento e alongamento antes e depois das rotinas.

Então, você está interessado em praticar essa disciplina esportiva? Leve em conta seus benefícios e riscos e avalie se é adequada para você. Além disso, não se esqueça de receber uma boa assessoria profissional antes de começar.

 

  • Meyer, J., Morrison, J., & Zuniga, J. (2017). The Benefits and Risks of CrossFit: A Systematic Review. Workplace Health and Safety. https://doi.org/10.1177/2165079916685568
  • Claudino JG, Gabbett TJ, Bourgeois F, et al. CrossFit Overview: Systematic Review and Meta-analysis. Sports Med Open. 2018;4(1):11. Published 2018 Feb 26. doi:10.1186/s40798-018-0124-5
  • Choi EJ, So WY, Jeong TT. Effects of the CrossFit Exercise Data Analysis on Body Composition and Blood Profiles. Iran J Public Health. 2017;46(9):1292–1294.