3 exercícios para ganhar mais flexibilidade nas pernas

21 de abril de 2019
Para ter mais flexibilidade nas pernas, o ideal é ser consistente com esses exercícios. A prática usual o ajudará a obter melhores resultados e você alcançará um bem-estar geral maior.

Existem diferentes rotinas de alongamento que ajudarão você a ter um corpo bonito, tonificado, forte e flexível. Vamos compartilhar com você alguns exercícios simples que permitirão aumentar a flexibilidade das pernas.

Sem dúvida alguma, o treinamento físico não é bom apenas para a aparência, mas também para manter a boa saúde de suas pernas. Colocar o corpo em movimento evita a sensação de fadiga, inchaço e retenção de líquidos nessa área.

O que significa flexibilidade?

A flexibilidade é quando os músculos do corpo se alongam e se adaptam a diferentes graus de movimento articular da forma mais ampla possível. Cada corpo tem seus limites e suas habilidades particulares.

Não deixe de ler: Alongamentos que ajudarão a corrigir sua postura

Mulher com flexibilidade nas pernas

Vantagens de ter um corpo flexível

A flexibilidade é uma qualidade que se desenvolve, não um presente que você ganha enquanto assiste séries de TV. Certamente é uma habilidade que melhora com o tempo que você gasta lamentando sua rigidez. Ela é conseguida através da ação.

Os exercícios de alongamento permitirão melhorar a força muscular, a circulação, a postura, o equilíbrio e a coordenação. Sem mencionar que, ao fazê-lo, os riscos de lesões nos ligamentos e tecidos diminuem.

No caso dos atletas, a elasticidade é ideal para aumentar a velocidade e a resistência. Também é útil para aumentar a eficiência do movimento, para economizar os deslocamentos, para reforçar o conhecimento do próprio corpo e, entre outras coisas, para melhorar o relaxamento físico.

Exercícios de alongamento para ter mais flexibilidade nas pernas

A seguir, daremos algumas dicas para melhorar a flexibilidade das pernas através de três exercícios de alongamento muito eficazes e fáceis de realizar.

1. Toque seus pés sem dobrar os joelhos

Toque seus pés sem dobrar os joelhos

  • Em primeiro lugar, respire fundo. Fique em pé e junte os calcanhares. Se preferir, você pode colocá-los ligeiramente separados. Faça do jeito que você se sentir mais confortável.
  • Logo em seguida, contraia o abdômen. Inspire pelo nariz e estique os braços em direção ao céu, verticalmente. Em seguida, arqueie as costas suavemente, tomando cuidado com a postura.
  • Posteriormente, endireite as costas novamente e expire pelo nariz enquanto se inclina para a frente. Tente colocar as mãos nos pés, mantendo os joelhos retos. Se você não conseguir, não se preocupe, com o tempo você ganhará elasticidade.
  • Finalmente, mantenha a postura por pelo menos 30 segundos enquanto trabalha a sua respiração. Inspire novamente e retorne à posição inicial. Repita o exercício 20 vezes.

2. Exercício da borboleta

  • Em primeiro lugar, sente-se no chão, de preferência em um tapete de ioga ou toalha. Junte as solas dos pés à sua frente e use as duas mãos para segurá-las juntas.
  • Logo levante e abaixe os joelhos delicadamente, como o bater de asas de uma borboleta. Deixe o tronco ereto e permita que as mãos continuem em torno de seus pés para mantê-los juntos.
  • Finalmente, por 5 segundos, abaixe e levante os joelhos enquanto respira. Se você se sentir confortável, tente colocar a testa o mais perto possível dos pés. Repita pelo menos mais 4 vezes.

Confira também: 4 exercícios de alongamento corretos

3. Estique as pernas sentado no chão

Para obter mais flexibidade nas pernas estique-as sentado no chão

  • Em primeiro lugar, abra as pernas para os lados o máximo possível e deixá-las esticadas.
  • Posteriormente, inspire com o torso reto e erga os braços para o céu. Depois, expire enquanto leva o tronco até uma das pernas. Estique-se como se estivesse tentando tocar o pé. O importante é que você não dobre o joelho ou a cabeça.
  • Finalmente, respire fundo e volte ao centro suavemente. Agora repita todo o processo com a outra perna. Para começar a ver os resultados, você deve fazer este exercício pelo menos 20 vezes com cada perna.

Em conclusão, os exercícios são muito simples e são inspirados por diferentes posturas de ioga. Além deles aumentarem a flexibilidade nas pernas, farão você se sentir mais relaxado e com maior vitalidade.