Criança altamente sensível: como educá-la.

· 11 de novembro de 2018
Uma criança altamente sensível é uma criança com uma grande capacidade sensorial e de percepção. No entanto, este dom pode exigir mais atenção em sua educação. Aqui estão algumas dicas.

Educar uma criança altamente sensível requer tempo e esforço. Por que razão? Alta sensibilidade é um traço de personalidade pouco conhecido em algumas partes do mundo. No entanto, entre 15 e 30% da população nasce com maior capacidade de percepção sensorial.

Ser muito sensível não é considerado um distúrbio ou doença, mas um conjunto de características que se não forem levadas em consideração, podem causar problemas na vida e no desenvolvimento da criança.

No entanto, antes de compartilhar dicas sobre como educar uma criança com essas características é necessário definir o que significa ser um CES, ou seja, uma criança altamente sensível.

Quem são as crianças altamente sensíveis?

O conceito de “alta sensibilidade” foi desenvolvido pela Dra. Elaine Aron na década de 90. Segundo sua pesquisa, uma criança com Sensibilidade de Processamento Sensorial apresenta 4 comportamentos importantes, além de outras características, a serem classificados como tal neste grupo. Aqui descrevemos brevemente estas quatro considerações:

Profundidade de processamento

Este aspecto se refere à tendência de avaliar constantemente pensamentos ou experiências anteriores, a fim de elaborar uma análise muito detalhada antes de tomar qualquer decisão.

Grande empatia e reatividade emocional

Talvez seja um dos fatores centrais de crianças e pessoas com alta sensibilidade, uma vez que possuem grande intensidade emocional e capacidade de perceber e sentir o humor de outras pessoas.

Pode lhe interessar: Uma forma de demonstrar inteligência é ignorar o que não vale a pena

Percebem sutilezas

Crianças altamente sensíveis são especialistas em perceber detalhes em cheiros, sabores, texturas, detalhes visuais, entre outros aspectos que não são evidentes para a grande maioria das pessoas.

Às vezes elas se sentem super estimuladas

Saturação ou excesso de estimulação em crianças com alta sensibilidade se origina devido ao excesso de informações, sons, luzes brilhantes, ou análises intensas e profundas.

Atualmente, é possível encontrar diferentes sites confiáveis ​​na rede para realizar o teste de alta sensibilidade. Embora os resultados geralmente não sejam definitivos, eles podem ser úteis para diagnosticar precocemente algum problema.

Como educar uma criança altamente sensível

Educar uma criança altamente sensível implica em brincar com ela

Em resumo, uma criança altamente sensível é diferente das outras. Suas capacidades de sentir e perceber estão mais desenvolvidas em comparação com as de outras crianças, pois tendem a ser atenciosas, criativas, compreensivas, emocionais, e às vezes um pouco tímidas.

Agora, considerando as principais características, como você pode educar uma criança altamente sensível? Não perca as dicas a seguir.

Ouvir e expressar emoções

É vital ouvir uma criança altamente sensível para entender e poder ajudá-la. Talvez seu filho venha confessar seus temores ou medos, que para você podem ser pequenos, no entanto, para ele são importantes, por isso, evite fazer comentários como “Você tem que ser mais forte! Não exagera!” 

Em lugar disso, é melhor fazê-lo se sentir seguro e encorajá-lo para superá-los.

Conversar com seu filho

No caso de crianças com alta sensibilidade é necessário fazê-las perceber a importância da diversidade e que ser diferente não é ruim, 12mas uma grande oportunidade.

Ser diferente nos permite complementar o outro. E para que isso aconteça, o respeito é muito importante, o que é apenas uma das características inerentes às crianças altamente sensíveis.

Veja também: As crianças precisam dos seus abraços para se sentirem parte do mundo

Aceite sua criança

Este é provavelmente o melhor conselho que um pai de uma criança altamente sensível pode seguir. Saber que a criança chegou ao mundo com grande sensibilidade permite que os pais respeitem seu modo de ser, e evitem julgamentos inadequados que possam afetar sua autoestima.

Seja compreensivo

Para uma criança altamente sensível o descanso e a quietude são vitais, e por isso você deve ser compreensivo; no momento de sair de casa, procure evitar os lugares opressivos; por exemplo, lugares onde há muito barulho, multidões de pessoas ou muito movimento.

Em lugar disso opte pelo contato com a natureza ou lugares onde você possa validar seu personagem introvertido sem apoiar comportamentos antissociais.

Fortaleça as habilidades da criança

Fortaleça as habilidades da criança altamente sensível

Como vimos, crianças altamente sensíveis têm habilidades e capacidades diferentes. Por essa razão é importante ajudá-las a confiar em seus próprios talentos.

Geralmente, costuma-se orientar suas habilidades para música, pintura, leitura; qualquer atividade relacionada à criatividade, às artes, aos sentidos e aos esportes.

Da mesma forma, ajudará à criança saber que você está orgulhoso de suas realizações, e que você sempre estará lá, para apoiá-la.

Conclusões

Sem dúvida, educar uma criança altamente sensível não é fácil porque envolve tempo e esforço.

No entanto, para Karina Zegers de Beijl, especialista no assunto; as crianças com essas características são altamente especiais em ser guardiões da cultura, dos valores, da natureza e das próprias artes.

Portanto, educar com amor, respeitar e compreender uma criança com alta sensibilidade é o mais aconselhável; acima de tudo, porque a forma como os educamos afetará seu desenvolvimento e qualidade de vida.