Compatibilidade sexual: tudo que você precisa saber

Você sabe o que é a compatibilidade sexual? Você acha que é possível recuperá-la depois que ela for perdida? Como?
Compatibilidade sexual: tudo que você precisa saber

Última atualização: 09 Junho, 2021

Você já se perguntou o que é a compatibilidade sexual, mas não soube como responder? Isso é normal. Embora estas sejam duas palavras do dia a dia, há várias coisas que escapam ao conhecimento popular.

A compatibilidade sexual pode ser definida, resumidamente, como o conjunto de crenças, valores, necessidades e desejos associados às relações sexuais que coincidem em duas pessoas. Isso seria a compatibilidade, mas ainda há muito mais.

Conexão

Você conhece a sensação de ter se conectado com outra pessoa? É uma energia e um tipo de atração que não é palpável, mas que se faz presente. Ela surge por causa dessa coincidência de valores, necessidades e desejos que foi mencionada anteriormente. Ao perceber e sentir que tudo se encaixa, é inevitável que a compatibilidade sexual apareça.

Reconhecer os sinais do outro

Apesar dessa conexão, é importante aprender a reconhecer os sinais do outro para ser consciente dessa compatibilidade sexual. Se você não notar esses sinais, será muito difícil que vocês tenham mais do que uma amizade (e isso com sorte). Mas quais são esses sinais que você não deve ignorar?

A maneira como a outra pessoa olha para você, como fica nervosa perto de você, a sua aproximação e ações sutis, como, por exemplo, roçar a sua mão, indicam que ela se sente atraída por você. Existem muitas pistas de que a outra pessoa gosta de você. Portanto, mantenha os seus olhos e sentidos bem despertos.

Ter compatibilidade sexual envolve ter o mesmo apetite para o sexo

Há pessoas que não têm desejo sexual, conforme explica um artigo publicado na Psychiatry MMC, enquanto outras têm um grande apetite sexual. Por esta razão, a compatibilidade sexual é muito importante: trata-se de que ambas as pessoas compartilhem o mesmo apetite. Caso contrário, ficaria claro que elas não seriam compatíveis.

Casal incompatível na cama
Se um parceiro não tiver o mesmo apetite sexual que o outro, podem surgir frustrações e recriminações.

Visão semelhante sobre o sexo

O que significa ter uma visão semelhante sobre o sexo? Basicamente, percebê-lo da mesma maneira; por exemplo, se você gosta de experimentar coisas novas ou de usar brinquedos sexuais, a outra pessoa também deve gostar disso ou pelo menos estar aberta para experimentar. Por quê? Porque é nisso que se baseia a compatibilidade sexual.

Se você não tem uma visão semelhante à da outra pessoa sobre o sexo, será muito difícil que se apreciem na cama e sejam compatíveis nesse aspecto. Portanto, para falar em compatibilidade, é importante concordar neste ponto.

Compartilhar as mesmas preferências

Outro aspecto fundamental para poder falar em compatibilidade sexual é compartilhar as mesmas preferências nessa área. Se você gosta de bondage, mas a outra pessoa não, vocês dificilmente serão capazes de explorar e desfrutar do sexo totalmente.

Portanto, é muito importante que as suas preferências coincidam, não apenas nas demais facetas da vida, mas também no campo sexual. Você já tinha pensado nisso antes?

Do que depende a compatibilidade sexual?

Além de tudo o que foi dito anteriormente, de acordo com a página Salud Masculina Literatura Médica para Pacientes, a compatibilidade depende dos feromônios e da compatibilidade genética que ativa o desejo, bem como a resposta sexual. Porém, também há a influência de outros fatores, como, por exemplo, a outra pessoa se enquadrar ou se aproximar do modelo de parceiro ideal que você tem em mente.

Em conclusão, a compatibilidade deve ocorrer de várias maneiras: do ponto de vista psicológico, da personalidade, dos valores e do comportamento erótico.

Porém, assim como a compatibilidade sexual pode nascer (aparentemente do nada), também pode acontecer o contrário, ou seja, ela pode se perder. Isso pode acontecer se os valores mudarem ou quando, na verdade, não existia uma compatibilidade desde o início, mas as expectativas sobre a outra pessoa acabaram pregando uma peça.

Como recuperar a compatibilidade sexual?

Casal na cama após o sexo
Passar um tempo a sós com o parceiro é essencial para despertar o desejo.

Felizmente, a compatibilidade sexual perdida pode ser recuperada. Para isso, alguns casais decidem procurar sexólogos para encontrar uma solução para o seu problema. Estes são alguns conselhos:

  • Explorar novos horizontes: introduzir brinquedos sexuais, experimentar práticas novas… Tudo isso pode despertar o prazer e permitir que você descubra coisas das quais, anteriormente, não sabia que gostava. Você vai apreciar melhor o sexo.
  • Passar tempo a sós: às vezes, os filhos ou as responsabilidades do dia a dia te impedem de ter tempo para conversar ou para o sexo surgir. Portanto, é preciso encontrar momentos para que o casal possa estar junto e fortalecer a intimidade.
  • Encontrar o próprio ritmo: se você tem mais desejo sexual do que o seu parceiro, vocês podem encontrar um equilíbrio se falarem sobre isso. Vocês não precisam estar sempre no mesmo nível em tudo. A menos que estejam em dois extremos opostos, isso pode ser trabalhado.

Como você pode ver, é importante que haja compatibilidade sexual, mas isso não significa que você tenha que ser igual à outra pessoa. Sempre haverá níveis diferentes e o fundamental é encontrar um equilíbrio. Para isso, a comunicação é muito importante.

Pode interessar a você...
Os comportamentos machistas no sexo não devem ser tolerados
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Os comportamentos machistas no sexo não devem ser tolerados

Os comportamentos machistas estão presentes em muitas áreas, e o sexo não é exceção. Não podemos tolerá-los e precisamos lutar contra eles.



  • Mallon, R. y Stich, SP (2000). La extraña pareja: la compatibilidad de la construcción social y la psicología evolutiva. Filosofía de la ciencia , 67 (1), 133-154.
  • Salgado, C. (2003). El desafío de construir una relación de pareja. Editorial Norma.
  • Urbano-Contreras, A., Iglesias-García, M. T., & Martínez-González, R. A. (2019). Satisfacción general y sexual con la relación de pareja en función del género. Revista Española de Investigaciones Sociológicas165, 143-158.
  • Psychiatry (Edgmont). 2008 Jun; 5(6): 50–55. Published online 2008 Jun. Sexual Desire Disorders. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2695750