Como seu bebê reage quando inicia o desfralde?

Qual é a melhor hora de iniciar o desfralde é uma pergunta frequente entre os pais. A idade não é determinante. Em vez disso, é preciso saber se a criança está efetivamente madura para controlar seus esfíncteres.
Como seu bebê reage quando inicia o desfralde?

Última atualização: 08 Fevereiro, 2021

Deixar de usar fraldas é um dos processos de desenvolvimento que marca a independência do seu bebê: o controle dos esfíncteres. Como seu bebê vai reagir ao iniciar o desfralde ajudará você a saber se está no momento certo ou não.

Normalmente, mesmo que você não acredite, as crianças acabam aprendendo a controlar o banheiro mais cedo do que o esperado. Algumas podem demorar um pouco mais, enquanto outras conseguem em algumas semanas, até mesmo em alguns dias.

O importante, como sempre defendemos, é ter em mente que cada criança é diferente. Ela atingirá esse marco de desenvolvimento no seu próprio tempo e ritmo, ou seja, quando atingir a maturidade necessária para isso.

Como saber se o bebê está pronto para o desfralde?

Há crianças que começam a se esconder para fazer suas necessidades. Outras seguram o xixi por mais de três horas. Esses são indicadores de que o seu bebê está pronto para o desfralde.

Por outro lado, há crianças que ficam com medo e só querem fazer xixi e coco nas fraldas. Isso pode indicar que a criança não está pronta para remover a fralda. Você não precisa forçá-la, o mais sábio é esperar até encontrar o momento certo.

Depois de dois ou três meses, você pode tentar novamente e ver se a criança está pronta ou não. Mas você deve prepará-la antes. Comece a contar a ela o que vai acontecer em um determinado momento, mostre histórias com desenhos ou fotos com as quais você possa explicar o que vocês vão fazer e o que você espera dela.

Qual é a melhor idade?

Bebê com fralda

Se você tentar remover a fralda do seu bebê entre um ano e meio e dois anos de idade, é muito provável que não consiga tão rápido quanto se ela fosse mais velha. No entanto, é possível tentar.

A partir de um ano e meio, muitas crianças não gostam de usar a fralda, pois começa a incomodar devido ao atrito. Em teoria, esse é o momento perfeito para o desfralde. Você pode tentar deixar a criança sem fralda para ver o que acontece. A paciência e o bom humor serão fundamentais em todo esse processo.

Conforme indicado em uma publicação de uma revista da Federação de Ensino de CC.OO., na Andaluzia, a idade média do ponto de vista estatístico costuma estar entre 2 e 3 anos, quando as crianças ainda são capazes de nomear seus excrementos e avisar que estão com vontade de urinar ou evacuar.

O que acontece se o bebê reagir negativamente ao desfralde?

Muitos pais se perguntam por que há crianças que não reagem bem ou têm medo de não usar fraldas. Certamente, as crianças nem sabiam que estavam usando uma fralda. Agora elas precisam enfrentar um grande desafio.

As fraldas descartáveis ​​modernas são muito absorventes, e a criança quase não percebe as consequências ao urinar ou evacuar nelas. Portanto, quando queremos realizar o desfralde, muitas vezes elas ficam com medo, porque ainda não entendem o que está acontecendo.

Outros bebês ficam assustados quando se sentam no vaso sanitário, então o uso de um adaptador de assento é essencial para que a criança não sinta esse espaço vazio e se recuse a ficar sentada ali. Também é uma boa ideia incorporar um banquinho que impeça a criança de ficar com os pés sem apoio.

Como começar o desfralde?

Para começar o desfralde encoraje seu filho a ir ao banheiro

Primeiro, as crianças que estão realmente prontas para o desfralde devem ser capazes de seguir instruções. Você tem que começar devagar. Tente primeiro praticar, pedindo que ela levante e abaixe a cueca, calcinha ou fralda. Em seguida, passe para instruções mais difíceis, como tirar a fralda e imediatamente sentar no vaso sanitário.

Outra forma de fazer a criança se interessar pelo processo é permitir que ela participe das decisões sobre qual seria o equipamento ideal para o seu aprendizado. É uma questão de pesquisar e experimentar qual é o melhor modelo para ela, o que mais lhe trouxer conforto.

Quando você tiver escolhido o equipamento certo, deixe que o seu filho tenha a oportunidade de fazer algumas escolhas: algo com a sua cor favorita e o design que chama a sua atenção. Ele vai adorar saber que será de uso exclusivo dele.

Preparado para alguns acidentes?

É completamente normal que seu filho tenha alguns acidentes no caminho do desfralde. Quando ele começar a andar sem fralda, podem haver acidentes, como não chegar na hora certa no banheiro ou fazer suas necessidades na cama.

A forma como você vai abordar os acidentes que podem ocorrer nesse processo é importante. Lembre-se de que a criança não aprenderá a controlar a bexiga e o intestino de um dia para o outro.

Evite repreendê-la se ela tiver um pequeno tropeço em seu aprendizado, isso geralmente acontece. Mantenha uma atitude positiva. Sua reação a esses acidentes é muito importante, já que seu filho sempre espera o seu apoio.

Alguns pais decidem remover a fralda tanto durante o dia como durante a noite. Contudo, manter a fralda à noite pode ser mais confortável para não ter que trocar o lençol todo dia e exigirá menos da criança.

De qualquer forma, se você optar por remover a fralda noturna, uma sugestão que você pode seguir é colocar um protetor de colchão descartável na cama e removê-lo quando estiver molhado.

Existem diferenças no desfralde de um menino e de uma menina?

Existem diferenças no desfralde de um menino e de uma menina?

Sim. Até os 3 anos de idade, o desenvolvimento de meninos e meninas é bastante semelhante. No entanto, quando completam 4 anos, as diferenças começam a ser notadas e aumentam ao longo dos anos.

Por um lado, os níveis de testosterona nos meninos dobram quando eles completam 3 anos de idade. Por outro lado, as influências sociais afetam e direcionam meninas e meninos de diferentes maneiras.

Essas diferenças podem marcar o momento certo para remover a fralda. As meninas, durante os primeiros anos de vida, passam na frente dos meninos em questão de desenvolvimento, isto é, atingem os marcos do desenvolvimento mais rapidamente.

No entanto, do ponto de vista psicológico, os meninos geralmente estão mais dispostos a enfrentar novos desafios e podem reagir melhor ao novo desafio de abandonar as fraldas.

Quais são as diferenças?

Não é de se estranhar que muitas meninas consigam controlar os esfíncteres antes dos meninos. Elas também tendem a desenvolver a linguagem mais rapidamente, o que lhes permite dizer quando querem urinar ou evacuar. Esse é um ponto a seu favor no que diz respeito aos meninos.

Os meninos precisam de menos precauções na higiene do que as meninas. Para as meninas, a limpeza em lugares públicos é mais complicada. Isso leva muitos pais a continuar usando a fralda em suas filhas por mais tempo.

Por outro lado, as meninas aprendem mais rápido rotina de ir ao banheiro. Seu desenvolvimento cognitivo permite que elas aprendam mais facilmente os diferentes passos para começar a usar o banheiro. Isso geralmente demora um pouco mais para os meninos.

Em resumo…

Em conclusão, em todos os processos de desfralde, seja de um menino ou menina, o aspecto mais importante é ter muita paciência. Esse é um grande passo para todos, sendo também uma oportunidade de demonstrar amor e compreensão. São crianças e estão aprendendo. E os pais também estão aprendendo a guiar e educar melhor os filhos.

It might interest you...
Capacidade motora do bebê mês a mês
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Capacidade motora do bebê mês a mês

A capacidade motora do bebê muda de mês a mês durante o primeiro ano de vida. Pouco a pouco ele terá mais capacidades motoras. Acompanhe esse proce...



  • Asociación Española de de Pediatría. AEP. Guía práctica para padres. Desde el nacimiento hasta los 3 años.
  • María Teresa Pacheco García. Federación de Enseñanza de CC.OO. de Andalucía. El control de esfínteres en los niños/as de 3 a 6 años. Nº 13 marzo 2011.
  • KidsHealth from Nemours. Análisis de sangre: testosterona. Qué es.