5 dicas para ser uma pessoa proativa

Ser proativo tem muitas vantagens: promove a autonomia, estimula a independência e fortalece a autoestima. Saiba mais sobre esse jeito de ser.
5 dicas para ser uma pessoa proativa

Última atualização: 25 Julho, 2021

Faça as coisas acontecerem, não espere que elas aconteçam. Este é o mantra de uma pessoa proativa. Embora pareça um slogan publicitário, estamos falando sobre uma das muitas maneiras de definir o que é proatividade.

Ser proativo significa assumir o controle de uma situação e lidar com ela: ir em frente. O oposto é um comportamento reativo, no qual há apenas resposta e reação.

Embora este aspecto geralmente esteja vinculado ao trabalho ou área profissional, ser uma pessoa proativa é uma qualidade muito valorizada em todos os aspectos da vida. Não queremos apenas trabalhar com aquela pessoa que está sempre disposta a fazer e a encontrar uma solução, mas todo mundo gosta de encontrar com aquele amigo que, quando quer te ver, organiza um plano sem enrolação.

Recomendações para ser uma pessoa proativa

Pensar que a proatividade é um atributo inato é quase o oposto da sua própria definição. Ser uma pessoa proativa envolve movimento, não conformidade e até mesmo um desafio ao status quo.

No entanto, para isso, é necessário fazer algo. Algumas recomendações podem ser levadas em consideração. Vamos ver:

1. Organize-se e seja realista

A proatividade anda de mãos dadas com a organização. Por isso, é importante saber quais são as nossas pendências e estabelecer prioridades.

Ao pensar no que devemos fazer, temos que subdividir a tarefa e vinculá-la a prazos e atores. Por exemplo, existem coisas que dependem de nós (escrever um relatório ou limpar o armário), mas também podemos encontrar atividades que dependem de outras pessoas. Portanto, seus tempos não serão necessariamente os nossos.

A organização também implica o estabelecimento de metas realistas, claras e mensuráveis, de forma a traçarmos um rumo e podermos verificar seu grau de realização ou progresso. A título de ajuda, hoje em dia, além das agendas, podemos utilizar diversos aplicativos.

Organização e planejamento
A organização contribui para a proatividade. Por meio de agendas, organizadores e aplicativos, podemos ser mais eficientes no uso do tempo.

2. Tenha um pensamento flexível, mas não especulativo

Em relação à organização, é importante ter flexibilidade. Às vezes surgem situações que exigem atenção urgente, por isso devemos negligenciar as questões que foram planejadas.

Ao nos planejarmos, devemos contar com contratempos e prazos reais. No entanto, a capacidade de adaptação não é a mesma coisa que especulação. Pensar o tempo todo em termos de “e se” só reforça a procrastinação.

Portanto, valendo a pena a redundância, convém começar a refletir sobre os nossos pensamentos e verificar quais deles se enquadram no campo das desculpas e quais têm verdadeiros fundamentos para adiar a atividade.

Por outro lado, é fundamental travar os pensamentos julgadores e que questionam a nossa capacidade. Por que vou fazer uma coisa dessas se vai dar errado para mim? Por que deveria se nada vai mudar? Olhares pessimistas são um obstáculo à proatividade e desencorajam qualquer começo.

Nos casos em que esses pensamentos são um padrão cognitivo permanente que permeia todas as áreas da vida, é aconselhável consultar um profissional. Uma pessoa proativa é positiva e acredita que há coisas para melhorar.

3. A proatividade também se baseia em bons hábitos

Não é fácil ser proativo se estivermos cansados e com pouca energia. Por isso, também é importante cuidar da sua saúde. Temos que ter tempo suficiente para o descanso e o lazer, alimentação balanceada e atividade física. Só assim podemos dar o nosso melhor.

4. Pense no que você tem e não no que lhe falta

Pessoas proativas pensam em termos dos recursos que possuem e no que podem mobilizar com eles. Não ficam ancoradas naquilo que lhes falta ou lamentam aqueles aspectos nos quais não podem intervir. Essas são meras desculpas usadas para justificar a inação.

Da mesma forma, as pessoas que cultivam uma mente proativa são verdadeiras consigo mesmas. Elas podem reconhecer quando estão orientadas e quando não estão.

Elas são capazes de se reconhecer e entender o que precisam mudar. Nesse sentido, também podem usar sugestões e aceitar críticas construtivas.

5. Reserve tempo e espaço para a concentração

Ser proativo significa que podemos nos concentrar no que estamos fazendo, por isso é importante encontrar um ambiente no qual possamos nos conectar com o nosso problema e, assim, evitar perda de tempo e interrupções.

A importância da proatividade para a vida

A proatividade também está ligada à autoestima. As pessoas mais reativas ficam estagnadas, como em um platô permanente, pois embora possam ser capazes de responder, não lideram uma iniciativa.

Além disso, ser proativo permite que você tenha um certo grau de controle sobre algumas situações, para que haja mais segurança e confiança. Com planejamento, as tarefas também são enfrentadas e realizadas com menos estresse, pois o panorama que se aproxima já é conhecido. Aqueles que são reativos muitas vezes chegam estressados com suas tarefas porque elas ficaram pendentes até o último minuto.

Especialmente para trabalhos ou atividades em grupo, a proatividade anda de mãos dadas com a participação. Portanto, aqueles que são proativos tendem a se sentir parte de.

Por fim, a proatividade facilita o caminho para a independência e a autonomia, uma vez que os proativos assumem o comando e não precisam da aprovação de terceiros para seguir em frente. No caso de pessoas reativas, elas se tornam dependentes das instruções ou iniciativas de outras pessoas.

Mulher preocupada
O estresse em relação às coisas que devem ser feitas e aos itens não entregues é clássico para trabalhadores pouco proativos.

Seja proativo na medida adequada

Como todas as coisas na vida, a proatividade é positiva quando está equilibrada e não cai em um extremo. Embora, em geral, esteja associada à satisfação e à produtividade, também é verdade que quando a carga não é bem distribuída, até mesmo uma pessoa proativa e bem organizada acaba se estressando.

Vamos pensar naqueles casos em que a pessoa proativa acaba cheia de tarefas porque é sempre ela quem está à frente de todos os projetos. Nessa situação, longe de favorecê-la, este se torna seu calcanhar de Aquiles.

Também é importante reconhecer que a proatividade tem nuances. Ser uma pessoa proativa não significa que seremos proativos em todas as áreas da nossa vida. Alguns tópicos ou atividades serão mais difíceis para nós do que outros.

Pode interessar a você...
As melhores coisas que pode fazer para sair da rotina
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
As melhores coisas que pode fazer para sair da rotina

Para conseguir sair da rotina é bom tomar as rédeas da situação e começar a tomar decisões que obriguem a abandonar a zona de conforto.



  • Griffin, M., Parker, S., & Mason, C. (2010). Leader vision and the development of adaptive and proactive performance: A longitudinal study. The Journal of Applied Psychology, 95(1), 174-182. doi:10.1037/a0017263
  • López- Salazar, Alejandra (2010). La proactividad empresarial como elemento de competitividad. Ra Ximhai, 6(2),303-312.[fecha de Consulta 11 de Abril de 2021]. ISSN: 1665-0441. Disponible en: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=46115146011
  • Salessi, Solana, & Omar, Alicia (2017). Comportamientos proactivos en el trabajo: una puesta al día. Revista Argentina de Ciencias del Comportamiento, 9(3),82-103.[fecha de Consulta 11 de Abril de 2021]. ISSN: . Disponible en: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=333454618005