Como ser mais sociável e deixar a timidez de lado?

As pessoas sociáveis são caracterizadas por não terem problemas para iniciar ou manter uma conversa. Você quer aprender a conviver e interagir com os demais?
Como ser mais sociável e deixar a timidez de lado?

Última atualização: 17 Setembro, 2021

Existe uma pergunta muito recorrente entre as pessoas que são tímidas ou introvertidas: “Como posso ser mais sociável?” Embora costumemos dizer que os seres humanos são sociais por natureza, muitos têm dificuldade em criar vínculos e estabelecer laços.

A verdade é que as habilidades sociais precisam ser desenvolvidas, trabalhadas e exercitadas. Sem a estimulação adequada, é difícil que elas se manifestem nos contextos em que são necessárias. Aqui estão algumas recomendações a respeito.

Características de uma pessoa sociável

Todas as pessoas sociáveis têm características diferentes que são determinadas de acordo com a sua personalidade. Em todo caso, em geral, algumas delas são as seguintes:

  • Eles confiam em si mesmos, sentem-se seguros e tendem a ter uma boa autoestima.
  • Eles não se importam em falar sobre si mesmos.
  • Eles geralmente se sentem confortáveis para iniciar ou participar de conversas.
  • Eles tendem a ter um bom senso de humor e são agradáveis.
  • Assim como gostam de falar, também são capazes de ouvir seu interlocutor. Isso permite enriquecer o diálogo.
Amigos em restaurante
Pessoas sociáveis costumam ter uma boa autoestima. Elas também permitem que os demais se expressem.

As vantagens de ser mais sociável

Ser sociável é um indicador de bem-estar psicológico e, inclusive, acaba sendo um fator de proteção à saúde. Além disso, permite que você tenha os recursos necessários para enfrentar qualquer situação em que seja preciso resolver tarefas, trabalhos ou desafios com outras pessoas.

Da mesma forma, permite que você cresça e amplie seu olhar, seja mais tolerante e mais criativo. Ao entrar em contato com outras histórias e realidades, diversificamos a forma como vemos as coisas. Ou seja, podemos não concordar com algumas posições, mas sabemos mais sobre o pulso social do cotidiano, o que favorece o desenvolvimento da empatia.

Por outro lado, as pessoas sociáveis tendem a ser mais positivas e expressam isso com as suas emoções. Sua autoestima é maior e elas têm um maior conhecimento de si mesmas.

Dicas úteis para ser mais sociável e vencer a timidez

Nunca é tarde para desenvolver habilidades sociais e deixar de ser tímido. Basta trabalhar os aspectos que o impedem de ultrapassar essa barreira. Aqui estão algumas estratégias.

Trace um plano

Talvez você tenha em mente que gostaria de ser mais sociável ou extrovertido. Mas o que isso significa? Você pode fazer uma lista das qualidades que as pessoas sociais têm ou dos modelos que o inspiram. Assim, você saberá por onde caminhar, o que gostaria de imitar e quais aspectos gostaria de trabalhar.

Identifique seus pontos fortes

Além de pensar em como você quer ser, você deve pensar também no que já tem. Ao identificar seus pontos fortes, você também poderá exibi-los. Por exemplo, se você tem um ótimo senso de humor, pode brincar com ele para socializar e se relacionar.

Comece alguma nova atividade

Uma das maneiras de se tornar mais expansivo é se dedicar a um novo plano ou projeto. Por exemplo, escolha uma atividade que não tenha praticado antes e junte-se a um grupo (caminhada, culinária, pintura, etc.). Você pode se libertar e ensaiar outros papéis neste novo círculo em que ninguém o conhece.

Expanda seu círculo

Em geral, as pessoas quase sempre operam no mesmo círculo íntimo de amigos. Se você quer ser mais sociável ou começar a conhecer gente nova, não tenha medo de entrar em contato e fazer planos com outras pessoas, como seus colegas de escola, conhecidos da academia, entre outros. Em todos os círculos você poderá aprender coisas novas, compartilhar diferentes histórias e ampliar seus interesses.

Use as redes sociais

Se você é tímido, pode usar as redes sociais como palco para ensaiar as interações. Então, quando você vir alguém postar uma foto de que você gosta, pode deixar um comentário. Às vezes, isso inicia uma conversa. Além disso, às vezes é o ponto de partida para marcar encontros presenciais.

Uso das redes sociais
As redes sociais facilitaram a interação social. Elas permitem até marcar encontros cara a cara com outras pessoas.

Vença a inércia e aceite os convites

A timidez costuma ser a razão para permanecer na sua zona de conforto e rejeitar os convites de outras pessoas. Quantas vezes você disse ‘não’ para um happy hour após o trabalho? Faça o contrário do que a timidez ditaria e aceite o convite. Só assim você começará a se relacionar.

Cuide da sua linguagem não verbal

Postura, tons de voz, olhar… estes também são “dados” que fornecemos a outras pessoas durante a conversa. Para que a interação seja agradável, o que você diz através da linguagem não verbal também é importante.

Olhar para alguém ao falar, acenar com a cabeça, etc., são algumas formas que reforçam a atenção e o interesse pelo interlocutor. Cuidar da comunicação emocional é um aspecto fundamental para ser capaz de se conectar com os demais.

Perguntas simples

Para ser sociável, não é preciso ser um grande conhecedor de um assunto. Basta prestar atenção a alguns detalhes e, é claro, levar em consideração os interesses dos outros.

Por exemplo, perguntar a uma colega de trabalho como foi o aniversário do seu filho no fim de semana não é apenas um gesto simpático, mas também serve como um gatilho para uma conversa agradável.

Quando a vergonha é uma limitação para ser mais sociável

Ser introvertido ou extrovertido não é uma coisa boa ou ruim em si, e também não queremos estigmatizar a vergonha. Se a pessoa não percebe a timidez como um problema que a limita, esta é apenas uma forma de ser.

O problema é quando alguém fica horas e horas caminhando por um lugar, perdido, porque tem vergonha de pedir uma indicação.

É importante conseguir encontrar um equilíbrio entre timidez e extroversão, para que seja possível conversar com outras pessoas, sentir-se à vontade, não limitar o crescimento ou ser invasivo.

Em outras palavras, você tem que construir um “ser social” fiel ao seu próprio ser, sendo genuíno, sem sentir a pressão de ser o que você não quer ser.

Pode interessar a você...
Ansiedade social: 5 estratégias que ajudam a superá-la
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Ansiedade social: 5 estratégias que ajudam a superá-la

A ansiedade social é uma condição muito comum atualmente. Como ela pode ser prevenida e tratada? Falamos sobre o tema neste artigo.



  • Contini, N. (2008). Las habilidades Sociales en la Adolescencia Temprana:
    Perspectivas desde la Psicología Positiva. Psicodebate. Psicología, cultura y
    sociedad, 9, 15-27.
  • Del Prette, Z. A. P., & Del Prette, A. (2002). Psicología de las habilidades sociales: terapia y educación. Revista Evaluar3(1).
  • Nadkarni A, Hofmann SG. Why Do People Use Facebook?. Pers Individ Dif. 2012;52(3):243-249. doi:10.1016/j.paid.2011.11.007
  • Torres, Marcelo; Caballero González, Diego Fabian ; Ullon, Eleazar. (2018). Habilidades sociales. Ponencia Mendoza. Dirección URL del informe: /12500. Fecha de consulta del artículo: 31/08/21.