Como reafirmar a pele naturalmente: 6 dicas

· 18 de maio de 2019
Para reafirmar a pele naturalmente, você pode incluir alguns cuidados básicos em sua rotina diária. Você está preocupada com a flacidez? Descubra como agir sem a necessidade de procedimentos estéticos caros.

A perda da firmeza da pele pode afetar a autoestima, principalmente quando desencadeia o aparecimento de sinais prematuros de envelhecimento. Embora possa ser desenvolvido por muitos fatores, na maioria dos casos é difícil revertê-lo. Como reafirmar a pele naturalmente?

O problema da flacidez pode ser o resultado da perda de peso, gravidez, falta de nutrientes ou envelhecimento. De fato, muitos casos estão relacionados à exposição constante ao sol e à prática de maus hábitos. Felizmente, alguns cuidados e hábitos saudáveis ​​ajudam a minimizar o problema.

Como reafirmar a pele naturalmente

Atualmente, muitos produtos e técnicas foram desenvolvidos para reduzir a flacidez e aumentar a firmeza da pele. No entanto, existem outras opções para quem prefere evitar procedimentos estéticos convencionais. Isso a interessa?

1. Aplique cremes naturais firmadores

Como reafirmar a pele naturalmente

Embora os cremes comerciais firmadores proporcionem bons resultados, existem algumas fórmulas naturais com efeito similar. Embora seus efeitos ao reafirmar a pele naturalmente sejam sutis, eles podem contribuir para melhorar a aparência quando são usados ​​constantemente.

Para realizar este tipo de tratamento, você pode usar ingredientes de baixo custo, como a manteiga de karité, o óleo de laranja e o óleo de vitamina E. Sua combinação fornece à derme importantes nutrientes, deixando-a hidratada e firme. Não deixe de experimentar!

Não deixe de ler: Como reafirmar a pele com remédios caseiros

2. Consumir suplementos

Não existe nenhum suplemento para reafirmar a pele da noite para o dia. No entanto, algumas variedades podem ajudar neste processo quando tomados regularmente. Por exemplo, um estudo realizado em 2015 determinou que os suplementos de colágeno podem minimizar os efeitos negativos do envelhecimento na pele.

Por outro lado, os aminoácidos encontrados na proteína contribuem para a manutenção do colágeno e da elastina. Também é fundamental garantir a ingestão de suplementos de vitamina C, um nutriente que participa da síntese do colágeno. 

3. Faça exercício físico

Faça exercício físico

Um dos melhores suplementos para reafirmar a pele naturalmente é o exercício físico regular. A atividade física ajuda a combater o acúmulo de gordura e promove a formação de massa muscularEstes efeitos, juntos, ajudam a preservar a derme firme e livre de rugas prematuras.

Idealmente, adote uma rotina de exercícios que combine o treinamento cardiovascular com o de pesos. Assim, além de eliminar o excesso de gordura, os músculos serão tonificados. Você não tem muito tempo? Isso não é uma desculpa! Basta dedicar cerca de 20 minutos por dia a alguma atividade física.

4. Aplique massagens para reafirmar a pele naturalmente

A aplicação constante de massagens pode ajudar a reafirmar a pele naturalmente porque reativa a circulação e ajuda a manter os tecidos em ótimas condições. Segundo a pesquisa, as massagens aplicadas com uma ferramenta de massagem podem estender os efeitos dos cremes antienvelhecimento.

Claro, você também pode realizá-las com óleos essenciais, tônicos ou loções para reafirmar. O mais importante a se ter em mente é que seus resultados não são obtidos da noite para o dia e você deve ser constante na aplicação deles para conseguir alcançar seu objetivo.

5. Aumente o consumo de água

Aumente o consumo de água

Embora o consumo diário de água não reverta a flacidez da pele, é decisivo para evitá-la e manter a pele firme. Assim, parte do cuidado que você deve aplicar à derme para reafirmá-la é garantir um consumo ideal de água e bebidas saudáveis.

A quantidade de água necessária pode variar dependendo da idade, peso e hábitos. No entanto, em geral, recomenda-se a ingestão de 2 litros por dia. Se você quiser mais benefícios, comece a consumi-la em jejum, de preferência com um pouco de suco de limão.

Confira ademais: As melhores máscaras para o seu rosto

6. A alimentação para reafirmar a pele naturalmente

O tipo de alimentação que você tem é geralmente refletido na saúde da sua peleEmbora muitos ignorem, a boa nutrição é fundamental para reafirmar a pele e prevenir o envelhecimento. Garantir uma absorção adequada de vitaminas, minerais, proteínas e antioxidantes permite inibir os efeitos negativos do estresse oxidativo.

Para o acima, certifique-se de comer uma dieta rica em:

  • Frutas e vegetais frescos
  • Peixe e carne magra
  • Oleaginosas e sementes
  • Água e infusões
  • Grãos integrais e leguminosas (porções moderadas)

Você sente sua pele flácida? Você está preocupada com o aparecimento de rugas prematuras? Então aplique estas dicas simples para reafirmar a sua pele. Se você as incorporar constantemente em seus hábitos diários, começará a sentir a diferença.

  • Keen, M., & Hassan, I. (2016). Vitamin E in dermatology. Indian Dermatology Online Journal. https://doi.org/10.4103/2229-5178.185494
  • Telang, P. (2013). Vitamin C in dermatology. Indian Dermatology Online Journal. https://doi.org/10.4103/2229-5178.110593
  • Traber, M. G., & Stevens, J. F. (2011). Vitamins C and E: Beneficial effects from a mechanistic perspective. Free Radical Biology and Medicine. https://doi.org/10.1016/j.freeradbiomed.2011.05.017
  • Fuchs, R. (2015). Physical Activity and Health. In International Encyclopedia of the Social & Behavioral Sciences: Second Edition. https://doi.org/10.1016/B978-0-08-097086-8.14115-7
  • Asserin, J., Lati, E., Shioya, T., & Prawitt, J. (2015). The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: Eevidence from an ex vivo model and randomized, placebo-controlled clinical trials. Journal of Cosmetic Dermatology. https://doi.org/10.1111/jocd.12174
  • Caberlotto, E., Ruiz, L., Miller, Z., Poletti, M., & Tadlock, L. (2017). Effects of a skin-massaging device on the exvivo expression of human dermis proteins and in-vivo facial wrinkles. PLoS ONE. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0172624
  • Murzaku, E. C., Bronsnick, T., & Rao, B. K. (2014). Diet in dermatology. Journal of the American Academy of Dermatology. https://doi.org/10.1016/j.jaad.2014.06.016