Como proteger as crianças do sol no verão?

14 de julho de 2019
Os dias de verão são muito importantes para as crianças da casa, porque são sinônimos de férias. Mas, como neste período as temperaturas são muito altas, é essencial tomar as precauções necessárias.

O verão é a época mais esperada por todos, mas também é a época onde, como pais, devemos proteger as crianças do sol. São os dias ideais, com sol e bom tempo para ir à praia, visitar os parques, brincar no jardim e na casa da árvore. Em suma, tudo relacionado a brincadeiras ao ar livre e curtir a natureza.

No entanto, por se tratar da estação mais quente, pode-se correr certos riscos se as medidas necessárias não forem tomadas. Proteger a pele com um protetor, manter uma boa hidratação, se refrescar e ficar na sombra de vez em quando são algumas das principais medidas a implementar.

Recomendações para proteger as crianças do sol no verão

Crianças brincando no parque.

Para proteger as crianças do sol, aplique protetor solar

Uma hora antes de começar as brincadeiras no jardim, na piscina ou ir às compras, tente ter à sua disposição os materiais necessários para proteger o pequeno. Recomenda-se a aplicação de filtro solar no rosto e no corpo (especialmente nas áreas mais expostas).

O protetor deve ser de um fator razoavelmente alto e deve ser retocado várias vezes se a criança estiver em contato com a água ou se suar muito. Tenha em mente que, embora o sol possa dar um belo bronzeado, ele também pode ferir a pele se você não for cuidadoso.

Roupa adequada no verão

É conveniente vestir crianças com roupas leves, de preferência de algodão. Este tipo de roupa ajudará a criança a respirar bem e a evitar a insolação. Além disso, é adequado proteger sua cabeça com um chapéu.

Você também deve evitar as horas de maior radiação solar, uma vez que é quando os raios do sol são mais intensos. Entre as 11 da manhã e as 4 da tarde, é melhor evitar sair ao sol.

Descubra também: Combata o calor do verão com sucos

Hidratação e Alimentação Saudável durante o verão

hidratação no verão

A hidratação é essencial todos os dias para proteger as crianças do sol de verão. Prime pelo consumo abundante de água e líquidos ao longo do dia. Embora o pequeno não manifeste o desejo de beber água, você deve fornecer pequenas quantidades a cada duas horas, aproximadamente. Evite refrigerantes ou bebidas gasosas, pois eles contêm açúcar.

Quanto aos alimentos, frutas, saladas e sopas frias são sugeridas. Tente ter frutas da época em casa como:

  • Melancia
  • Banana
  • Morangos
  • Cerejas
  • Tomates
  • Cenoura

Controle a temperatura corporal

Os adultos devem tentar manter uma temperatura corporal de 37 ° C para o bom funcionamento do organismo. Essa temperatura pode ser alcançada consumindo bebidas e alimentos que não sejam muito frios. Tome-os a temperatura natural.

  • Tente dar banho na criança com água morna para evitar choque térmico no corpo, se fizer com água fria. Neste último caso, um efeito rebote pode ocorrer, e ela sentirá um calor mais forte após o banho.
  • Outra opção é borrifar água morna nas mãos e nuca ou partes expostas ao sol quando estiver fora de casa.

Ambiente o interior da casa

Criar um ambiente fresco dentro da casa também é necessário para proteger as crianças do sol ou, melhor dizendo, de altas temperaturas. Mantenha cortinas e persianas abaixadas nas horas de calor intenso. Caso as temperaturas sejam muito altas, evite abrir as janelas.

Ative aparelhos domésticos, como ar condicionado e ventiladores para resfriar a casa. Desta forma a criança poderá brincar e a estadia será mais agradável. Lembre-se de controlar a temperatura do ambiente, porque na hora de sair, a criança pode ser prejudicada pela mudança súbita de temperatura.

Não perca: Ar condicionado no verão: seu uso correto

Outras alternativas para proteger as crianças do sol

Tenha em mente que o sol é a principal fonte de vitamina D, que ajuda na absorção e fixação de cálcio nos ossos. Portanto, recomenda-se não se esconder completamente do sol.

O ideal é ter um contato indireto usando barreiras físicas, como caminhar pelas ruas à sombra ou usar guarda-chuvas e chapéus. Desta forma, você também evitará o excesso de cremes protetores.

Não é necessário cair em estresse e superproteção. No entanto, devemos proteger as crianças do sol de verão e seus efeitos nocivos. Para isso, coloque em prática as recomendações mencionadas acima e, assim, garanta seu bem-estar e saúde.

Por fim, é importante que as crianças aprendam a aproveitar os benefícios do sol com segurança. Assim, vamos conseguir que no futuro sejam adultos sem doenças de pele derivados desta causa.