Como o açúcar afeta o seu organismo? Tudo o que você precisa saber

· 23 de setembro de 2018
Embora seja uma substância necessária para o organismo, o fato é que o consumo excessivo de açúcar pode afetar o funcionamento de diferentes órgãos e culminar em sérios problemas de saúde.

O açúcar é uma substância essencial à vida, além de ser parte dos alimentos mais prazerosos; no entanto, este composto é uma arma de dois gumes, diante da qual é necessário saber fazer um julgamento. Então, hoje trazemos aos leitores tudo o que vocês devem levar em conta em relação ao que o açúcar representa para o bom funcionamento do organismo.

Neste artigo explicaremos como o consumo de açúcar afeta a qualidade de vida. Primeiro, é preciso saber que é o açúcar está em seu corpo na forma de glicose.

 A glicose é a principal fonte de energia do corpo, pois mantém suas funções vitais, tais como a regulação da temperatura, a respiração ou o batimento cardíaco, entre outros. Em si, esta molécula é responsável por dar energia ao seu corpo inteiro. Também, assim como a gasolina permite o movimento de um carro, a glicose permite que o organismo se movimente.

Ela não é mais do que um açúcar simples que está no sangue. Você pode obtê-la através dos alimentos, especialmente os carboidratos. Este tipo de substância está presente em farinhas, frutas, arroz e, claro, doces.

Quando você come, os alimentos são decompostos em substâncias utilizáveis para o organismo. Os carboidratos são, então, transformados em glicose; esta irá posteriormente se transformar em glicogênio, que será uma reserva de energia armazenada no fígado.

Como o açúcar afeta ao organismo?

O açúcar provoca diabetes

Seu pâncreas recebe os sinais que você ingeriu um alimento e produz insulina, hormônio que tornará as células mais sensíveis para que possam capturar a glicose. É a ponte que permite a passagem de glicose.

Isto evidência que consumir carboidratos é fundamental para que você possa manter seu corpo ativo e vital, mas você deve fazer isso em quantidades adequadas. Não é nenhum segredo o quão deliciosos são os doces, pizzas, massas e muitos outros alimentos com alto teor de carboidratos.

Você deve lembrar que estes últimos são traduzidos em enormes quantidades de açúcar. Isto representa, por sua vez, um dano ao seu próprio corpo, uma arma letal; a glicose em excesso no sangue, chamada de hiperglicemia, não implica que você vai ter um organismo mais cheio de energia.

Descubra: 7 ervas que ajudam a tratar a diabetes do tipo 2

Consequências do excesso de açúcar no sangue

Mulher rejeitando doces

Esse excedente é gerador de doenças como a diabetes do tipo 2, onde o  pâncreas ainda produz insulina, mas as células são incapazes de capturá-la e tornar-se resistente a esse hormônio. No que isso implica? Seu corpo será incapaz de absorver glicose e você se sentirá cansado.

Além disso, o açúcar em excesso tem um efeito específico: o sangue torna ácido, não doce. Isso causa deficiência no trabalho dos diferentes sistemas que compõem o seu organismo. Também pode gerar tipos diferentes de infecções, causando uma condição chamada cetoacidose.

Existe também outra série de danos causados pelo excesso de glicose:

  • Engordar, porque o fígado transforma este excesso de gordura em tecido adiposo e pode até mesmo causar obesidade.
  • O cérebro, principal órgão, é severamente afetado pelo sangue ácido, reduzindo sua plasticidade.

Ao contrário do que se possa imaginar suas funções se tornam lentas, e isso pode te prejudicar ao ponto de atingir um estado de coma.

  • Como os rins são responsáveis ​​por filtrar o que prejudica seu organismo, há uma sobrecarga de trabalho para eles. Isto poderia se traduzir mais tarde em uma insuficiência renal, se isso se torna repetitivo.

Este processo gera uma sede insaciável, bem como vontade de urinar muito frequente, que são os sinais mais representativos de hiperglicemia.

Leia: Por que sempre tenho vontade de urinar?

  • Seus tecidos em geral estariam em perigo, porque este quadro acelera o processo de oxidação das células.
  • Um efeito que pouco se denomina tem a ver com o impacto emocional, justamente por causa de toda essa alteração no funcionamento do cérebro. Você pode se tornar altamente irritado e chateado quando a glicose aumenta no sangue.

Lembre-se que seu corpo sempre procura o equilíbrio. Um desequilíbrio implica em um ataque ao seu bem-estar. Comer em proporções adequadas e fazer exercício é a chave para que você desfrute de uma vida longa e saudável.