Dieta cetogênica: como fazê-la, benefícios e desvantagens

Ainda que a dieta cetogênica seja muito efetiva para perder peso, é muito importante consultar com um especialista sobre a idoneidade desta em nosso caso em particular. 

A dieta cetogênica se tornou popular em todo mundo por seus incríveis benefícios para perder peso de maneira rápida. Ainda que exista há mais de 30 anos, hoje em dia se tornou tendência devido aos testemunhos que comprovam sua efetividade.

Trata-se de um tipo de alimentação que reduz ou elimina por completo as fontes de carboidratos para obrigar o organismo a entrar em cetose, um estado metabólico que utiliza a gordura como principal fonte de energia.

Assim, ao aumentar a concentração de corpos cetônicos, o peso diminui de maneira notável em menos tempo do que em uma dieta tradicional.

Mesmo que inicialmente era indicada para o tratamento de pacientes com epilepsia, hoje é uma das dietas favoritas daqueles que buscam melhorar o corpo.

No entanto, devido as restrições que implica, não é ideal para todas as pessoas e deve ser realizada com muita cautela, somente por alguns dias.

Em que consiste? Como fazê-la de maneira segura? Por que tem desvantagens? A seguir compilamos os detalhes mais relevantes para resolver estas perguntas.

O que é a dieta cetogênica e quais são seus benefícios?

A dieta cetogênica é um plano de alimentação que aposta em aumentar o consumo de proteínas e gorduras saudáveis reduzindo ao máximo a ingestão de fontes de carboidratos, de tal modo que o organismo entre em cetose.

A cetose é um estado metabólico no qual se aumenta a concentração de corpos cetônicos que geram uma perda de peso de forma rápida. Ao privar o corpo de carboidratos, o organismo se vê obrigado a obter energia a partir da gordura.

Assim que se acabam as reservas de glicogênio (obtido dos carboidratos), se eleva o consumo de ácidos graxos e durante esse processo aumenta-se a presença dos corpos cetônicos que dão o nome a dieta.

Benefícios da dieta cetogênica

A dieta cetogênica ajuda a perder peso

O principal benefício da dieta cetogênica é a perda de peso. Diferentemente dos outros planos de alimentação desenhados, este produz um efeito de emagrecimento mais rápido e notável.

  • Se restringe o consumo de gordura animal e se aumenta a ingestão de fontes de gorduras saudáveis; assim, outra de suas grandes vantagens é a redução dos níveis altos de colesterol e triglicerídeos.
  • A liberação de corpos cetônicos no organismo produz uma redução do apetite que não costuma aparecer com as dietas hipocalóricas. Por isso não costuma causar essa sensação de ansiedade que nos leva a comer em excesso.
  • Por último, e não menos importante, cabe destacar que a perda de peso que se produz é, em sua maioria, de gordura. Graças ao seu conteúdo de proteína, a massa muscular se mantém intacta.

Como fazer a dieta cetogênica?

Alimentos permitidos na dieta cetônica

A dieta cetogênica se caracteriza por eliminar ou reduzir os alimentos ricos em glicídios e carboidratos, aumentando os alimentos ricos em proteínas e ácidos graxos.

Entre os alimentos permitidos encontramos:

  • Carne de porco
  • Frango, peru ou cordeiro
  • Peixes e mariscos
  • Óleos vegetais
  • Ovos
  • Frutos secos e sementes (porções mínimas)
  • Frutas e vegetais (somente em alguns casos, em porções mínimas)
  • Abacates

Os alimentos proibidos incluem:

  • Bebidas alcóolicas
  • Farinhas e açúcares refinados
  • Molhos e temperos
  • Lácteos integrais
  • Cereais e legumes
  • Frutas doces

Desvantagens de fazer a dieta cetogênica

A dor abdominal pode ser um dos sintomas da dieta cetogênica

Como ocorre com muitos outros planos restritivos, a dieta cetogênica causa controvérsias. Enquanto que alguns a consideram apropriada e efetiva, outros advertem sobre os efeitos secundários que pode trazer para a saúde.

  • A proporção de carboidratos desta dieta está muito abaixo dos níveis recomendados em uma dieta saudávelchegando a ser somente 10% das calorias totais recomendadas.
  • Isso, além da redução da fonte de vitaminas e minerais, pode produzir deficiências nutricionais e descompensações.
  • Também implica em uma redução do consumo de fibras, o que pode causar problemas digestivos e prisão de ventre.
  • O aumento de corpos cetônicos pode produzir mau hálito, por isso que é necessário reforçar a higiene oral.
  • Pode sobrecarregar as funções do fígado, não é apta para pessoas com doenças de fígado gorduroso ou problemas do coração.
  • Em casos específicos pode afetar a concentração e memória.
  • Se os corpos cetônicos aumentam de maneira massiva no sangue, pode causar cetoacidose, uma complicação que pode levar a danos em órgãos vitais.

Conclusões

Para fazer a dieta cetogênica é importante avaliar primeiramente o estado de saúde. Ter uma condição especial pode elevar os riscos desta dieta.

Ainda que os resultados sejam notáveis e satisfatórios, não é bom prolongar esta forma de alimentação por mais de 30 dias, pois pode causar um déficit nutricional.

Se o objetivo é emagrecer e conservar um peso saudável, a melhor alternativa é uma dieta balanceada que cumpra com todos os requerimentos nutricionais do corpo. Não hesite em consultar um especialista.

Recomendados para você