Como manter a felicidade no casamento?

26 de janeiro de 2019
Estar casado não implica em amarras, mas sim liberdades compartilhadas e saber que entre os altos e baixos sempre haverá um apoio adicional. Promover a tolerância e o amor. Cada um destes aspectos é fundamental para manter um casamento feliz.

A maioria dos casais que se apaixonam acabam se casando e esperam compartilhar o resto de suas vidas de uma maneira perfeita. Porém, manter a felicidade no casamento pode ser difícil, por isso daremos algumas dicas que podem ajudar a evitar uma catástrofe no relacionamento.

Seria maravilhoso chegarem juntos à velhice. Imagine que você e seu parceiro poderiam se amar e cuidar, dando um exemplo de confiança, respeito, lealdade e tolerância? Claro, com amor conseguirão superar qualquer obstáculo que possa se apresentar em um casamento.

Assim, é importante cultivar as habilidades necessárias para conseguir casamentos cada vez mais satisfatórios. O fundamental na vida é passar por ela com felicidade na maioria de seus aspectos e o casamento é um deles.

Chaves para manter a felicidade no casamento

Início da felicidade no casamento

Lamentavelmente, o casamento não é um contrato que assegura que duas pessoas ficarão juntas e engajadas para o resto de suas vidas. Assim, como manter a felicidade no casamento? Existem algumas chaves gerais que podem te ajudar, e te apresentaremos aqui, confira:

Comunicação

Ambos devem saber o que gostam e não. Tirem um momento para discutir qualquer situação de interesse comum e se assegurem de ouvir o que o outro tem a dizer.

Confiança

Sem dúvida, a credibilidade no relacionamento é determinante para conservar um vínculo saudável. Deve-se agir sempre com a verdade e evitar o engano. Por outro lado, a desconfiança é um símbolo de insegurança que causa desgaste nos casamentos.

Descubra também: Hábitos para ter um relacionamento feliz

Respeito

Em momentos de tensão e raiva evite palavras que ferem. Em ocasiões, ainda quando os problemas são esclarecidos, restam ressentimentos que podem ir se acumulando.

Assim, lembre-se que ambos são adultos e que se esperam respeito, devem dá-lo.

Independência

Passar um tempo em casal é importante para os fundamentos do relacionamento.

Porém, nem por isso pode-se permitir que as individualidades desapareçam. Cada um deve ter seu espaço pessoal. É necessário deixar que o outro viva seus sonhos, apoia-lo e viver os próprios sonhos.

Intimidade

O sexo é muito significativo em todo relacionamento. Evita a monotonia e promove a prática de novas experiências que aumentam o prazer. Assim, falem sobre o que gostam e não gostam e nunca deixem que o fogo erótico se apague.

Importância do casamento

Compartilhar traz felicidade no casamento

Sem dúvida alguma, o casamento representa uma das expressões mais profundas do amor. Se define como uma instituição que permite a criação de um vínculo entre dois membros e é considerado a base da sociedade. Trata-se de uma das empresas mais importantes da vida de uma pessoa. Um lugar que pode chegar a ser o ambiente de companhia, confiança, unidade e solidariedade de um casal; além disso, marca o início de uma vida familiar própria.

As comunidades com mais uniões matrimoniais costumam contar com um maior bem-estar para as crianças, mulheres e homens, em comparação com aquelas com altos níveis de divórcios. Não se trata de uma mera preferência privada, mas sim de um bem-estar social e público, tanto para o casal quanto para o seu entorno.

Você sabia? Como manter o equilíbrio entre o seu relacionamento amoroso e sua vida?

Benefícios da felicidade no casamento

Certamente, um casamento feliz oferece enormes benefícios para o casal que o vive, tanto no âmbito físico como psicológico. Ao mesmo tempo lhes dá uma vida mais segunda e de maior satisfação sexual e íntima. Assim, dentre as vantagens de contar com uma união satisfatória se encontram:

  • As pessoas que vivem felicidade no casamento têm menos riscos de desenvolver doenças cardiovasculares. Caso as tenham, contam com um apoio do parceiro, o que ajuda a se recuperar mais rápido.
  • O contato físico e a proximidade do parceiro induzem a libração de oxitocina, um hormônio capaz de compensar as respostas de estresse do organismo.
  • Chegar à metade da vida com um relacionamento harmônico prediz uma existência mais duradoura. Isso em comparação com aqueles que têm um casamento cheio de conflitos ou não estão casados.
  • É o estado ideal para ter uma criança. Os filhos de casamentos saudáveis chegam a ser homens e mulheres com mais possibilidades de ter sucesso na vida.

Lembre-se que a felicidade não é uma meta, mas sim um caminho.

Em conclusão, a união para toda a vida é possível, mas para isso é imprescindível aprender como manter a felicidade no casamento.