Como podemos evitar as infecções virais?

04 Abril, 2020
Como você provavelmente já sabe, o principal meio de contágio das infecções virais são as mãos. Existem medidas básicas que podemos tomar para impedir a propagação dos vírus.
 

Muitas vezes adoecemos porque outras pessoas nos infectaram, assim como podemos infectar outras pessoas. Portanto, é importante sabermos claramente como podemos evitar as infecções virais.

As doenças infecciosas são as patologias transmissíveis mais comuns. Entre elas, as infecções respiratórias são as mais frequentes, assim como as gastroenterites.

Segundo as estatísticas, a grande maioria desses casos é causada por vírus, como a influenza, vírus sincicial respiratório, rotavírus e adenovírus. Portanto, o uso de antibióticos não costuma ser eficaz, uma vez que esses medicamentos visam o tratamento de doenças bacterianas.

Quais são as principais vias de infecção?

Como você provavelmente já sabe, o principal meio de contágio de doenças virais são as mãos. Essas extremidades estão em contato constante com objetos que outras pessoas tocaram e nós as usamos para tocar involuntariamente o nariz e a boca.

Dessa forma, é muito fácil ser infectado por micro-organismos de outras pessoas. Embora esta seja a principal via de infecção, também existem outras muito comuns, como:

  • Vias respiratórias: quando uma pessoa que está doente tosse ou espirra, expulsa uma quantidade de partículas virais que são introduzidas no corpo das pessoas que a inalarem.
  • Ambientes com pouca ventilação: o acúmulo de partículas virais no ambiente costuma ser causado pela falta de ventilação no local.
Quais são as principais vias de infecção?
Os vírus são entidades microscópicas que podemos espalhar de diferentes maneiras.
 

Hábitos para evitar as infecções virais

Como podemos ver, é muito fácil espalhar e contrair uma doença viral. Portanto, queremos mostrar uma série de dicas que são muito úteis para prevenir esse tipo de doença.

  1. Use lenços descartáveis: os lenços descartáveis são os mais higiênicos; os tecidos de algodão não devem ser usados. Ao espirrar ou tossir, devemos cobrir o nariz e a boca com o lenço. Caso você não tenha um em mãos, deve usar a parte interna do braço. Nunca devemos cobrir a boca com as mãos, pois, se não forem lavadas corretamente, você estará favorecendo o contágio de outras pessoas.
  2. A utilização de máscaras: para nos protegermos das partículas virais que outras pessoas doentes expeliram, o uso de máscaras é a melhor forma de prevenção. Não precisa necessariamente ser uma máscara médica. Podemos usar um cachecol ou pedaço de pano, principalmente em lugares onde há muita gente.
  3. Lave periodicamente as mãos: essa é outra das medidas para evitar as infecções virais. Devemos lavar as mãos com água e sabão toda vez que tossirmos ou espirrarmos.
  4. Cozinhar de forma higiênica: é essencial evitar ficar doente e não ingerir alimentos vencidos.
  5. Ventilar os ambientes: como mencionado, os ambientes mal ventilados contêm inúmeras partículas virais. Portanto, a ventilação adequada pela manhã – por pelo menos 15 minutos – é muito importante, pois permite que o ar seja limpo e circule.
  6. Não devemos beber água que não seja potável, nem compartilhar talheres ou copos com outras pessoas.
 

Leia também: Diferenças entre vírus e bactérias

As vacinas previnem o contágio?

Atualmente, entre os vírus respiratórios, apenas a vacina para o vírus da influenza foi sintetizada. Até agora, é o único vírus respiratório cuja propagação podemos impedir. No entanto, devemos modificar a sua eficácia a cada ano, porque esses vírus têm uma alta capacidade de mutação.

Além da vacina contra o vírus mencionado, outras, como para o vírus sincicial respiratório, estão sendo estudadas e investigadas. Esse vírus afeta principalmente as crianças e a sua comercialização é esperada para os próximos anos.

Vacinas contra doenças virais
A vacina contra a influenza é a única que existe hoje para prevenir a infecção gripal.

Você também pode se interessar: As férias afastam as doenças virais

Conclusão a respeito de como evitar as infecções virais

Apesar de serem muito comuns e fáceis de contrair devido à sua fácil transmissão, há uma série de medidas que podemos tomar para evitar as infecções virais. Devemos estar cientes da responsabilidade que temos para impedir a propagação de certas patologias.

Uma boa higiene das mãos é essencial, além de cobrir a boca e o nariz com um lenço ao tossir. Além de todos os conselhos oferecidos, sabemos que os especialistas também seguem pesquisando novas vacinas que vão nos proteger contra essas doenças.

 
  • Jiménez Morales, M. (2008). Publicidad viral: La comunicación por contagio. Hipertext.Net. https://doi.org/10.31009/131949
  • Hernández-Carreño, L., Padilla-Loredo, S., & Quintero-Soto, M. L. (2012). Factores de riesgo en adolescentes para contraer el virus del papiloma humano. Revista Digital Universitaria.
  • Quian, J., Gutiérrez, S., Dibarboure, H., Muslera, A., Iroa, A., & Arocena, E. (2010). Vacunación antigripal en personal de salud del Hospital Pediátrico del Centro Hospitalario Pereira Rossell. Evolución de la cobertura del año 2006 al 2008. Revista Médica Del Uruguay.