Como controlar a osteoporose durante a menopausa

· 3 de julho de 2017
O exercício físico moderado e regular é fundamental para prevenir problemas de osteoporose. Ainda, manter uma dieta adequada rica em cálcio e vitamina D também é a chave para combatê-la.

A osteoporose é uma doença causada pela diminuição do tecido ósseo. Relaciona-se principalmente com pessoas de idade avançada e as mulheres que passaram pela menopausa.

Inegavelmente, controlar a osteoporose durante a menopausa é fundamental para gozar de uma saúde melhor e um bem estar integral.

Esta doença enfraquece os ossos, tornando-os mais frágeis e propensos a quebrarem. Os ossos do punho, bem como os do quadril ou a coluna vertebral são os que correm mais risco de quebrar.

Durante a menopausa a produção de estrogênio diminui, acelerando assim a osteoporose. Isso aumenta a importância, mas também a complexidade para controlar essa doença.

Fatores de risco para desenvolver osteoporose

Mulher como osteoporose controlada

  • Idade avançada: Logo após completarmos 30 anos nosso corpo deixa de absorver o cálcio. Conforme envelhecemos mais, a quantidade de cálcio pode ser reduzida se a alimentação for deficiente.
  • Menopausa precoce: Algumas mulheres enfrentam a menopausa precoce por causa de cirurgias e tratamentos médicos.

Ainda que, em geral, estes tratamentos visem evitar anemias e problemas similares, podem desencadear uma osteoporose.

  • Genética: É importante controlar a osteoporose durante a menopausa, principalmente se houverem antecedentes de fraturas e desgaste dos ossos em sua família durante esta etapa.

Lembre-se que uma das melhores formas de pré-dizer o futuro é ver sua família.

  • Alimentação: Sua alimentação não é variada e nem rica em cálcio? Então é boa ideia incluir mais produtos lácteos para controlar a osteoporose durante a menopausa.

Não importa quantos anos tenha: os problemas nos ossos sempre podem aparecer.

Quer saber mais? Leia: Por que sofremos de osteoporose se bebemos leite todos os dias?

Como controlar a osteoporose

Uma vez que se sabe da existência da doença no corpo, o mais indicado é fazer o possível para controlar a osteoporose.

O melhor seria começar o cuidado quando ainda não se sofre ou não suspeita-se que há risco de desenvolvê-la.

Em qualquer um dos casos, as recomendações são as mesmas:

1. Fazer exercícios

O ideal é que o exercício seja um hábito em sua vida antes que te diagnostiquem com osteoporose ou antes que você chegue à menopausa.

Contar com um plano de exercícios será favorável para a sua saúde. Basta fazer atividades simples, como por exemplo caminhar durante 30 minutos por dia.

Caso seus ossos estejam apresentando fraturas, procure evitar exercícios muito complicados ou com pesos muito grandes.

O exercício desempenha vários objetivos:

  • Fortalece seus ossos e seus músculos.
  • Ajuda a controlar a perda de massa óssea.
  • Além disso, reduz alguns dos incômodos associados com a menopausa.

2. Alimentação balanceada

Frutas para prevenir a osteoporose

Durante a infância e até os 30 anos nossos ossos se desenvolvem e adquirem cálcio de forma natural. Por isso, ter uma alimentação boa e saudável, que nos ajude a protegê-los será indispensável para prevenir e controlar a osteoporose.

Para ter ossos fortes, portanto, é preciso uma dieta rica em cálcio e seu consumo diário recomendado é de 1000 mg.

Alguns alimentos que possuem cálcio são:

Da mesma forma, a vitamina K, por sua vez, previne as fraturas durante a menopausa.

Alguns alimentos que a contém são:

3. Consumir vitamina D

Quando falamos da osteoporose e como evitá-la, sempre pensamos no cálcio. Porém,  a vitamina D é igualmente importante.

A vitamina D permite a absorção de cálcio no corpo e é simples obtê-la, pois basta se expor à luz do sol por uns 10 minutos diariamente.

Você também pode obtê-la de alimentos de origem animal, como por exemplo:

  • Atum
  • Salmão
  • Carne de porco
  • Fígado
  • Queijo
  • Ovo

4. Estilo de vida saudável

Hábitos como o consumo de álcool ou cigarro devem ser eliminados o quanto antes.

Caso você não possa viver sem uma cerveja durante o fim de semana ou o vício ao cigarro seja tão grave, procure abandonar estes hábitos pouco a pouco.

Consumir estes produtos causa uma produção menor de estrogênios no corpo. Assim, ao evitá-los ajuda-se no controle da osteoporose.

O exercício também ajudará seus ossos a se tornarem mais fortes. Entretanto, o recomendável é que adicione os exercícios em sua vida muito antes de chegar o momento de controlar a osteoporose pela menopausa.

Visite também o artigo: Os três melhores exercícios para a sua saúde

5. Evite quedas acidentais

Osteoporose nos ossos da mão

Ainda que pareça difícil, evitar uma queda acidental é indispensável para uma pessoa que sofre de osteoporose.

Uma vez que tem ossos frágeis, eles são propensos a quebrar com facilidade sem importar o tipo de queda ou golpe.

É recomendável adaptar sua casa para evitar as quedas e controlar a osteoporose mantendo as áreas em que vive em ordem, com boa iluminação e cores claras.

Em algumas ocasiões também se pode realizar a instalação de barras no banheiro e em outras áreas.

Ter osteoporose não deve mudar sua qualidade de vida

A osteoporose é uma doença com a qual pode-se levar uma vida normal sempre que seguir o tratamento e evitar esportes bruscos ou quedas.

A constância no tratamento da osteoporose é fundamental e estritamente necessária para manter seu bem estar.

  • Balzan, S. M., Medeiros, L. R., Pionner, S. R., Maffazzioli, L., & Zylberstein, S. (2001). Osteoporose e álcool. J. bras. med80(4), 60-4.
  • Tavares, V., Canhão, H., Gomes, J. A. M., Simões, E., Romeu, J. C., Coelho, P. C., ... & Branco, J. (2007). Recomendações para o diagnóstico e terapêutica da osteoporose. Acta Reumatológica Portuguesa32(1), 49-59.
  • ZAZULA, Fabiana Cristina; DOS SANTOS PEREIRA, Marli Aparecida. Fisiopatologia da osteoporose e o exercício físico como medida preventiva. Arquivos de Ciências da Saúde da UNIPAR, v. 7, n. 3, 2003.