Como aliviar os sintomas da tendinite

Podemos evitar a tendinite se fizermos exercícios relaxantes para os músculos e tendões e melhorarmos a nossa dieta. Para selar os ligamentos afetados, devemos consumir alimentos ricos em magnésio e silício.
Como aliviar os sintomas da tendinite

Última atualização: 17 Agosto, 2020

A tendinite é uma doença que consiste na inflamação dos tendões. Apresenta-se principalmente nos tendões dos calcanhares e do bíceps, aumentando o volume do tendão e inflamando a pele na área afetada. Aqui falaremos sobre como aliviar os sintomas da tendinite.

As torções e traumatismos devido a atividades mal realizadas também podem causar tendinite a médio e longo prazo.

Conhecendo a tendinite

A manifestação primária desta doença dos tendões é a dor na zona de pressão ou de movimento, ainda que também seja notória a dificuldade para realizar qualquer movimento com as articulações.

Recomendamos a leitura: Tendinite devido à lactação

A melhor forma de aliviar os sintomas da tendinite é o repouso ou imobilização da zona que apresenta a maior inflamação, podendo ser feito através de talas.

Também se recomenda trocar de calçados, caso o problema seja no tendão de Aquiles (localizado no calcanhar).

Talones-agrietados

Ao sofrer uma doença como a tendinite, busca-se, principalmente, trabalhar com um tratamento que reduza a dor e a inflamação.

Em casos muito avançados, recomenda-se usar anti-inflamatórios aplicados (uso tópico), como géis ou cremes sobre a superfície direta do tendão inflamado.

Também recomenda-se minimizar o movimento da zona afetada e aplicar calor ou frio de forma direta para reduzir a dor.

Tenha em mente que a tendinite progressiva pode atrofiar o tendão, gerando um dano irreparável, mas para as pessoas que sofrem com esta doença, existem também diversas formas de aliviar a dor e seus sintomas de um modo natural.

Recomendações para os sintomas da tendinite

  • Primeiramente, recomenda-se em um caso de tendinite trocar a rotina de atividade física, abstendo-se de praticar esportes de grande exigência da zona inflamada. Você pode substituir estas atividades por algumas de relaxamento, como o ioga, que pode ajudar a diminuir a dor e evita o sedentarismo enquanto as zonas afetadas repousam.
  • Para reduzir a dor e a inflamação, como mencionamos anteriormente, é fundamental o calor ou frio localizado, que pode ser praticado durante 20 minutos. É importante aplicar o calor ou o frio na zona afetada e depois retirar durante outros 20 minutos. Repita a ação até eliminar a dor; isto pode ser feito utilizando uma bolsa com gelo ou uma compressa.
  • Também se recomenda consumir suplementos de óleo de peixe ou aumentar a presença deste nas refeições diárias para incrementar a ingestão de ômega 3 e de anti-inflamatórios naturais que funcionam de uma forma positiva nos casos de tendinite, permitindo eliminar o inchaço na zona afetada.
  • Ao sofrer desta doença, o mais recomendado é o repouso, considerando um descanso de 8 horas por noite para acelerar a recuperação do tendão.

Receitas naturais para aliviar os sintomas da tendinite

sintomas da tendinite

Para tratar a tendinite, também são recomendadas receitas naturais à base de plantas que possuem propriedades anti-inflamatórias e relaxantes que permitam aliviar a dor. Entre estas plantas se encontram:

  • O salgueiro: possui características similares à aspirina, que oferece propriedades que ajudam a aliviar a tendinite. Recomenda-se preparar um xarope a partir de 2 gramas da casca seca desta planta em um copo de água e beber duas ou três vezes por dia. É recomendado não fazer o consumo durante períodos prolongados, já que pode irritar o sistema digestivo.
  • A equinácea é uma planta com um grande poder anti-inflamatório; seu consumo é recomendado em forma de infusão. Faça um chá com uma colher desta planta seca em uma xícara de água. Tome uma ou duas xícaras por dia.

Por último, é primordial incluir na dieta alimentos ricos em magnésio e silício, o qual permite selar os ligamentos feridos produzidos pela tendinite. Recomenda-se consumir alface, salsa, aspargos, espinafre e nozes.

Esta é uma doença que pode ser evitada ao reduzir as atividades que exigem muito esforço, ao melhorar a dieta e praticar exercícios relaxantes para permitir o descanso dos músculos e tendões.

A tendinite pode ser um pesadelo evitado e tratável se você ficar atento à sua saúde.

Pode interessar a você...
Exercícios para a tendinite no ombro
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Exercícios para a tendinite no ombro

Quando ocorre a inflamação de um tendão, falamos de "tendinite". Neste artigo oferecemos alguns exercícios para a tendinite no ombro, uma das mais ...



  • Aarland, R. C., Bañuelos-Hernández, A. E., Fragoso-Serrano, M., Sierra-Palacios, E. D. C., Díaz de León-Sánchez, F., Pérez-Flores, L. J., … & Mendoza-Espinoza, J. A. (2017). Studies on phytochemical, antioxidant, anti-inflammatory, hypoglycaemic and antiproliferative activities of Echinacea purpurea and Echinacea angustifolia extracts. Pharmaceutical biology55(1), 649-656. Available at: https://doi.org/10.1080/13880209.2016.1265989. Accessed 10/03/2020.
  • Bonaterra, G. A., Heinrich, E. U., Kelber, O., Weiser, D., Metz, J., & Kinscherf, R. (2010). Anti-inflammatory effects of the willow bark extract STW 33-I (Proaktiv®) in LPS-activated human monocytes and differentiated macrophages. Phytomedicine17(14), 1106-1113. Available at: https://doi.org/10.1016/j.phymed.2010.03.022. Accessed 10/03/2020.
  • Mayo Clinic (2019). Tendinitis de Aquiles: diagnóstico y tratamiento. Available at: https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/achilles-tendinitis/diagnosis-treatment/drc-20369025. Accessed 10/03/2020.
  • Wall, R., Ross, R. P., Fitzgerald, G. F., & Stanton, C. (2010). Fatty acids from fish: the anti-inflammatory potential of long-chain omega-3 fatty acids. Nutrition reviews68(5), 280-289. Available at: https://doi.org/10.1111/j.1753-4887.2010.00287.x. Accessed 10/03/2020.