Por que comemos sem ter fome?

27 Setembro, 2020
Em muitas ocasiões, comemos sem fome, mas por que isso acontece? Existem diferentes razões que explicaremos neste artigo.

Você já sentiu a necessidade de comer sem ter fome? Certamente você já passou por essa situação muitas vezes. Por que isso acontece? Neste artigo, explicaremos quais são os fatores que nos fazem comer sem realmente precisar.

Se nos perguntarmos “Por que sentimos fome?”, as respostas são:

  • Suprir as necessidades nutricionais para viver.
  • Manter estruturas e funções celulares.
  • Dar energia ao nosso corpo.

Hoje em dia, é mais comum comermos por prazer do que pela necessidade de nutrição. Nossa cultura, a sociedade estressante em que vivemos, o marketing de produtos e a facilidade de acesso a uma ampla variedade de alimentos são fatores que podem contribuir para aumentar esse problema. Vamos descobrir por que comemos sem ter fome.

O que é a fome e como ela é regulada?

A fome é a sensação que indica a necessidade natural de fornecer alimentos ao corpo, desencadeada por substâncias que operam no nível do cérebro, no hipotálamo.

A fome, a saciedade e o equilíbrio energético são regulados por um sistema neuroendócrino integrado no nível do hipotálamo. O sistema consiste em uma rede complexa de circuitos neuro-hormonais. Essa rede inclui sinais moleculares de origem periférica e central, de curta e longa duração, além de outros fatores de tipo sensorial, mecânico e cognitivo.

Os sinais de curto prazo são regulados pela grelina, que aumenta com o jejum, e pela leptina, que dá um sinal de saciedade, refletindo a quantidade existente de energia em forma de gordura no organismo.

No entanto, como comentamos anteriormente, existem outros fatores externos que nos incitam a comer sem ter fome. A seguir, explicaremos quais são.

A ansiedade faz comer sem ter fome

Você pode se interessar: 4 dicas para evitar estar com fome a toda hora

O que nos faz comer sem ter fome?

Realçar o sabor para estimular o apetite

A indústria criou alimentos com sabores muito poderosos para despertar nosso apetite e para que queiramos continuar comendo mais. Podemos citar, por exemplo, a mistura de açúcar e gordura presente em doces ou alimentos muito salgados com sabores artificiais, como batatas fritas.

Foi até inventado um quinto sabor, o sabor umami, que é encontrado nos alimentos ricos em glutamato monossódico. Ele é comum principalmente em alimentos ultraprocessados.

O marketing de alimentos

Encontramos publicidade de comida em todos os lugares, e não exatamente de comida saudável. Ver um anúncio de um alimento que chama a sua atenção enquanto você assiste TV pode provocar certas emoções, e o marketing se aproveita isso para gerar necessidades e vender mais.

Os comerciais nos fazem cantarolar o seu jingle ou lembrar seu slogan. Quando vemos ou ouvimos o anúncio de um alimento, ficamos tentados a consumi-lo a qualquer hora.

Fatores sociais e culturais que nos levam a comer sem ter fome

Outro fator que nos induz a comer sem ter fome é o fato da nossa cultura celebrar tudo comendo e bebendo. Uma festa, Natal, casamento, etc., são momentos que podem nos fazer comer demais sem perceber.

As emoções

“Tive um dia ruim no trabalho, estou muito estressado, chego em casa sobrecarregado, preciso relaxar e me sentir melhor …” Você provavelmente já passou por isso e “aliviou a carga” do dia com a comida. Muitas vezes comemos por estresse, tédio, felicidade, tristeza etc. Isso é chamado de fome emocional.

Normalmente, nessas horas, você pode perder o controle de uma maneira diferente. Tanto pela quantidade quanto por escolher inconscientemente alimentos não saudáveis ​​que contenham gordura, açúcar ou sal.

Alimentação saudável

Muita variedade de alimentos

Atualmente, temos inúmeros alimentos à disposição: locais, importados de outros países, adaptados a diferentes estilos de vida e muitos alimentos não saudáveis. Os seres humanos são tentados a experimentar coisas novas, e isso pode dificultar o autocontrole.

Não deixe de ler:  Calorias vazias: o que são e alimentos que as contêm

Não dormir o suficiente

A falta de sono provoca alterações nos hormônios responsáveis ​​pela regulação do apetite e nos deixa com mais fome. Também nos leva a optar por alimentos mais calóricos e com mais gordura, como mostra um estudo da Scientific Reports.

Como podemos controlar a vontade de comer sem ter fome?

O primeiro passo é não comprar alimentos não saudáveis, como doces, salgadinhos, pizzas, bebidas açucaradas, etc. Em vez disso, devemos comprar alimentos saudáveis, como frutas, legumes, oleaginosas, laticínios, chocolate amargo … Então, se você tiver vontade de comer um lanchinho, só poderá comer alguns desses alimentos que você tem na geladeira ou na despensa.

Em segundo lugar, ouça o seu corpo e faça a si mesmo a pergunta: “Estou mesmo com muita fome?” Se você comeu recentemente, certamente não está com fome. Se você prefere comer uma bolacha de chocolate em vez de uma fruta, isso pode ser causado por ansiedade ou tédio.

Outra opção, se a vontade de comer persistir, é começar a fazer outra atividade para esquecer a “fome”. Por exemplo, dê um passeio, ligue para um amigo ou leia um livro. Além disso, não se esqueça de dormir bem e fazer exercícios físicos.

  • Warrilow A., Mellor D., McKune A., Pumpa K., Dietary fat, fibre, satiation, and satiety – a systematic review of acute studies. Eur J Clin Nutr, 2019. 73 (3): 333-344.
  • Ans AH., Anjum I., Satija V., Inayat A., et al., Neurohormonal regulation of appetite and its relationship with stress: a mini literature review. Cureus, 2018.
  • Fang, Z., Spaeth, A. M., Ma, N., Zhu, S., Hu, S., Goel, N., … & Rao, H. (2015). Altered salience network connectivity predicts macronutrient intake after sleep deprivation. Scientific reports5, 8215.