9 dicas para evitar comer em excesso em festas

30 de novembro de 2019
Em qualquer tipo de festa é muito comum comer em excesso. No entanto, se você deseja proteger sua saúde é melhor reduzir o consumo de comida e optar por pratos saudáveis 

Se você é uma das pessoas que sempre vai a festas e não sabe como continuar com a dieta, veio ao lugar ideal. Comer em excesso em eventos festivos sobrecarrega nosso corpo com quilos e calorias que mais tarde podem desencadear uma longa lista de desconfortos.

Em uma festa você pode ingerir facilmente entre 4000 e 5000 calorias resultantes de aperitivos, pratos principais, sobremesas e outros. Portanto, a primeira coisa que recomendamos é comer com a cabeça: pense antes de anuviar a mente e deixar-se levar por tantos pratos apetitosos.

Receitas muito elaboradas com carnes, peixes, frangos, doces e bebidas alcoólicas podem causar estragos. A falta de controle traz dias de peso e desconforto.

Controle o açúcar 

Evite abusar nas frituras

O açúcar sempre estará presente em uma reunião de amigos, de negócios ou familiar. Podemos encontrá-lo em doces, refrigerantes ou lanches. É um dos alimentos mais nocivos para o organismo, sendo a principal causa de muitas doenças.

Ataca o coração, faz você ganhar peso e dá seu golpe final com a diabetes. Em uma festa fuja dele, ou pelo menos evite consumi-lo em grandes quantidades. Direcione seu olhar para pratos mais saudáveis. Seu corpo vai agradecer.

Consequências de comer em excesso 

No dia seguinte à festa você não terá apenas ressaca pela quantidade de álcool que bebeu. Mas também pelos os empachamentos e desconfortos digestivos que os alimentos copiosos deixarão. É um desconforto que pode afetar seu desempenho por um tempo considerável.

Não importa se você comemorou de dia ou de noite, as seguintes horas serão protagonizadas por:

Com esses desconfortos você não precisará ir ao hospital. No entanto, refeições fartas podem causar, no pior dos casos, uma pancreatite, para a qual você precisará de ajuda médica. Isso ocorreria pela ingestão de alimentos com muita gordura.

O mal-estar acima é uma consequência das cólicas estomacais produzidas pela quantidade de alimentos hipercalóricos que você consumiu. Nessa situação, recomendamos que você alterne a dieta com refeições leves e alimentos purificadores. Você pode acompanhar isso com água e chás.

Escolha também frutas como uva e abacaxi, pois ambas são ideais para ajudar no processo digestivo. Garantimos que a situação será resolvida em menos tempo se durante os próximos dois dias você seguir uma dieta leve. Ou seja, à base de cremes de vegetais, sopas e outros líquidos.

Leia este artigo: Os piores alimentos que você pode comer e suas alternativas mais saudáveis

9 dicas para evitar comer em excesso em festas

Saiba combinar os alimentos

Neste ponto já sabemos que não é conveniente comer em excesso. No entanto, entendemos que em uma festa a ideia é aproveitar, e a comida faz parte dela. Portanto, mostraremos como evitar comer em grandes quantidades e reduzir os desconfortos subsequentes:

1. Antes da festa, coma seus três pratos principais do dia 

Dessa forma não sentirá fome no evento e evitará comer mais do que a conta. Além disso, se for um jantar, lembre-se de que mais tarde você chegará em sua casa para dormir e isso aumentará a sensação de dor e peso.

2. Hidrate-se bem no dia do evento 

Dois litros de água é uma quantidade aceitável. Com isso você evitará a retenção de líquidos gerados pelos comilança e a desidratação produzida pelo álcool. Você também pode tomar infusões depurativas.

3. Coma em pequenas quantidades 

Dessa forma você provará de tudo. A ideia é aproveitar todos os pratos, meça as porções e tente reduzi-las para que possa chegar à sobremesa sem complicações.

4. Aproveite os pratos saudáveis 

Você pode ter sorte de encontrar uma mesa dedicada a pratos saudáveis. Nesse caso, escolha saladas ou carnes grelhadas ou assadas, porque elas têm menos gordura. Acompanhe com saladas. Essa combinação fará você não ter a sensação de peso.

5. Não se esqueça da água 

Beber bastante água ajuda a evitar comer em excesso

Durante a festa beba muita água. Diminua a quantidade de bebidas alcoólicas. Sabemos que em festas há sempre comidas abundantes e bebidas alcoólicas; se desejar fazer um brinde, acompanhe o momento com uma taça de vinho, mas não abuse.

6. Procure as sobremesas com frutas e evite as com alto teor calórico 

Há sobremesas que embora sejam pequenas são muito calóricas. Evite-as. Como por exemplo: doces, bolos, mousses… Escolher uma é o suficiente.

Em vez disso, se você tiver a possibilidade de optar por espetos de frutas, prefira-os e deixe de lado os bolos. Além disso, não perca aquelas preparações que são acompanhados por abacaxi: este ajudará você a digerir melhor as refeições, além de ser depurativa.

7. Mastigue bem as refeições 

Cerca de 40 vezes por porção é o ideal. A mastigação permite que o processo digestivo seja realizado sem dificuldades. Se as 40 vezes parecerem um exagero, tente mastigar pelo menos de 15 a 20 vezes.

Descubra: 7 alimentos que você nunca deve guardar em recipientes de plástico

8. Divida o que sobrar 

Almoço em família

Se a festa foi em sua casa, distribua o que sobrou entre seus convidados. Dessa forma você evitará comer em grandes quantidades nos dias seguintes.

9. Ter consciência é fundamental para evitar comer em excesso

Como você viu, é possível evitar comer em excesso em grandes eventos. Seguindo os conselhos acima fica mais fácil, desde que saiba que, para se divertir não precisa comer em grandes quantidades ou prejudicar seu corpo.

Da mesma forma, isso requer muita concentração e disciplina. Sem dúvida alguma, só assim você alcançará seus objetivos, que a longo prazo são mais importantes do que alguns momentos de excesso. Certamente, vale a pena tentar!

  • eresdeportista.com 5 trucos para ahorrarte calorías a la hora de comer [Online] Available at: eresdeportista.com/dieta-nutricion/perder-peso/5-trucos-para-ahorrarte-calorias-a-la-hora-de-comer/
  • Kearns CE, Schmidt LA, Glantz SA. Sugar Industry and Coronary Heart Disease Research. A Historical Analysis of Internal Industry Documents. JAMA Intern Med. 2016 Nov 1; 176(11): 1680–1685.