Salada depurativa com molho de tahine

A salada depurativa com molho de tahine é uma opção ideal para desintoxicar o organismo. Com seus ingredientes, é possível expulsar as substâncias nocivas para a saúde.
Salada depurativa com molho de tahine

Última atualização: 03 Fevereiro, 2019

As saladas depurativas são uma tendência atual marcada pela alimentação saudável. Elas são consumidas de vez em quando e contribuem bastante para a saúde dentro de alguma dieta ou depois dos famosos excessos. Confira essa receita da salada depurativa com o toque delicioso do molho de tahine.

Sobre as dietas depurativas

A palavra “depurar” significa limpar ou purificar. Nesse sentido, uma dieta depurativa é aquela cujo alimento permitiria expulsar as toxinas ou os elementos nocivos do corpo.

Essa elaboração se baseia no fato de que tanto o ambiente quanto os alimentos comumente consumidos têm componentes que intoxicam e deterioram a saúde. A exposição constante a esses elementos pode representar um grande fator de risco para doenças ou transtornos graves.

As dietas depurativas devem ser um complemento dos programas de exercícios físicos. Elas envolvem evitar o consumo de produtos processados, com aditivos químicos, sódio, gorduras e de origem animal.

O regime deve incluir alimentos naturais, ricos em líquidos e nutrientes, além de uma alta ingestão de água. Por isso, são dietas diuréticas: elas fazem com que o corpo expulse, através do próprio metabolismo, o que não é necessário ou que pode ser prejudicial.

Dessa forma, os alimentos depurativos são capazes de regular o trânsito intestinal, alcalinizar o organismo, melhorar a função hepática e estimular a micção.

O intestino, o fígado e os rins são os principais beneficiados dessa purificação estimulada por esse tipo de alimentação.

Alguns dos vegetais e legumes mais depurativos, são:

  • Em primeiro lugar, os ricos em enxofre, como a cebola e o alho;
  • Ademais, aqueles com folhas verdes devido ao seu conteúdo de clorofila;
  • Também, os amargos, como a alcachofra, a escarola e o aipo;
  • Além disso, as raízes: nabo, gengibre, beterraba, rabanete e cenoura, entre outras;
  • Finalmente, as cultivadas em hortas: brócolis, alcachofras e aspargos.

Não se esqueça de incluir frutas nas suas saladas, por seu sabor e nutrientes. As preferidas são o abacaxi, o kiwi, a melancia e o melão.

O que é o tahine?

Em primeiro lugar, o tahine é uma receita originária do oriente médio que consiste de uma pasta elaborada a partir de sementes de gergelim moídas. É comum acrescentar alho, limão, salsinha e sal.

Antes de mais nada, a pasta de tahine é um dos ingredientes fundamentais do húmus (pasta de grão-de-bico) e do babaganush (feito à base de berinjela).

Assim, a duas receitas são de origem árabe, mediterrânea e judia. Essa pasta ou molho serve para acompanhar o pão sírio, bruschettas, a shawarma, falafel, etc.

Propriedades e benefícios do gergelim

Sementes para a salada depurativa com molho de tahine

Sem dúvida, as sementes de gergelim contêm muitos nutrientes benéficos, incluindo:

  • Vitaminas do complexo B, que contribuem para a saúde sanguínea e regulam o metabolismo.
  • Vitamina E, que ajuda a fortalecer o sistema nervoso e o coração.
  • Minerais, como o cálcio, o ferro, o manganês, o fósforo, o magnésio, o potássio, o zinco, o cobre e o selênio. Eles contribuem para a saúde dos ossos e do sistema imunológico. O cobre é um grande anti-inflamatório que reduz a pressão sanguínea.
  • Gordura insaturada, que mantém o nível de colesterol ruim (LDL) alto.

Salada depurativa com molho de tahine

Essa salada com molho de tahine contém muitas verduras em uma combinação deliciosa e nutritiva. A receita rende três porções generosas.

Ingredientes

  • 1 brócolis pequeno
  • Um abacate pequeno
  • 1 ramo de repolho roxo (120 g)
  • Uma porção de espinafre (130 g)
  • 1 cenoura
  • Um pepino
  • Um punhado de avelãs trituradas (60 g)
  • 10 folhas de manjericão
  • 10 folhas de hortelã
Maçã para salada depurativa com molho de tahine

Para o molho

  • 1 colher de sopa de tahine (15 g)
  • 3 colheres de sopa de vinagre de maçã (45 ml)
  • 2 colheres de sopa de azeite extravirgem (30 g)
  • 1 colher de sopa de suco de limão (15 ml)
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  1. Em primeiro lugar, lave e seque bem todas as verduras.
  2. Por outro lado, corte o brócolis em pedaços pequenos. A parte macia do caule pode ser cortada em quadrados.
  3. Logo depois, ferva o brócolis em água com sal durante alguns minutos. Ele deve ficar “al dente”.
  4. Posteriormente, corte o repolho roxo em tiras.
  5. Ademais, descasque e rale a cenoura.
  6. Além disso, separe as folhas de espinafre.
  7. Por outro lado, pique a hortelã e o manjericão.
  8. Também, pique o pepino (sem descascar) e o abacate em cubos. Coloque um pouco de suco de limão no abacate para evitar que ele oxide.
  9. Logo, bata os ingredientes do molho com a ajuda de um batedor manual, até formar um creme.
  10. Em recipientes um pouco fundos, sirva os vegetais sem misturar e deixe o molho à parte para que as pessoas temperem como quiserem.
  11. Finalmente, consuma imediatamente.
Pode interessar a você...
4 molhos saudáveis para acompanhar suas refeições
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
4 molhos saudáveis para acompanhar suas refeições

Os molhos saudáveis são receitas de maior ou menos densidade (de acordo com cada gosto) formados por conjuntos de ingredientes para dar gosto aos alimentos.