É bom comer abacaxi durante a gravidez?

Comer abacaxi é saudável e totalmente seguro durante a gravidez. Esta fruta fornece água, fibra e vitamina C, além de outros benefícios que detalharemos a seguir.
É bom comer abacaxi durante a gravidez?

Última atualização: 16 Outubro, 2021

Comer abacaxi durante a gravidez, como parte das três a quatro porções diárias de frutas, é saudável e recomendado. Você não corre nenhum risco e, em troca, recebe vitaminas e minerais que favorecem a saúde da gestação.

Em geral, frutas como laranja, manga, morango, banana e abacaxi saciam a vontade de comer doces. A água, as fibras e as propriedades antioxidantes fazem desses alimentos companheiros imperdíveis em sua dieta.

O abacaxi, se for consumido em excesso ou se você for sensível a ele, pode causar sensibilidade na língua e nos lábios. A bromelina e o ácido oxálico estão por trás dessa coceira, que diminui quanto mais madura a fruta estiver.

Por trás dos mitos, existe uma enzima: a bromelina

A bromelina, que está na base dos mitos que cercam o consumo do abacaxi, encontra-se concentrada no tronco. Ou seja, no que é descartado quando a planta é cortada. É verdade que esta enzima também se encontra dentro da fruta ou nas suas fatias, mas está principalmente no cilindro central.

Essa enzima, encontrada exclusivamente no abacaxi, decompõe as proteínas na língua, convertendo-as em aminoácidos e causando coceira. O que acontece é que, à medida que você come, a mucosa que cobre a língua e o palato desaparece. Por isso, você não deve exagerar para não sentir desconforto.

Cozida ou enlatada, a bromelina é ainda mais reduzida. Então, se quiser, você pode comer abacaxi em quantidades maiores. No entanto, nada melhor do que a fruta fresca nas proporções certas.

Abacaxi durante a gravidez
O abacaxi possui uma enzima chamada bromelina. Muitos dos seus efeitos benéficos são atribuídos a ela.

O que a bromelina do abacaxi fornece?

A bromelina tem sido usada em tratamentos para azia. Também serve para combater sinusites, problemas de absorção intestinal e lesões do tecido conjuntivo. É um componente utilizado para amaciar carnes e como anti-inflamatório quando consumido com o estômago vazio.

Ajuda a favorecer um fluxo sanguíneo saudável, reduzindo o acúmulo de plaquetas e diminuindo a possibilidade de formação de coágulos. Esses resultados da bromelina são alcançados consumindo-a isolada em suplementos médicos , já que sua maior concentração está no que você não ingere da fruta.

Benefícios nutricionais do abacaxi na gravidez

Comer abacaxi durante a gravidez oferece benefícios, especialmente por ser um diurético que evita a retenção de líquidos. Fibra e água ajudam a prevenir a constipação incômoda.

Além disso, um abacaxi fresco, em até duas fatias, fornece vitamina B e C. As vitaminas do complexo B fornecem naturalmente ácido fólico para o desenvolvimento neurológico do feto.

O abacaxi é rico em macro e micronutrientes. É composto por mais de 80% de água e contém carboidratos em 13% de seu peso.

Possui baixíssima concentração de sódio e gordura. Quanto aos açúcares, no abacaxi encontramos a sacarose, a frutose e a glicose.

A vitamina C, por sua vez, fortalece o sistema imunológico. Em 100 gramas de polpa, há cerca de 300 miligramas de vitamina C; mais do que o necessário para um adulto. No seu caso, se você está grávida, precisa de 80 a 85 miligramas de vitamina C, e uma xícara de abacaxi já fornece cerca de 79 miligramas.

É preciso comer abacaxi na gravidez para a formação do colágeno, essencial para o desenvolvimento e crescimento do feto. E por falar nisso, no primeiro trimestre, a vitamina B6 presente no abacaxi ajuda a combater as náuseas.

Acrescente a tudo isso que o iodo do abacaxi favorece o funcionamento da tireoide. Portanto, também contribui para o desenvolvimento desta glândula no feto.

Abacaxi com iodo para a tireoide na gravidez
O iodo do abacaxi contribui para o desenvolvimento normal da tireoide do feto. Ele também protege a tireoide da mãe.

Comer abacaxi durante a gravidez é uma ótima decisão

Embora a bromelina seja encontrada apenas no abacaxi, sua ação no colo do útero aparece quando é consumida em grandes quantidades. Calcula-se que, se você comer 10 abacaxis de uma vez, pode desencadear este efeito, mas seria insano consumir esta quantidade.

Em suma, não se prive de consumir um alimento que traz benefícios para o seu corpo. O abacaxi é um aliado para saciar os desejos e a ansiedade, pois ao comê-lo diminuímos a sensação de fome e aceleramos os processos metabólicos, melhorando o humor.

Curiosamente, um estudo afirmou que o abacaxi não funciona como espermicida, mas sim como ativador espermático. Portanto, se você está planejando engravidar, comer abacaxi com seu parceiro também pode ajudar.

Pode interessar a você...
3 saladas com abacaxi perfeitas para o jantar
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
3 saladas com abacaxi perfeitas para o jantar

Quer conhecer algumas receitas de saladas com abacaxi? Estas opções são ideais para um jantar leve e refrescante. Não deixe de experimentar!



  • Ibarra, E. O., Ramírez, G. H., & Ibarra, I. H. O. (2021). Composición nutricional y compuestos fitoquímicos de la piña (Ananas comosus) y su potencial emergente para el desarrollo de alimentos funcionales. Boletín de Ciencias Agropecuarias del ICAP, 7(14), 24-28. Disponible en: https://repository.uaeh.edu.mx/revistas/index.php/icap/article/view/7232/8261
  • Uribe-Clavijo, M., Álvarez-Gómez, Á. M., Arango, V., Cortes-Mancera, F. M., Cadavid-Jaramillo, Á. P., & Cardona-Maya, W. D. (2012). Efecto in vitro del extracto vegetal de Ananas comosus sobre espermatozoides humanos. Tecnológicas, (28), 55-70. Disponible en: https://www.redalyc.org/pdf/3442/344234328004.pdf