Coloque suas pernas para o alto por 20 minutos todos os dias

· 7 de junho de 2017
Ao colocarmos as pernas para o alto mudamos o eixo postural e favorecemos a descongestão dos fluídos e um correto retorno venoso que costuma ser dificultado pela gravidade.

A princípio, pode ser que esta recomendação pareça estranha para muitas pessoas. Colocar as pernas para o alto todos os dias por 20 minutos? Com que finalidade?

O que em algumas ocasiões pode parecer uma grande bobeira, na realidade traz diversos benefícios inesperados em virtude de: nosso desconhecimento sobre o próprio corpo e seu funcionamento.

Devemos pensar, por exemplo, no grande esforço que nosso coração realiza para que o sangue chegue com força a cada uma de nossas extremidades. Bem como funciona o retorno venoso das pernas que, às vezes, falha, e que pouco a pouco causa as clássicas varizes.

Nunca é demais experimentar coisas novas. Alguns exercícios simples, ainda que não nos façam perder peso ou deixem nossas pernas mais firmes e torneadas, proporcionam bem-estar e uma calma mental.

Sendo assim, descubra mais e melhore sua qualidade de vida com esta simples rotina cotidiana. Além de não custar nada, não lhe tomará muito tempo e também não causará cansaço.

Em que consiste o exercício de colocar as pernas para o alto?

Mulher colocando as pernas para o alto

Não é só um exercício, mas também uma técnica terapêutica. Não podemos chamá-lo de exercício visto que não há nenhum esforço físico envolvido; não fazemos nenhum movimento ou tensão muscular.

Em outras palavras, é mais uma técnica de ioga a ser colocada em prática com frequência a fim de estabelecer uma conexão mente-corpo. Como resultado, gera grandes benefícios a nível circulatório.

  • Em contrapartida, se você tem alguma lesão nas costas, não será recomendável fazer esta rotina.
  • O ideal é colocar uma pequena almofada sobre a lombar para conseguir uma postura mais harmônica.
  • Sendo assim, fique com as pernas coladas verticalmente na parede e com os braços descansados, esticados e relaxados.
  • Mantenha esta posição no mínimo por 15 a 20 minutos; sem fazer nada mais, apenas sinta o equilíbrio, a tranquilidade e a calma ao receber um melhor fornecimento de sangue até o peito e a cabeça.

Em conclusão, se você quiser realizar esta técnica de relaxamento, é necessário vestir uma roupa confortável que não aperte a cintura e os tornozelos.

Do contrário, pode dificultar a finalidade deste exercício: favorecer a circulação sanguínea.

Descubra também: 3 exercícios para fortalecer os músculos dos braços

5 Benefícios de colocar as pernas para o alto

Duas amigas colocando as pernas para o alto

1. Reduz a retenção de líquidos nas pernas e nos pés

A retenção de líquidos nas pernas e nos pés se deve a problemas circulatórios dos quais devemos descobrir a origem.

  • Em alguns casos, a causa é um problema renal, cardíaco, ou sobrepeso, efeitos de alguma medicação, ou até mesmo uma dieta pouco adequada.
  • É necessário descobrir a origem da retenção e tratá-la. Futuramente, estes exercícios caseiros podem oferecer um grande alívio.
  • Colocar as pernas para o alto favorece o movimento dos fluidos que prejudicam a correta circulação sanguínea.
  • Geralmente passar o dia inteiro de pé faz com que nossos pés inchem.

Sendo assim, algo tão simples quanto tirar os sapatos, relaxar e colocar as pernas apoiadas na parede fará com que a força da gravidade desinflame as áreas problemáticas.

Descubra também as 6 maneiras de cuidar do corpo para ter equilíbrio físico e mental

2. Alivia as pernas cansadas

Colocar as pernas para o alto é uma das melhores formas de aliviar a tensão das pernas, dos pés e até dos quadris.

Estas três áreas são as que mais sentem no final do dia. Por isso, este exercício, no qual mudamos o eixo postural e liberamos toda a tensão, proporciona um alívio notável.

3. Melhora a digestão

Colocar as pernas para o alto é um exercício que se encaixa na conhecida “inversão ativa”.

Mudar a postura para que os pés fiquem no alto e a cabeça no chão ajuda, em primeiro lugar, a descongestionar os fluidos presos e, por último, melhorar a digestão.

Assim como favorece a mobilidade intestinal. Algo que, a longo prazo, melhora a absorção dos nutrientes, combate a prisão de ventre e recupera o bem-estar.

4. Relaxa o sistema nervoso

Em suma, esta postura ajudará a melhorar a respiração: o ar fica mais retido e, aos poucos, favorece uma inspiração e uma expiração mais lenta e ritmada.

Em síntese, o exercício tem um grande impacto em nosso sistema nervoso: aliviamos as tensões musculares, sobrecargas. Como também a tensão que se concentra na região do estômago, no pescoço e nos seios paranasais.

Descubra 5 passos simples para deter um ataque de ansiedade

5. Conseguir uma calmaria mental

Experimente, coloque este exercício em prática hoje mesmo. Você só vai precisar de 20 minutos do seu tempo. A primeira coisa que perceberá é um alívio físico que, posteriormente, relaxa a sua mente.

Esta postura favorece, ademais, uma oxigenação correta do cérebro.

O exercício nos convida a meditar, a descansar a mente e a nos sentir mais presentes, mais conscientes de nosso corpo; nos envolvendo em calma, bem-estar e uma harmonia perfeita.

Conforme você praticar esta simples terapia, notará cada vez mais os benefícios.

Então, animado para começar?