Prepare um chucrute roxo em casa para fortalecer a sua flora intestinal

12 de fevereiro de 2020
Ainda que haja outros probióticos, uma das formas mais fáceis de obter os benefícios destes é preparar nosso próprio chucrute em casa, para assim nos assegurarmos de que seja completamente natural.

O chucrute roxo é um alimento probiótico que se tornou popular nos últimos anos por sua capacidade para fortalecer a flora bacteriana que protege o intestino.

É preparado a partir de um processo de fermentação de folhas de repolho em água com sal que, depois de vários dias, concentra bactérias e leveduras saudáveis que promovem o bem-estar.

Seu consumo estimula o crescimento de microrganismos como as bifidobacterias e lactobacilos, cuja atividade se encarrega de facilitar o processo digestivo.

Também apoia a decomposição da lactose, dos açúcares e de outras substâncias que ficam retidas no cólon.

De fato, oferece interessantes benefícios sobre a saúde do sistema imunológico, visto que melhora a resposta dos anticorpos diante da proliferação de germes daninhos como E. coli C. difficile.

O melhor de tudo é que é um dos fermentados mais econômicos e pode ser preparado em casa seguindo passos muito simples. Confira a receita!

Chucrute roxo para fortalecer sua flora intestinal

Quer melhorar sua saúde? Comece pelos intestinos

O chucrute roxo é um probiótico natural que oferece um plus de bactérias saudáveis ao intestino para regular o pH de sua flora, principalmente diante dos equilíbrios causados pelos microrganismos prejudiciais.

Apesar de esse efeito ser conseguido com alimentos como o iogurte natural, esta opção é mais baixa em calorias e perfeita para quem prefere as fontes de nutrientes de origem vegetal.

As folhas de repolho roxo contam com componentes conhecidos como isotiocianatos, cujos efeitos foram relacionados com a prevenção de alguns tipos de câncer.

As bactérias e leveduras que contêm se concentram durante a fermentação em água com sal, criando um superalimento para equilibrar a flora do trato intestinal.

Isto não só diminui o risco de desenvolver doenças no cólon como também, de quebra, controla sintomas como os gases, a inflamação e a dor abdominal.

Inclusive, visto que regula o pH do estômago, é ideal para controlar a produção excessiva de sucos gástricos, o que tende a causar gastrite, úlceras e refluxo.

Não deixe de ler também: Dieta para a gastrite: menus saudáveis que ajudam

Repolho roxo

Por outro lado, seus nutrientes fortalecem a saúde imunológica, diminuindo a suscetibilidade às infecções por vírus, bactérias e fungos.

Isso quer dizer que, consumido de forma regular, é um bom complemento para prevenir problemas comuns como a gripe e o resfriado.

Por sua vez, exerce um efeito interessante sobre a saúde metabólica, já que acelera os processos que removem os rejeitos retidos no corpo.

Além de tudo isso, consumi-lo oferece outros benefícios como:

  • Melhor humor.
  • Aumento da produtividade física e mental.
  • Proteção da saúde cardiovascular.
  • Prevenção do envelhecimento da pele.
  • Prevenção das doenças do trato urinário e da bexiga.

Visite também o artigo: Rotina de exercícios simples para aliviar o estresse e melhorar o humor

Como preparar em casa um chucrute roxo?

Repolho em conserva

Porém, não é preciso desenvolver algum problema em especial para obter todos os seus benefícios.

Pode-se preparar e consumir em qualquer momento e adicionar todos os seus nutrientes como complemento da dieta.

Desta maneira, se conserva a saúde da flora bacteriana e, de quebra, se previne o desenvolvimento de muitas doenças.

Ingredientes

  • 1 repolho verde
  • 2 repolhos roxos
  • 3 colheres de sopa de sal marinho (36 g)
  • Água (a necessária)

Utensílios

  • Potes de vidro herméticos

Preparo

  • Primeiramente, pique as folhas dos repolhos ou passe-as por um ralador para que fiquem mais finas.
  • Posteriormente, coloque-as em um pote de vidro e, em seguida, adicione as colheres de sopa de sal.
  • Além disso, adicione um pequeno fio de água sobre as folhas e achate-as para baixo para deixar um pouco de espaço entre a tampa e elas.
  • O repolho vai começar a formar seu suco natural no processo de fermentação e mudará tanto sua textura quanto o cheiro.
  • Logo, cubra o produto com uma toalha de papel ou, se gostar, deixe descoberto em um lugar onde esteja livre de contaminação e insetos.
  • Continue pressionando o produto para baixo, várias vezes por dia, para que as folhas liberem o suco.
  • Depois de um ou dois dias, o suco terá se posicionado acima da cobertura e começá a ter um sabor forte.
  • Posteriormente, elimine a capa de rejeito que se formar na superfície e coloque em um lugar escuro por duas ou três semanas.
  • Logo após desse tempo, consuma a quantidade de chucrute que preferir. De fato, também pode aproveitar seu suco.
  • Finalmente, você pode consumi-lo como parte de suas saladas e em vitaminas.

Em conclusão, como você pode ver, é muito fácil preparar seu próprio chucrute para oferecer probióticos ao seu intestino e, deste modo, evitar problemas de saúde. Desfrute-o!