10 coisas que a cerveja pode fazer para melhorar a sua qualidade de vida

· 30 de janeiro de 2019
Lembre-se de que todos estes benefícios da cerveja são obtidos apenas através de seu consumo moderado. O excesso pode, inclusive, ser prejudicial.

Sem dúvida, a cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais conhecidas em todo o mundo, obtida a partir dos grãos de cevada germinados, cujo amido é fermentado na água com levedura.

Durante séculos ela tem sido parte de centenas de culturas ao redor do mundo, que a valorizam por seus efeitos sobre o corpo, bem como pelas suas qualidades nutricionais.

Ao contrário do que muitos pensam, ela apresenta benefícios interessantes para saúde, desde que a sua ingestão seja moderada.

É rica em compostos antioxidantes, vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais que ajudam a melhorar o funcionamento de muitos sistemas do corpo.

Além disso, contém menos calorias em comparação com outras bebidas, e seus efeitos diuréticos servem para promover a eliminação de líquidos retidos nos tecidos.

Na verdade, há outros benefícios pouco conhecidos para melhorar a qualidade de vida pelos quais vale a pena consumi-la com moderação, e assim evitar arrependimentos.

E, então, curioso? Vamos descobrir estes benefícios a seguir!

1. A cerveja é nutritiva

Dois copos de cerveja

Devido à sua composição, a cerveja é um alimento saudável que confere uma carga extra de nutrientes ao corpo.

Possui altas concentrações de vitaminas do complexo B, incluindo o ácido fólico, além de carboidratos e fibras naturais.

Entre seus minerais destacam-se o magnésio e o cálcio, cujas quantidades variam dependendo do processo de produção.

Além disso, contém antioxidantes e vitaminas que ajudam a reduzir os efeitos negativos dos radicais livres nas células.

Quer saber mais? 6 sinais de vício em álcool

2. Reforça a saúde óssea

Essa bebida promove o fortalecimento do sistema ósseo para evitar a perda de densidade e o enfraquecimento, pois possui grande quantidade de minerais essenciais, tais como o silício.

É recomendada para mulheres na menopausa, já que fornece substâncias fitoestrógenas que ajudam a minimizar os efeitos negativos das alterações hormonais nos ossos.

Na verdade, acredita-se que uma ingestão mínima de cerveja por dia (não mais do que dois copos) diminui o risco de fraturas, bem como de osteoporose na idade adulta.

3. Reduz o risco de infecções

As infecções podem melhorar com o consumo de cerveja

Embora o consumo excessivo de todos os tipos de álcool prejudique o sistema imunológico, uma pequena dose de cerveja pode atuar como proteção contra diversas doenças infecciosas.

Sua concentração de nutrientes aumenta a resposta imunitária contra micro-organismos e impede que se proliferem nos órgãos.

4. Ajuda a hidratar o corpo

Enquanto a ingestão excessiva de álcool desidrata o corpo, um copo de cerveja por dia ajuda a hidratá-lo de forma eficaz.

Isso porque, além de água, ela contém minerais essenciais indicados para compensar a perda de sais minerais após atividades físicas.

5. Protege a saúde cardiovascular

Imagem de coração, que pode se beneficiar da cerveja

Os efeitos do consumo moderado de cerveja também incluem benefícios interessantes sobre a saúde cardiovascular e circulatória.

Sua ingestão diminui a oxidação das células, aumenta a presença do colesterol bom nas artérias e, como se fosse pouco, ainda facilita a purificação do sangue.

Isso impede distúrbios como hipertensão, aterosclerose e lesões relacionadas com infarto agudo do miocárdio, por exemplo.

6. Melhora a saúde dos rins

Os compostos diuréticos desta bebida a tornam um excelente aliado da saúde renal. Ela não somente aumenta a produção de urina, como também reduz o risco de desenvolvimento de pedras nos rins em até 40%.

7. Cuida da saúde cognitiva

A saúde cognitiva pode melhorar com a ingestão de cerveja

O teor de silício nesta bebida natural está associado com uma diminuição do risco de doenças neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer, por exemplo.

Assim, sua ingestão minimiza a biodisponibilidade de alumínio no tecido do cérebro e do plasma, associada com este tipo de patologias cognitivas.

Além disso, também reduz a ação negativa de radicais livres em células saudáveis ​​associadas ao envelhecimento precoce do cérebro.

8. Aumenta a expectativa de vida

Os consumidores de cerveja em quantidades moderadas podem se beneficiar dos mais de dois mil componentes saudáveis ​​desta bebida.

Isso porque estes componentes protegem o corpo contra a oxidação e alterações provocadas pelo crescimento anormal de certas células.

Por sua vez, reduz o envelhecimento celular precoce e, como se fosse pouco, evita o desenvolvimento de muitas doenças degenerativas.

9. Previne a diabetes

Mulher medindo a glicose, que pode melhorar com a ingestão de cerveja

A fibra solúvel, compostos polifenólicos, e os minerais contidos na cerveja agem sobre os mecanismos que controlam os níveis de açúcar no sangue, reduzindo significativamente o risco de diabetes tipo 2.

Mesmo que o seu consumo seja mínimo, é útil para prevenir complicações metabólicas e controlar a glicose.

Visite este artigo:  O segredo do povoado onde as pessoas não sofrem de câncer e nem de diabetes

10. Evita o envelhecimento da pele

A ingestão de pequenas doses desta bebida é uma maneira simples de prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Os seus nutrientes melhoram a capacidade de regeneração e cicatrização. Além disso, também evitam a formação de rugas e outros sinais de envelhecimento.

Como é possível notar, embora faça parte do grupo de bebidas alcoólicas, a cerveja tem propriedades interessantes que podem ser apreciadas através de sua ingestão controlada.

Sendo assim, recomenda-se o consumo moderado de um copo por dia para mulheres e dois para os homens.