3 formas simples de melhorar a saúde cardiovascular

Além de cuidar da alimentação e evitar o cigarro, para cuidar da saúde cardiovascular também é fundamental praticar exercícios físicos. Basta se dedicar 30 minutos por dia para obter os benefícios.
3 formas simples de melhorar a saúde cardiovascular

Última atualização: 28 Janeiro, 2021

Comece hoje mesmo a melhorar a sua vida. Desfrutar de uma melhor saúde cardiovascular é abraçar um dia a dia com um bem-estar interno e externo.

O estilo de vida que muitos mantêm hoje em dia nos obriga muitas vezes a seguir pequenas rotinas que danificam nosso coração.

O sedentarismo, a impossibilidade de administrar de forma adequada nossos focos de estresse, ou o fato de manter hábitos alimentares pouco saudáveis farão com que, quase sem percebermos, nosso órgão mais importante se enfraqueça.

O melhor momento para cuidar da nossa saúde cardiovascular sempre é agora, tenhamos 10 ou 60 anos. Não temos que esperar que nosso médico nos indique que temos o colesterol elevado para iniciar pequenas mudanças.

Investir no presente é ganhar no futuro. Propomos que desde agora você coloque em prática estas simples estratégias que ajudarão a cuidar melhor da sua saúde cardiovascular.

Seu coração, um tema sério

saude-cardiovascular

Somos conscientes de que, hoje em dia, a doença que mais tememos e que maior impacto costuma causar é o câncer.

Agora, não podemos nos esquecer de que a principal causa de mortalidade seguem sendo as doenças cardiovasculares. 

De acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), as 10 doenças que causam um maior número de falecimentos todos os anos são as seguintes:

  • Cardiopatia isquêmica
  • Acidente vascular cerebral
  • Infecções das vias respiratórias inferiores
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
  • Doenças diarreicas
  • HIV/AIDS
  • Cânceres de traqueia, brônquios ou pulmão
  • Tuberculose
  • Diabetes
  • Traumatismos por acidentes de trânsito
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Prematuridade e baixo peso ao nascer

Como podemos deduzir por estes dados, as cardiopatias são, sem dúvidas, o principal problema que as instituições de saúde devem enfrentar.

Algo que deveríamos ter em mente é que uma boa porcentagem destas perdas humanas poderia ser evitada. Isso somente seria possíveis se cuidássemos de nossos hábitos de vida.

pare-de-fumar-para-saude-cardiovascular

Praticar exercícios, seguir uma alimentação adequada, não fumar ou mesmo saber de nossos antecedentes genéticos pode nos ajudar a ter não só uma expectativa de vida maior, como também uma melhor qualidade de vida.

Seu coração lhe pede todos os dias para que cuide dele. A seguir, explicaremos três modos de fazer isso.

Três dicas para melhorar a saúde cardiovascular

Todo 29 de setembro, e desde o ano 2000, celebramos o “Dia do Coração”. Este ano, a Federação Mundial do Coração o celebrou sob o tema “Potencialize sua vida”.

Esta frase simples se encaixa muito bem com a força e motivação que todos deveríamos ter no dia a dia para ajudar nosso coração.

  • Algo que as instituições médicas sempre nos revelam é que as pessoas ainda não estão muito conscientes dos fatores de risco que afetam nosso coração. 
  • O principal problema está, sem dúvidas, no fato de que muitas vezes o início é silencioso. O colesterol ou a hipertensão são duas condição que demoram muito para mostrar uma sintomatologia evidente.

Para que abramos os olhos, para que sejamos bons arquitetos de nossa saúde, devemos aprender a potencializar nossa vida por meio destes três conselhos.

1. Caminhe meia hora por dia, 5 vezes por semana

faca-caminhadas-para-saude-cardiovascular

Sair para caminhar meia hora por dia não é muito. Não quebra nenhuma rotina, não supõe um sacrifício extremo, e quando nosso corpo se acostuma a ele, inclusive passamos a precisar do exercício.

  • Caminhar a um ritmo constante e adequado é o melhor exercício cardiovascular que podemos seguir.
  • Saia para andar em um ambiente natural, se possível em boa companhia e com um calçado e roupa adequados.
  • Se você sofre de problemas ósseos, como artrose no joelho ou no quadril, caminhe em uma esteira. Andar sobre a superfície plana e mais segura destas máquinas evita sobrecargas e possíveis lesões, enquanto controla o ritmo a todo instante.

2. Monitore os fatores de risco cardiovascular

A primeira coisa a se estabelecer são revisões periódicas com o médico. Devemos controlar os seguintes indicadores:

  • Pressão sanguínea
  • Colesterol
  • Glicose no sangue
  • Índice de massa corporal

Se, além disso, você tem antecedentes genéticos associados a diferentes problemas cardiovasculares, é bom conversar com o médico.

3. O que você come e como é vida

suco-de-roma-para-saude-cardiovascular

Como você se alimenta? Você acha que o faz da melhor maneira? Às vezes quem se guia somente pelo prazer de consumir determinados alimentos acaba danificando o coração.

É necessário cuidar ao máximo de tudo aquilo que colocamos em nossos pratos. Siga, se desejar, estes simples conselhos:

  • Elimine as gorduras saturadas, as gorduras trans, os açúcares e o sal de suas refeições.
  • Consuma cítricos: são ideais para reduzir o colesterol.
  • Ao longo da semana eleve o consumo de berinjelas, couve-de-Bruxelas, alcachofra, brócolis, rúcula e tomates. São verduras magníficas para a sua saúde cardiovascular.
  • Adicione aos seus alimentos, vitaminas ou iogurtes sementes de chia, de linhaça ou de gergelim.
  • Sempre que for a época, aproveite os benefícios da romã. São maravilhosos para o coração.
  • Consuma alho e cebola.
  • Comer um pedacinho de chocolate meio amargo por dia alegrará sua vida e cuidará de seu coração.
  • O salmão também é muito recomendado.

Comece hoje mesmo a cuidar um pouco de sua saúde cardiovascular: o esforço vale a pena.

Pode interessar a você...
4 exercícios simples que seu coração agradecerá sempre
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
4 exercícios simples que seu coração agradecerá sempre

O coração é o motor de nosso organismo. É capaz de bombear uma média de 500 litros de sangue por hora, mas é preciso cuidar dele. Esses exercícios ajudarão.



  • Bao, Y., Han, J., Hu, F. B., Giovannucci, E. L., Stampfer, M. J., Willett, W. C., & Fuchs, C. S. (2013). Association of Nut Consumption with Total and Cause-Specific Mortality. New England Journal of Medicine. https://doi.org/10.1056/NEJMoa1307352
  • Hu, F. B. (2003). Plant-based foods and prevention of cardiovascular disease: An overview. In American Journal of Clinical Nutrition. https://doi.org/10.1093/ajcn/78.3.544S
  • Murtagh, E. M., Murphy, M. H., & Boone-Heinonen, J. (2010). Walking: The first steps in cardiovascular disease prevention. Current Opinion in Cardiology. https://doi.org/10.1097/HCO.0b013e32833ce972
  • Thompson, P. D., Buchner, D., Piña, I. L., Balady, G. J., Williams, M. A., Marcus, B. H., … Wenger, N. K. (2003). Exercise and physical activity in the prevention and treatment of atherosclerotic cardiovascular disease: A statement from the council on clinical cardiology (subcommittee on exercise, rehabilitation, and prevention) and the council on nutrition, physical activity, and metabolism (subcommittee on physical activity). Circulation. https://doi.org/10.1161/01.CIR.0000075572.40158.77