Colesterol: 5 frutas maravilhosas para o equilibrar

22 de janeiro de 2019
Além de manter uma dieta equilibrada, incluir estas frutas em nosso dia a dia pode ser de grande utilidade para melhorar nossa saúde e, sobretudo, para regular o colesterol.

O colesterol é uma substância produzida pelo fígado, imprescindível para nossa saúde. Um nível adequado dele é sinônimo de bem-estar. Pensando nisso, hoje falaremos sobre 5 frutas para equilibrar o colesterol.

Este é um dado importante, pois ainda há pessoas que relacionam a palavra “colesterol” a algo nocivo e perigoso.

O segredo está em seu equilíbrio e, acima de tudo, em evitar que o colesterol ruim, ou LDL, aumente.

Nesse caso, essa substância começará a se acumular em nossas artérias para prejudicar, pouco a pouco, a saúde.

Ainda assim, outro dado que devemos recordar é que, se o nosso corpo já elabora por si mesmo o colesterol necessário. Obtê-lo por fontes alimentares também supõe um perigo.

Ter mais de 40 anos, estar com sobrepeso e ter antecedentes genéticos associados à hipercolesterolemia quer dizer que temos de cuidar de nossa alimentação.

Hoje, temos uma proposta para você.  Melhore seus hábitos de vida, evite o sedentarismo e dê um toque de cor à sua dieta com estas frutas.

Assim, você conseguirá equilibrar o colesterol.

1. Abacate, muito mais do que uma fruta saborosa

É verdade que o abacate nos ajuda a equilibrar o colesterol? Na realidade, basta consumir meio abacate por dia e aliá-lo a uma dieta variada e saudável. O resultado será visível em pouco mais de um mês.

Descubra: Os benefícios de colocar um dente alho sob o travesseiro

  • O abacate é uma fonte muito saudável de gorduras monoinsaturadas para o coração.
  • Esta gordura se converte em energia, diminui os níveis de lipídios em nosso corpo e regula o açúcar no sangue.
  • Outro dado importante que devemos conhecer é relativo à niacina. A niacina ou vitamina B3, ajuda-nos a equilibrar o nível de colesterol de nosso organismo.
  • O abacate, assim como os aspargos, vagens, brócolis, batatas, cogumelos, alcachofras e feijões, também nos ajudam a conseguir isso graças a esta vitamina.

2. A toranja, um ponto de acidez fabuloso para equilibrar o colesterol

suco-de-toranja

Se você puder conseguir toranjas, aproveite a oportunidade. A razão? Poucas frutas são tão boas na hora de reduzir o colesterol ruim.

  • No entanto, é importante saber que ela só será eficaz se o seu consumo se tornar habitual. É necessário comer meia toranja por dia no café da manhã. Priorize as frutas de cultivo orgânico.
  • Segundo um estudo publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, as pessoas com colesterol alto que não respondiam à medicação conseguiram diminuir seus níveis de colesterol graças à toranja.
  • As suas propriedades antioxidantes coadunam-se com uma melhor qualidade de vida devido aos seus efeitos protetores para o coração.

3. O suco de laranja natural para o seu colesterol bom

Para compreender a importância da laranja no nosso colesterol, temos que falar primeiro dos esterois.

  • Com certeza você já ouviu falar deles. Os esterois têm uma estrutura muito similar a do colesterol. São um composto que se encontra de forma natural em certas frutas, como as laranjas, em algumas verduras, oleaginosas, sementes e óleos vegetais.
  • O que os esterois fazem é diminuir o colesterol total e o LDL. Ainda que seja verdade que um suco de laranja nos ofereça uma quantidade muito pequena de esterois, este aumenta o nível do colesterol bom.

Assim, se nos acostumarmos a tomá-lo todos os dias, os resultados serão notados em nosso próximo exame.

Descubra também: Batida purificadora à base de beterraba e cenoura

4. Morangos, uma tentação saudável

suco-de-morango

Os morangos são saudáveis e adequados para equilibrar nossos níveis de colesterol desde que sejam consumidos ao natural. Ou seja, nada de adicionar açúcar ou chocolate.

  • Os morangos, assim como os mirtilos e as frutas silvestres, reduzem as lipoproteínas de baixa densidade (LDL ou colesterol ruim).
  • Se conseguirmos comer diariamente entre 10 ou 15 morangos, também serão reduzidos os triglicerídeos, graças à sua ação antioxidante em nosso fluxo sanguíneo.

Aumentar o consumo de frutas de cor vermelha (como as cerejas, framboesas, morangos ou uvas roxas) farão muito bem à nossa saúde cardíaca.

5. Uma maçã por dia para reduzir seu nível de colesterol

Uma maçã com aveia para o café da manhã, uma salada de maçã verde com aipo e nozes ao meio-dia, ou um delicioso suco natural à tarde.

Existem muitas maneiras de incluir uma maçã diária em nossa dieta. Faça da maneira que preferir, mas, acima de tudo, seja constante. A maçã possui em sua casca a pectina e polifenois.

Graças a eles, conseguimos melhorar o metabolismo do colesterol e reduzir as moléculas inflamatórias que aparecem com as doenças cardíacas.

Para concluir, sabemos que essas frutas, sozinhas, não serão suficientes para reduzir o colesterol se não cuidarmos também de nossa dieta. É necessário ser constante e fazer pequenos esforços cotidianos.

Algo tão simples como dar mais cor às nossas saladas, incluindo algumas frutas. Levar sempre uma maçã na bolsa para quando a fome aparecer pode fazer milagres pela sua saúde.

Vamos começar hoje mesmo?

 

  • Giampieri, F., Tulipani, S., Alvarez-Suarez, J. M., Quiles, J. L., Mezzetti, B., & Battino, M. (2012). The strawberry: Composition, nutritional quality, and impact on human health. Nutrition. https://doi.org/10.1016/j.nut.2011.08.009
  • Boyer, J., & Liu, R. H. (2004). Apple phytochemicals and their health benefits. Nutrition Journal. https://doi.org/10.1186/1475-2891-3-1
  • Hung, W. L., Suh, J. H., & Wang, Y. (2017). Chemistry and health effects of furanocoumarins in grapefruit. Journal of Food and Drug Analysis. https://doi.org/10.1016/j.jfda.2016.11.008