5 brincadeiras para crianças sem usar tecnologia

As brincadeiras para crianças são ideais para despertar sua criatividade. Além disso, muitas dessas brincadeiras não exigem tecnologia e são projetados para desenvolver suas habilidades cognitivas.
5 brincadeiras para crianças sem usar tecnologia

Última atualização: 26 Maio, 2021

As brincadeiras para crianças são muitas vezes passadas de geração em geração. Em algumas partes, talvez mudem de nome ou de regras, mas tendem a se manter com o tempo.

Existem diferentes brincadeiras tradicionais que são fáceis de aprender. Não há necessidade de gastar uma grande quantidade de dinheiro nem locais específicos. Além disso, desenvolvem na criança a capacidade de raciocínio, a lógica, o equilíbrio, e levam seus sentidos ao limite.

Benefícios das brincadeiras para crianças

 

As atividades ao ar livre e em família podem ser muito benéficas para as crianças.

As atividades lúdicas são fundamentais na vida das crianças. Através delas, os pequenos começam a estabelecer contato com o mundo. É a ferramenta natural com a qual expressam seus sentimentos de raiva, medo, tristeza ou alegria. A seguir, vamos apresentar os benefícios das brincadeiras para crianças:

Desenvolvem habilidades cognitivas e motoras

Existem brincadeiras para crianças que ajudam a desenvolver suas habilidades cognitivas. É o que indicam pesquisas como esta realizada por uma equipe da Universidade de San Agustín de Arequipa, no Peru. Por exemplo, atividades que ensinam como resolver problemas e imaginar situações e soluções estimulam seu pensamento abstrato e seu nível de concentração.

A maioria dessas atividades é inclusiva e global. Por essa razão, envolve o funcionamento de todo o corpo.

Brincadeiras como esconde-esconde mantêm a criança em estado de alerta. Também a ajudam a desenvolver sensibilidade diante das percepções e fortalecem seu controle motor.

Fortalece a autoestima

Através das brincadeiras, as crianças começam a descobrir coisas novas que as ajudarão ao longo da vida. Entre elas, o modo de se relacionar e como funcionam as relações, já que o jogo estimula o encontro com outras pessoas, a quem a criança chama de amigos.

As atividades lúdicas permitem que a criança conheça a si mesma e descubra seus pontos fortes e fracos. Também lhe permitem identificar seus sentimentos e gostos.

Envolve a família

Como pai ou mãe, é normal que você reclame porque seu filho não obedece. No entanto, o que você não sabe é que um dos fatores da desobediência pode ser o pouco tempo que você dedica a ele. É muito difícil disciplinar seu filho ou negociar regras com ele, se você não o conhece.

Acompanhar seu filho nas brincadeiras é importante, já que essa é uma das atividades que permite que ambos se conheçam. Além disso, quando você se coloca no nível das crianças, elas sentem que são entendidas, e são estabelecidos vínculos e proximidade.

5 brincadeiras para crianças que todos os pais devem ensinar

As crianças brincam em quase todos os lugares e em todas as situações. A brincadeira não apenas as diverte e as deixa felizes, como também é uma necessidade biológica que faz parte do seu desenvolvimento integral. Algumas atividades recreativas que a criança pode praticar são:

A galinha cega

É um jogo muito simples que ajuda as crianças a entender a importância dos sentidos, uma vez que se brinca de olhos vendados. Assim, as crianças aprendem a se movimentar com maior confiança e agilidade. É importante que você explique ao seu filho como jogar:

  • A primeira coisa que se deve fazer é escolher a pessoa que será vendada. Essa será “a galinha cega”.
  • Quando a criança estiver vendada, dará três vezes no próprio eixo. Ao mesmo tempo, os outros formam um círculo ao redor dela, de mãos dadas.
  • A tarefa “da galinha” é pegar uma das crianças. As crianças podem se mover, mas sem soltar as mãos. Quando a criança vendada conseguir pegar outra, deverá adivinhar quem é, apenas pelo toque. Se acertar, os papéis são trocados.

Para deixar o jogo mais alegre, as crianças podem cantar. Esse verso é bastante comum durante a brincadeira: “Galinha, galinha o que você perdeu no celeiro? Uma agulha e um dedal. Dê três voltas e você vai encontrar. “

Jogos de tabuleiro

Esse jogos são ideais para dias de chuva, em que o seu filho não pode sair para brincar ao ar livre. São jogos para crianças e que ajudam a desenvolver diferentes aspectos de sua personalidade. Por exemplo, a concentração, a paciência, a capacidade de dedução e a lógica.

Existem diferentes tipos de jogos de tabuleiro, de acordo com as idades. Cada um ajuda a desenvolver habilidades diferentes e motivar interesses diversos na criança. Por exemplo, o dominó ou o xadrez são ideais para:

  • Estimular a autonomia da criança.
  • Desenvolver estratégias.
  • Tomar decisões.

Por outro lado, os jogos de memória ou quebra-cabeças são ótimos. Seu filho será capaz de desenvolver sua memória e dedução. Embora muitos deles sejam recreativos, há também brincadeiras que combinam diversão com educação.

Scrabble, por exemplo, ajudam a criança a aprender o vocabulário. Com o jogo Turista Mundial, aprendem geografia, e com Pictionary, colocam sua criatividade em prática.

Que tal um jogo de tabuleiro? É possível jogar em casa e em família sem qualquer problema.

Mímica

 

As brincadeiras de mímica ajudam as crianças a:

  • Expressar sentimentos.
  • Controlar os movimentos do corpo de forma criativa.
  • Relacionar gestos com ações e palavras.
  • Melhorar a concentração, pois a criança deverá pensar quais gestos representará sem poder falar.
  • Favorecer sua imaginação e criatividade, quando se trata de recriar situações.
  • Gerar interação com as outras crianças, pois geralmente ocorre em grupos.
  • Aliviar o estresse através do riso, além de ser uma prática ideal para todas as idades.

Esconde-esconde

O esconde-esconde é uma brincadeira perfeita para o seu filho ter contato com a natureza. Você não precisa de nenhum material, apenas tem que deixar sua imaginação voar.

O objetivo do jogo é que uma das crianças conte, e as outras se escondam até que sejam encontradas. Para brincar, seu filho deve seguir as seguintes recomendações:

  • Primeiro, as crianças devem decidir quem vai contar e até quanto. Essa criança ficará responsável por encontrar as outras pessoas em seus esconderijos.
  • Enquanto estiver contando, os outros devem se esconder. Quando acabar, deve dizer “Lá vou eu!” em voz alta, e sair à procura dos outros.
  • Quando encontrar uma pessoa, deverá tocá-la e continuar procurando as outras.
  • Para ganhar a brincadeira, as crianças devem correr e tocar no local onde se estava contando.

O esconde-esconde é um jogo que desperta a sensação de aventura e curiosidade. Uma variante da brincadeira consiste em que a criança que está procurando não deve tocar a pessoa que encontra, e sim voltar para o lugar onde estava contando, tocá-lo e dizer o nome da pessoa.

As brincadeiras tradicionais para crianças

As brincadeiras tradicionais para crianças são uma ótima opção para o seu entretenimento. Além disso, ajudam no seu aprendizado e no desenvolvimento físico. Os jogos as ajudam a se sentir acompanhadas e, ao mesmo tempo, elas aprendem a socializar.

Há uma variedade de opções para o seu filho brincar, se divertir e aprender. Brincando ao ar livre,ou inclusive concentrando-se em alguma atividade lúdica, alivia o estresse e desenvolve habilidades cognitivas e físicas que o ajudarão no futuro.

Pode interessar a você...
Crianças: como estimular o bom comportamento de maneira divertida?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Crianças: como estimular o bom comportamento de maneira divertida?

Os estímulos constantes aos quais as crianças estão constantemente submetidas podem provocar dificuldade de concentração e até comportamento hipera...



  • Peralta Campoverde, S. I., & Zamora Farez, P. A. (2012). Incidencia de los juegos tradicionales en el fortalecimiento de la identidad cultural de los estudiantes en el proceso de enseñanza y aprendizaje (Bachelor’s thesis).
  • Camargo López, C. (2009). Propuesta de un manual dirigido a padres de familia con hijos de 4 a 6 años de edad para fomentar las habilidades sociales a través del juego.
  • Luna Guevara, L. M., & Checalla Chipana, F. J. (2018). Aplicación de juegos educativos tradicionales para mejorar la coordinación motriz gruesa en los niños y niñas de 05 años de la Institución Educativa Incial Nro. 303 “Almirante Miguel Grau” de la Provincia de Ilo–2017.