Benefícios do milho-miúdo, o alimento da moda

16 de setembro de 2019
O teor de nutrientes do milho-miúdo não só o torna ideal para cuidar da saúde geral, como também ajuda a cuidar do peso e a fortalecer o sistema imune.

Os benefícios do milho-miúdo vêm sendo aproveitados desde a antiguidade dentro da alimentação humana. Este cereal, que provém da planta chamada Panicum miliaceum, é uma importante fonte de nutrientes cuja absorção melhora de forma significativa a saúde.

Destaca-se acima de outros cereais porque não contém glúten e tem poucas calorias. Além disso, traz uma quantidade importante de proteínas e gorduras saudáveis, que aumentam o nível de energia para manter o bem-estar físico e mental. Assim sendo, por que é o alimento da moda? Descubra a resposta nesse artigo!

Propriedades nutricionais do milho-miúdo

Os nutrientes contidos no milho-miúdo são similares aos de outras variedades de cereais. No entanto, sua particularidade é que não contém glúten e é um dos que mais fornece ferro. Além disso, graças aos carboidratos complexos, é considerado de alto valor energético.

Ademais, contém até 29% de magnésio e seu teor de vitaminas B1, B2 e B9 triplica com relação aos resto dos cereais. Além disso, tem uma quantidade moderada de proteínas e somente 2% de gordura. Outros elementos importantes que podem ser obtidos com seu consumo são:

  • Vitamina E
  • Cálcio
  • Zinco
  • Fósforo
  • Potássio
  • Lecitinas
  • Fibra dietética

Benefícios do milho-miúdo que gostará de saber

Devido a sua interessante concentração de nutrientes essenciais, este cereal pode ser um grande complemento para a dieta regular. Ainda mais, suas sementes costumam ser preparadas na forma de um mingau, mas também são adicionadas em sopas, pães e muitas outras receitas. Veja em detalhes seus benefícios.

Previne doenças cardiovasculares

Milho miúde protege a saúde cardiovascular

Por seu teor de ácidos graxos poli-insaturados e fibras dietéticas, o milho-miúdo é um alimento muito benéfico para a saúde cardiovascular. Além disso, seu consumo regular apoia a eliminação dos excessos de triglicerídeos e colesterol, lipídeos que causam obstruções nas artérias.

Fortalece o sistema imune

Um dos benefícios desse cereal mais destacados é sua capacidade de fortalecer o sistema imune. Isso se deve ao efeito probiótico no intestino, o que permite alimentar as bactérias saudáveis que protegem contra agentes patogênicos.

Reduz o risco de diabetes

Estes grãos são úteis para reduzir o risco de diabetes e doenças metabólicas. Ainda mais, por serem uma fonte de carboidratos complexos, apoiam os processos que transformam os açúcares em fontes de energia. Além disso, ajudam a regular a secreção de insulina.

Previne os cálculos renais

As sementes do milho-miúdo contêm fibras insolúveis, um nutriente que ajuda a decompor as substâncias que formam os cálculos biliares. Além disso, sua correta assimilação não só melhora o processo de digestão, como também reduz a secreção excessiva de ácidos biliares.

Leia também este artigo: Cereais integrais que não podem faltar na dieta

Apoia a perda de peso

Milho miúdo para cuidar do peso

As pessoas que desejam combater o excesso de peso podem aproveitar os benefícios do milho-miúdo. Esse cereal é livre de glúten e combate a inflamação, assim como otimiza as funções metabólicas. Por outro lado, freia a sensação de ansiedade pela comida e ajuda a eliminar toxinas e gordura.

Combate a prisão de ventre

Adicionar o milho-miúdo na alimentação regular pode estimular o movimento intestinal para combater a prisão de ventre. Ainda mais, seus teores de fibras ajudam a aumentar o volume das fezes, para que não haja dificuldades em sua expulsão.

Previne a anemia

Graças aos benefícios do milho-miúdo, pode-se obter mais ferro na dieta a fim de prevenir transtornos como a anemia. Além disso, este mineral essencial participa na produção de glóbulos vermelhos e ajuda a ter um ótimo transporte de oxigênio para as células.

Fortalece o sistema nervoso

Benefícios do milho-miúdo para o bom fincionamento do sistema nervoso

A concentração de vitaminas do complexo B deste cereal age de forma positiva sobre o sistema nervoso. Por isso, logo após adicioná-lo de forma regular na alimentação, combate o estado de nervosismo e reduz as crises de estresse e depressão.

Descubra ademais: Remédios caseiros para o nervosismo

Atrasa o envelhecimento

Estas maravilhosas sementes contêm aminoácidos conhecidos como L-lisina e L-prolina, que ajudam a aumentar a produção de colágeno. Como muitas pessoas sabem, o colágeno melhora a estrutura do tecido da pele e previne as rugas prematuras.

Benefícios do milho-miúdo na gravidez

Os benefícios desse cereal também podem ser desfrutados na etapa de gestação. De fato, converteu-se em um dos alimentos mais recomendados para as mulheres grávidas. Isso se deve aos seus teores de ácido fólico e oligoelementos, necessários para o desenvolvimento do feto.

O milho-miúdo, assim como a quinoa, é um alimento muito complexo e leve. Dado que não tenha sofrido grandes transformações genéticas, é um dos cereais mais tolerados no organismo. Animado para prová-lo? Não hesite em adicioná-lo em suas sopas e saladas.

  • Saleh, A. S. M., Zhang, Q., Chen, J., & Shen, Q. (2013). Millet grains: Nutritional quality, processing, and potential health benefits. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety. https://doi.org/10.1111/1541-4337.12012
  • Devi, P. B., Vijayabharathi, R., Sathyabama, S., Malleshi, N. G., & Priyadarisini, V. B. (2014). Health benefits of finger millet (Eleusine coracana L.) polyphenols and dietary fiber: A review. Journal of Food Science and Technology. https://doi.org/10.1007/s13197-011-0584-9
  • Shobana, S., Krishnaswamy, K., Sudha, V., Malleshi, N. G., Anjana, R. M., Palaniappan, L., & Mohan, V. (2013). Finger Millet (Ragi, Eleusine coracana L.). A Review of Its Nutritional Properties, Processing, and Plausible Health Benefits. Advances in Food and Nutrition Research. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-410540-9.00001-6
  • Singh Associate Professor, E., & Singh, E. (2016). Potential of Millets: Nutrients Composition and Health Benefits. Journal of Scientific and Innovative Research. https://doi.org/10.1038/nature20141
  • Nambiar, V. S., Dhaduk, J. J., Sareen, N., Shahu, T., & Desai, R. (2011). Potential functional implications of pearl millet (Pennisetum glaucum) in health and disease. Journal of Applied Pharmaceutical Science.