Benefícios da noz-moscada segundo a ciência

16 de março de 2020
A noz-moscada tem propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antioxidantes que podem favorecer a saúde em vários aspectos. No entanto, pode ser prejudicial em doses elevadas.

Conheça os principais benefícios da noz-moscada, uma especiaria originária da Indonésia à qual são atribuídas propriedades medicinais para o organismo. É usada com frequência na gastronomia, pois realça o sabor de muitos pratos. Embora muitas pessoas gostem de usar a noz-moscada ralada, há quem prefira saboreá-la na forma de infusões.

Entre outras coisas, esse ingrediente fornece vitaminas A, B e C. Paralelamente, contém minerais como magnésio, fósforo, ferro e potássio. Desse modo, trata-se de um alimento bastante nutritivo, além de contar com as propriedades saudáveis que vamos apresentar a seguir.

Hepatoproteção, um dos maiores benefícios da noz-moscada

A noz-moscada apresenta a propriedade de combater a hiperlipidemia, a hiperglicemia, danos nos tecidos cardíacos e a hepatotoxicidade. Apesar de a maior parte dos estudos que confirmam esses fatos terem sido realizados com ratos, observa-se una proteção eficiente sobre o dano hepático.

Além disso, devido à presença de monoterpenos no seu interior, também protege contra as cardiopatias. Esses compostos têm propriedades anticoagulantes e protegem de problemas como a trombose.

Mulher com dor no fígado
Embora as evidências ainda sejam limitadas, acredita-se que a noz-moscada tenha propriedades hepatoprotetoras.

Ajuda a aliviar a sintomatologia da gota

Devido às suas propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, a noz-moscada contribui para aliviar o inchaço das articulações e para combater a dor da inflamação crônica. Os estudos relacionados com esse fato foram realizados em ratos e ainda faltam pesquisas que analisem esse efeito em humanos.

No entanto, suas propriedades anti-inflamatórias foram comprovadas. Portanto, os resultados podem ser parcialmente aplicáveis.

Leia também: Madalenas com nozes e cenouras: como fazê-las!

Pode ser usada como esfoliante

Combinar a noz-moscada em pó com mel dá origem a um produto interessante para tratar certas patologias da pele. O resultado dessa mistura pode ser usado como um esfoliante natural que elimina células mortas e combate o acúmulo de óleo.

Por outro lado, podemos aplicar máscaras com esse produto para combater a acne. Seus efeitos antissépticos e regeneradores o transformam em uma especiaria ideal para esse tipo de uso.

A noz-moscada pode ser tóxica em doses elevadas

Consumir essa especiaria em excesso (de uma a três unidades) pode causar efeitos colaterais adversos. Os óleos voláteis que ela contém, formados por derivados de alquilbenzeno, terpenos e ácido mirístico, podem provocar náuseas, alucinações, inflamação e choque. Portanto, é importante consumir esse alimento com moderação.

Em alguns casos, pode produzir sensações relaxantes parecidas com as da cannabis. No entanto, o mais comum é que a sobredosagem esteja associada à desidratação e dores generalizadas. Os efeitos duram mais de 24 horas, podendo até mesmo superar as 36 horas.

Não se sabe ao certo qual dos seus compostos tem a maior atividade toxicológica. Acredita-se que a miristicina possa se oxidar em um metabolito mais hidrossolúvel de caráter anfetamínico.

Benefícios da noz-moscada
Ingerida em grandes quantidades, a noz-moscada pode ser prejudicial para a saúde. Por isso, fique atento para não superar a quantidade recomendada.

Como podemos encontrar a noz-moscada?

No mercado, a noz-moscada está disponível inteira para ser ralada, em pó e em forma de óleos essenciais. Os óleos são obtidos a partir da destilação da noz moída e são utilizados principalmente na indústria farmacêutica e de perfumaria.

Eles contêm compostos interessantes para a indústria oleoquímica, e são utilizados como aromatizantes. Outro dos usos dos óleos é para tratar dores reumáticas. Além disso, eles também podem ser usados como método de urgência para tratar as dores de dente.

Por outro lado, também existe a manteiga de noz-moscada. Trata-se de uma substância semissólida e de cor castanha. 75% dela é trimiristina, que pode se transformar em ácido mirístico. Esse ácido graxo é utilizado como substituto da manteiga de cacau e tem aplicações como lubrificante industrial.

Leia também: 5 especiarias naturais para combater a dor no joelho

Conclusão sobre os benefícios da noz-moscada

A noz-moscada é um produto que tem uma clara utilidade dentro da gastronomia. No entanto, além de seu potencial organoléptico, apresenta certas propriedades que podem ser benéficas para a saúde.

Apesar de faltarem estudos em humanos que comprovem estas propriedades, a sua utilização de forma moderada pode ser positiva para a melhoria de certas patologias ou situações. No entanto, essa especiaria também não oferece soluções milagrosas. Na verdade, é preciso considerar seu potencial de perigo devido à possibilidade de sobredosagem.

Por causa desse fato, seu uso é recomendado com moderação. Não exceda as quantidades diárias recomendadas e, caso o faça, procure um médico rapidamente para prevenir problemas mais graves.

  • Zhang WK., Tao SS., Li TT., Li YS., Li XJ., Tang HB., Cong RH., Ma FL., Wan CJ., Nutmeg oil alleviates chronic inflammatory pain through inhibition of COX-2 expression and substance P reléase in vivo. Food Nutr Res, 2016.
  • Al-Malahmeh AJ., Alajlouni AM., Ning J., Wesseling S., Vervoort J., Rietiens IMCM., Determination and risk assessment of naturally ocurring genotoxic and carcinogenic alkenylbenzenes in nutmeg-based plant food supplements. J Appl Toxicol, 2017. 37
  • Morsy NF. A comparative study of nutmeg (Myristica fragrans Houtt.) oleoresins obtained by conventional and green extraction techniques. J Food Sci Technol. 2016;53(10):3770–3777. doi:10.1007/s13197-016-2363-0
  • Abourashed EA, El-Alfy AT. Chemical diversity and pharmacological significance of the secondary metabolites of nutmeg (Myristica fragrans Houtt.). Phytochem Rev. 2016;15(6):1035–1056. doi:10.1007/s11101-016-9469-x