7 benefícios surpreendentes da cúrcuma que você deve conhecer

A cúrcuma possui princípios ativos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias muito promissoras no tratamento de diversas patologias.
7 benefícios surpreendentes da cúrcuma que você deve conhecer

Última atualização: 29 Agosto, 2021

A cúrcuma é uma especiaria hindu usada desde a antiguidade na gastronomia e na medicina alternativa devido aos seus incríveis benefícios. É caracterizada pela sua cor alaranjada particular, aroma e sabor. Pertence à família Zingiberaceae, juntamente com o gengibre.

Acredita-se que tenha sido usada pela primeira vez na Índia em 610 A.C, época em que passou a ser valorizada como corante de diversos alimentos. Desde então, se tornou um item básico da cozinha em muitos lugares ao redor do mundo.

Muitos a chamam de “a rainha das especiarias” por causa da sua grande quantidade de nutrientes e dos seus efeitos promissores no corpo. De acordo com dados do Journal of the American Chemical Society, a cúrcuma tem qualidades anti-inflamatórias e antioxidantes, entre outras.

Como sabemos que muitos os desconhecem, a seguir vamos rever em detalhes os 7 principais benefícios da cúrcuma. Descubra-os!

7 benefícios surpreendentes da cúrcuma

1. Protege o fígado

Os benefícios da cúrcuma para o fígado

Muitos dos ingredientes ativos da cúrcuma ajudam a melhorar a saúde do fígado. Esse órgão excretor do corpo é responsável pela eliminação de toxinas por meio da produção de enzimas que auxiliam no processo de digestão.

Ativos como curcumina, ácido cafeico e borneol ajudam a aumentar a ação enzimática para facilitar a decomposição dos resíduos. Também têm ações anti-inflamatórias que ajudam a garantir o bom funcionamento deste órgão, de acordo com um estudo publicado em 2019.

2. Fortalece o sistema imunológico

As propriedades antibacterianas e antivirais da cúrcuma trabalham para apoiar o sistema imunológico na luta contra milhares de patógenos que afetam a saúde.

Devido ao seu aporte de uma substância chamada lipopolissacarídeo, sua inclusão na dieta ajuda a aumentar a ação dos anticorpos contra os agentes estranhos que atacam o organismo. A ingestão de cúrcuma pode reduzir a gravidade de vários tipos de pneumonias, de acordo com um artigo publicado na revista Clinical and Experimental Pharmacology & Physiology.

Graças a essas qualidades, sua inclusão na dieta pode ajudar a reduzir o risco de contrair gripes, resfriados e outros tipos de doenças respiratórias e virais.

3. Favorece a função digestiva

Estômago indigestão

A curcumina, um dos compostos ativos mais importantes dessa especiaria, estimula a produção de bile pela vesícula biliar, o que é fundamental para uma melhor digestão.

Por sua ação anti-inflamatória, atua como remédio para ajudar a melhorar as condições intestinais, como colite ulcerativa, síndrome do intestino irritável e parasitas. É recomendada como suplemento para o alívio da gastrite crônica, dispepsia e gases digestivos.

No entanto, os pacientes com doença da vesícula biliar não devem ingeri-la, pois pode piorar sua condição.

4. Pode prevenir e ajudar a retardar a progressão dos tumores

A raiz da cúrcuma tem mais de 10 substâncias ativas que atuam contra as células cancerosas que formam tumores.

As mais proeminentes são:

  • Curcumina.
  • Betacaroteno.
  • Curdiona.
  • Limoneno.
  • Curcumenol.

De acordo com um artigo publicado na revista Aging, a cúrcuma pode ter efeitos anticâncer que retardam a reprodução do tumor, graças à redução da inflamação e a um efeito antioxidante.

Além disso, tudo indica que a ingestão de pequenas doses ajuda os pacientes a amenizar os efeitos negativos dos medicamentos usados no tratamento dessa patologia. No entanto, estudos maiores em humanos são necessários para demonstrar esses efeitos e estabelecer um protocolo a respeito do uso clínico da cúrcuma neste tipo de patologia.

5. A cúrcuma pode aliviar a artrite

Aliviar a artrite

Pessoas com artrite reumatóide e osteoartrite há muito recorrem a tratamentos alternativos com este ingrediente para reduzir a dor e a inflamação.

Sua poderosa ação anti-inflamatória e analgésica atua como um analgésico natural para os principais sintomas dessas doenças crônicas.

Além disso, devido à sua riqueza de antioxidantes, inibe o impacto negativo dos radicais livres nas células do corpo, o que também favorece o tratamento.

6. Ajuda a prevenir a oxidação do colesterol

Incluir esse tempero nas refeições é muito saudável para o sistema cardiovascular. Suas propriedades favorecem a redução da oxidação do colesterol LDL, substância lipídica que se acumula nos vasos sanguíneos, aumentando o risco de obstrução.

7. Pode ser útil no tratamento da diabetes

Menor risco de diabetes

Pessoas com diagnóstico de diabetes tipo 2 podem se beneficiar da incorporação desse ingrediente em seu plano alimentar.

Sua riqueza em nutrientes e antioxidantes serve para otimizar a função da insulina no sangue, um fator chave na redução dos níveis de glicose.

No entanto, é imprescindível consultar um médico antes de ingeri-la, pois sua combinação com alguns medicamentos pode causar hipoglicemia.

Os benefícios da cúrcuma são promissores

Como você pode ver, os benefícios da cúrcuma para a saúde são surpreendentes. Sinta-se à vontade para incorporá-la em seus smoothies, saladas, sopas e muitas outras receitas.

No entanto, vale dizer que este alimento não possui propriedades milagrosas e não deve substituir nenhum tratamento farmacológico. Além disso, deve fazer parte de um contexto de hábitos de vida saudáveis para poder desenvolver suas funções. Estudos maiores em humanos são necessários para confirmar sua possível aplicação em alguns ambientes clínicos.

Pode interessar a você...
5 usos práticos da cúrcuma
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 usos práticos da cúrcuma

Neste artigo, vamos compartilhar alguns usos práticos da cúrcuma. Não deixe de incluí-la na sua dieta para aproveitar os seus benefícios.



  • Bengmark S., Mesa M.ª D., Gil A.. Plant-derived health: the effects of turmeric and curcuminoids. Nutr. Hosp.  [Internet]. 2009  Jun [citado  2019  Feb  20] ;  24( 3 ): 273-281. Disponible en: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0212-16112009000300003&lng=es.
  • Mukhopadhyay A, Bueso-Ramos C, Chatterjee D, Pantazis P, Aggarwal BB. Curcumin downregulates cell survival mechanisms in human prostate cancer cell lines. Oncogene 2001; 20: 7597-7609.
  • Radhakrishna Pillai G, Srivastava AS, Hassanein TI, Chauhan DP, Carrier E. Induction of apoptosis in human lung cancer cells by curcumin. Cancer Letters 2004; 208: 163-170.
  • Deab D, Jiang H, Gao X et al. Curcumin sensitizes prostate cancer cells to tumor necrosis factor-related apoptosis-inducing ligand/Apo2L by inhibiting nuclear factor-kB through suppression of Ikβα phosphorylation. Mol Cancer Ther 2004; 3: 803-812.
  • Mun J., Kim S., Yoon HG., You Y., et al., Water extract of curcuma longa L. ameliorates non alcoholic fatty liver disease. Nutrients, 2019.
  • Han S., Xu J., Guo X., Huang M., Curcumin ameliorates severe influenza pneumonia via attenuating lung injury and regulating macrophage cytokines production. Clin Exp Pharmacol Physiol, 2018. 45 (1): 84-93.
  • McCubrey JA., Lertpiriyapong K., Steelman LS., Abrams SL., et al., Effects of resveratrol, curcumin, berberine and other nutraceuticals on aging, cancer devvelopment, cancer stem cells and microRNAs. Aging, 2017. 9 (6): 1477-1536.