Surpreendentes benefícios da couve-flor que você desconhecia

A couve-flor é uma verdura muito versátil e rica em vitaminas, minerais e antioxidantes. Para potencializar seus efeitos recomendamos adicionar um pouco de cúrcuma.
Surpreendentes benefícios da couve-flor que você desconhecia

Última atualização: 03 Janeiro, 2019

A couve-flor é uma hortaliça muito saudável, da família dos vegetais cruciformes, dentre os quais se destaca o brócoli verde. Conheça surpreendentes benefícios da couve-flor que você desconhecia.

Composta por aproximadamente 85% de água, carece de hidratos de carbono, proteínas e gorduras. No entanto, é rica em nutrientes importantes como vitaminas, minerais, antioxidantes e outros fitoquímicos.

É ideal para um plano de dieta equilibrada, assim como para as dietas com fins de emagrecimento, já que nos proporciona poucas calorias.

O melhor de tudo é sua versatilidade, pois pode ser consumida crua, ao vapor, em saladas e muitos outros pratos. Você quer mais razões para incluir a couve-flor em sua dieta?

Veja também: Receita deliciosa de papinha de couve-flor, batata e abóbora

Benefícios da couve-flor

Promove a saúde do coração

A couve-flor contém uma substância chamada sulforafano, que é um composto de enxofre que ajuda a melhorar os problemas da pressão arterial e da função renal.

Segundo as pesquisas, o sulforafano poderia estar relacionado com a metilação do DNA, que é fundamental para a função celular normal, assim como para uma expressão genética adequada, especialmente na camada interna das artérias, que são propensas a danos. 

É anticancerígena

O sulforafano é um composto que demostrou ser eficaz para matar células estaminais do câncer, bloqueando o crescimento do tumor.

De acordo aos pesquisadores, eliminar as células estaminais do câncer poderia ser uma das chaves para controlar esta doença. Por exemplo, de acordo com seus estudos, a combinação de couve-flor com curcumina (presente na açafrão) pode ser muito eficaz na prevenção e tratamento do câncer de próstata.

Em estudos realizados com animais, descobriram que o sulforafano pode ser a chave para reduzir a incidência e o índice de tumores mamários.

Além disso, outros compostos da couve-flor como o indol e isotiocianatos, tiveram resultados positivos na inibição do desenvolvimento do câncer na bexiga, mama, cólon, fígado, pulmão e estômago.

Promove a saúde cerebral

Outro composto benéfico da couve-flor é a colina. Uma vitamina do grupo B que tem um papel muito importante na saúde e desenvolvimento do cérebro.

De fato, o consumo de colina na gravidez pode proporcionar incríveis benefícios a atividade cerebral dos fetos, o que indica que pode melhorar a função cognitiva, a aprendizagem e a memória.

Estimula a desintoxicação do organismo

A couve-flor contém antioxidantes que, junto aos nutrientes que contem o enxofre, promove as atividades desintoxicantes do organismo. Além disso, seu teor de glucosinolato também ativa as enzimas da desintoxicação.

Confira: Aprenda a preparar couve-flor com molho bechamel

Tem propriedades anti-inflamatórias

A couve-flor tem uma quantidade de nutrientes anti-inflamatórios, entre os quais inclui a indol-3carbinol ou I3C, que é um composto anti-inflamatório que atua ajudando a prevenir as reações inflamatórias em um nível elevado.

É boa para o aparelho digestivo

Por ser uma importante fonte de fibra, a couve-flor é uma boa aliada da saúde digestiva.

Mas, além disso, segundo World’s Healthiest Foods, seu consumo pode ajudar a proteger o revestimento do estômago. Isso porque o sulforafano ajuda a prevenir a proliferação bacteriana de Helicobacter pylori no estômago, evitando que fixe-se nas paredes.

É rica em antioxidantes e fitonutrientes

O consumo de couve-flor fornece ao nosso organismo uma quantidade de antioxidantes e fitonutrientes muito importantes, fundamental para a prevenção de diversas doenças. Esta hortaliça contém vitamina C, betacaroteno, Kaempferol, quercetina, rutina, ácido cinâmico, entre outros.

Estes antioxidantes ajudam o organismo a se proteger dos danos causados pelos radicais livres. Por isso, também ajudam a retardar o envelhecimento e prevenir danos em diversos tecidos e órgãos.

A couve-flor é uma hortaliça que vale a pena ser consumida por sua versatilidade e diversos benefícios.

Como aproveitar a couve-flor?

Como mencionamos anteriormente, a couve-flor também é uma hortaliça muito versátil que podemos incluir facilmente em diferentes pratos.

Uma boa ideia é cozinhá-la inteiras ou raminhos. Se você quiser cozinhá-la inteira, o recomendável é retirar as folhas e mergulhá-las em um recipiente com água limpa e vinagre, para limpá-las corretamente. No entanto, se quiser consumi-la em raminhos, o ideal é cortar com uma faca, muito cuidado, e depois fazer o mesmo truque para limpá-la.

Para melhores resultados, recomenda-se cozinhar a vapor. Além disso, você pode acrescentar o açafrão para potenciar seus incríveis benefícios para saúde.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
10 razões para comer couve-flor

A couve-flor tem um sabor agradável e oferece inúmeros benefícios para a sua saúde. Quer alguns motivos para começar a consumi-la regularmente?



  • Bai, Y., Wang, X., Zhao, S., Ma, C., Cui, J., & Zheng, Y. (2015). Sulforaphane Protects against Cardiovascular Disease via Nrf2 Activation. Oxidative Medicine and Cellular Longevity. https://doi.org/10.1155/2015/407580
  • Martínez-López, E., García-García, M. R., Campos-Pérez, W. Y., & González-Becerra, K. (2013). Genómica nutricional: Conceptos y expectativas. Revista de Endocrinología y Nutrición21(1), 22-34.
  • Shaw, G. M., Carmichael, S. L., Yang, W., Selvin, S., & Schaffer, D. M. (2004). Periconceptional dietary intake of choline and betaine and neural tube defects in offspring. American journal of epidemiology160(2), 102-109.
  • Zeisel, S. H. (2006). The fetal origins of memory: the role of dietary choline in optimal brain development. The Journal of pediatrics149(5), S131-S136.
  • Tsai, J. T., Liu, H. C., & Chen, Y. H. (2010). Suppression of inflammatory mediators by cruciferous vegetable-derived indole-3-carbinol and phenylethyl isothiocyanate in lipopolysaccharide-activated macrophages. Mediators of inflammation2010.
  • Yanaka, A., Fahey, J. W., Fukumoto, A., Nakayama, M., Inoue, S., Zhang, S., … & Yamamoto, M. (2009). Dietary sulforaphane-rich broccoli sprouts reduce colonization and attenuate gastritis in Helicobacter pylori–infected mice and humans. Cancer Prevention Research2(4), 353-360.
  • Sikora E., Cieslik E., Leszczynska T., Filipiak FLorkiewicz A., et al., The antioxidant activity of selected cruciferous vegetables subjeted to aquathermal processing. Food Chemistry, 2008.