O que é a balneoterapia?

22 Setembro, 2020
A balneoterapia é um tipo de terapia alternativa cujo objetivo é ajudar a combater várias doenças através do banho. Em que consiste? Quais são os seus benefícios? Descubra a seguir.

A balneoterapia é um tipo de terapia alternativa que ganhou muita popularidade nos últimos anos. Devido aos seus efeitos em vários tipos de doenças e condições de saúde, está sendo utilizada e recomendada pelos profissionais de saúde. Afinal, por que ela é tão popular?

Ela tem algumas semelhanças com a hidroterapia, mas não são a mesma coisa. Essa prática geralmente é realizada em spas, utilizando sais minerais e água através de mergulhos, inalações e massagens para fins terapêuticos. Também pode ser feita com lama medicinal.

Em vários países europeus, essa terapia foi incluída no sistema de saúde pública. Queremos convidá-lo a conhecê-la melhor a seguir.

O que é a balneoterapia?

A balneoterapia se refere a um conjunto de tratamentos alternativos que fazem parte da medicina tradicional. Embora o uso da água com fins terapêuticos remonte a Hipócrates, a fama da balneoterapia surgiu entre os séculos 18 e 19, quando os primeiros spas começaram a aparecer.

Desde então e até hoje, verificou-se que água, lama, pedras e sais minerais podem ajudar a promover o alívio de várias doenças. Além disso, em geral, a aplicação de suas diferentes técnicas promove o bem-estar físico e mental.

Mulher fazendo balneoterapia
A balneoterapia é um tipo de terapia alternativa cujo objetivo é ajudar a tratar vários tipos de doenças com técnicas baseadas no uso de sais minerais e água.

Técnicas populares

Na prática da balneoterapia, várias técnicas são usadas para fins terapêuticos. Frequentemente, os spas que as oferecem possuem águas ricas em minerais como sílica, enxofre, selênio, rádio, entre outros. Além disso, geralmente variam em suas temperaturas. Também há técnicas que fazem uso de argilas medicinais.

Não deixe de ler: Terapias naturais para reduzir os sintomas da fibromialgia

Terapia a quente e a frio

É a técnica mais popular em todos os spas. Nela, várias temperaturas são aplicadas, dependendo da finalidade terapêutica. A aplicação de água fria melhora a saúde da pele, alivia espasmos musculares e dores; as águas quentes dilatam os vasos sanguíneos, relaxam e ajudam o sistema metabólico.

Mineralização

Na técnica de mineralização, sais especiais são usados ​​para combater e tratar várias doenças. Através da imersão em água com esses sais, a saúde cardiovascular e respiratória pode ser melhorada. Além disso, por via oral, ajuda na eliminação de toxinas e promove a melhoria da função renal e metabólica.

Mineralização marinha

Este método se baseia no uso de minerais de alta concentração marinha para ajudar no tratamento de problemas cardiovasculares ou doenças de pele, como psoríase e acne.

Benefícios da balneoterapia

Terapias alternativas para dores no corpo
A balneoterapia pode ajudar a tratar vários tipos de problemas músculo-esqueléticos, incluindo aqueles que causam artrite e fibromialgia.

Na balneoterapia, são utilizadas técnicas para melhorar o fluxo sanguíneo e a capacidade de transportar oxigênio para cada parte do corpo. Portanto, sua prática traz benefícios no nível cardíaco e cerebral. Da mesma forma, ajuda a regular o sistema nervoso e é benéfica para o tratamento de doenças musculares e distúrbios da pele.

Ao usar métodos como a inalação de água mineralizada, pode-se prevenir e tratar várias doenças do sistema respiratório. Além disso, também melhora a saúde da pele, pois ajuda a desintoxicar seus tecidos enquanto combate infecções e acne. Outros benefícios que merecem destaque são:

  • Ajuda no tratamento da artrite: embora não seja uma cura para a doença, pode favorecer a redução da dor. Isso foi evidenciado em uma pesquisa publicada no Journal of Rheumatology.
  • Beneficia os pacientes com fibromialgia: embora sejam necessários mais estudos para apoiar esse benefício, a balneoterapia parece ajudar os pacientes com fibromialgia a aliviar a dor e a melhorar o humor.
  • Acalma a dor lombar: tomar banho em águas com sais minerais e sulfurosos contribui para o alívio da dor nas costas, principalmente na região lombar.
  • Melhora o humor:  em geral, as pessoas que passam por sessões de balneoterapia percebem uma melhora no humor. Todas as suas técnicas ajudam a aliviar os efeitos do estresse e da ansiedade.

Talvez você possa se interessar: Aromaterapia, em que consiste?

Contraindicações

Apesar dos benefícios da balneoterapia mencionados acima, não se deve esquecer que, em alguns casos, ela é contraindicada. Especificamente, os profissionais dessas terapias desaconselham seu uso em pacientes com doença cardiovascular grave ou gravidez avançada.

Também não é recomendada para pessoas com epilepsia ou doenças como tuberculose e diabetes mellitus grave. Por outro lado, é importante esclarecer que esse tipo de terapia deve ser considerado um auxílio a outros tratamentos estabelecidos, mas não um substituto para eles.

Em caso de dúvida, é melhor consultar um médico ou especialista no assunto. O profissional será o único a avaliar se é conveniente ou não se submeter a esse tipo de prática.

  • Verhagen, A. P., Bierma-Zeinstra, S. M. A., Boers, M., Cardoso, J. R., Lambeck, J., De Bie, R. A., & De Vet, H. C. W. (2007). Balneotherapy for osteoarthritis. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD006864
  • Verhagen, A. P., Bierma-Zeinstra, S., Lambeck, J., Cardoso, J. R., De Bie, R., Boers, M., & De Vet, H. C. W. (2008). Balneotherapy for osteoarthritis. A cochrane review. Journal of Rheumatology.
  • Carbajo JM, Maraver F. Sulphurous Mineral Waters: New Applications for Health. Evid Based Complement Alternat Med. 2017;2017:8034084. doi:10.1155/2017/8034084
  • Kamioka, H., Tsutani, K., Okuizumi, H., Mutoh, Y., Ohta, M., Handa, S., … Honda, T. (2010). Effectiveness of aquatic exercise and balneotherapy: a summary of systematic reviews based on randomized controlled trials of water immersion therapies. Journal of Epidemiology.
  • Verhagen, A. P., Bierma-Zeinstra, S. M., Boers, M., Cardoso, J. R., Lambeck, J., de Bie, R., & de Vet, H. C. W. (2015). Balneotherapy (or spa therapy) for rheumatoid arthritis. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD000518.pub2
  • Matz, H., Orion, E., & Wolf, R. (2003). Balneotherapy in dermatology. Dermatologic Therapy. https://doi.org/10.1046/j.1529-8019.2003.01622.x
  • NASERMOADDELI, A., & KAGAMIMORI, S. (2005). Balneotherapy in Medicine: A Review. Environmental Health and Preventive Medicine. https://doi.org/10.1265/ehpm.10.171
  • Kesiktas, N., Karakas, S., Gun, K., Gun, N., Murat, S., & Uludag, M. (2012). Balneotherapy for chronic low back pain: A randomized, controlled study. Rheumatology International. https://doi.org/10.1007/s00296-011-2163-9
  • Evcik, D., Kizilay, B., & Gökçen, E. (2002). The effects of balneotherapy on fibromyalgia patients. Rheumatology International. https://doi.org/10.1007/s00296-002-0189-8