7 alimentos que você pode consumir para proteger os rins e a bexiga

Além de ser rica em água, favorecer a produção de urina e purificar os rins, a melancia também promove a saúde sanguínea com sua contribuição de fibras e antioxidantes.
7 alimentos que você pode consumir para proteger os rins e a bexiga

Última atualização: 18 Maio, 2021

Os rins e a bexiga desempenham um papel fundamental no organismo, porque compõe o sistema urinário e atuam em conjunto com o fígado para remover resíduos da corrente sanguínea.

Enquanto os rins são responsáveis por filtrar e limpar cerca de 200 litros de sangue por dia, a bexiga tem a função de armazenar a urina produzida para depois expulsá-la.

Estes órgãos podem apresentar dificuldades devido à acumulação excessiva de toxinas ou ao desenvolvimento de infecções e problemas inflamatórios. Portanto, é recomendável manter hábitos que ajudem a melhorar as funções destes órgãos, principalmente em relação à alimentação. Para isso, você pode aproveitar as propriedades de alguns alimentos que ajudam a fortalecê-los.

1. Mirtilo

Conheça 7 alimentos que você pode consumir para proteger os rins e a bexiga
O mirtilo é excelente para a saúde renal.

Devido ao seu alto teor de nutrientes essenciais, o mirtilo é considerado um dos melhores alimentos para proteger o sistema urinário.

  • Seus compostos antioxidantes favorecem o processo de eliminação de toxinas, fortalecendo as funções renais e otimizando a produção de urina.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a prevenir problemas como a cistite, uma condição que afeta a bexiga.
  • Sua ingestão evita que bactérias e vírus afetem os tecidos destes órgãos, prevenindo infecções.
  • É uma opção complementar contra cálculos renais, pois ajuda a eliminar os depósitos de cálcio e ácido úrico.

2. Salsão

O salsão é um vegetal diurético utilizado há séculos contra condições que afetam os rins.

  • Ele contém um alto teor de potássio, um mineral que favorece a eliminação de líquidos retidos, evitando problemas inflamatórios.
  • Estudos demonstram que ele possui uma grande quantidade de antioxidantes, o que auxilia na decomposição e expulsão de toxinas, facilitando sua passagem pelos dutos urinários.
  • A ele são atribuídas propriedades anti-inflamatórias, que reduzem o risco de desenvolver doenças nos rins e na bexiga.

3. Melancia

Esta fruta tropical contém água e poderosos antioxidantes que ajudam a hidratar o corpo, melhorando o funcionamento do sistema urinário.

  • Seu consumo regular reduz a inflamação causada pela retenção de líquidos, um dos fatores que interferem no funcionamento dos rins.
  • Atua contra a cistite estimulando a produção de urina para remover bactérias acumuladas nas paredes da bexiga.
  • Contém potássio e magnésio, minerais que participam do trabalho renal. O potássio é capaz é de auxiliar no controle da pressão arterial, conforme aponta um estudo publicado no International Journal of Cardiology.
  • Suas fibras e antioxidantes ajudam a filtrar as toxinas presentes no sangue, evitando que elas se acumulem em quantidades excessivas.

4. Abacaxi

O abacaxi é um dos principais alimentos quando se trata de proteger os rins e o sistema imunológico.

  • Seus principais benefícios são atribuídos à sua alta concentração de bromelaína, uma poderosa enzima que ajuda a quebrar as toxinas que escapam do sangue.
  • Esta substância lhe confere efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos, ideais para reduzir o risco de infecções no organismo.
  • Contém vitaminas A e C. Estudos indicam que a vitamina C ajuda a fortalecer as defesas para melhorar a resposta contra o ataque de agentes patogênicos.
  • Ajuda a aliviar a irritação da bexiga e reduz o risco de cálculos renais.

5. Morango

Conheça alimentos que você pode consumir para proteger os rins e a bexiga
O morango é rico em antioxidantes e micronutrientes.

O morango é repleto de antioxidantes e nutrientes essenciais que apoiam a função renal, evitando dificuldades devido à retenção de líquidos e toxinas.

  • Suas vitaminas e minerais ajudam a regular os processos inflamatórios, reduzindo o risco de insuficiência.
  • Reduz os efeitos negativos dos radicais livres, que são os principais responsáveis pela oxidação celular.
  • Ajuda a restaurar o equilíbrio de líquidos, otimizando a produção de urina.

6. Espinafre

O espinafre tem poucas calorias e fornece nutrientes essenciais para o organismo.

  • É benéfico para o sistema urinário, pois tem propriedades diuréticas que ajudam a promover a eliminação de fluidos.
  • Seus antioxidantes melhoram o processo renal que filtra as toxinas do sangue e reduzem o impacto negativo dos radicais livres.
  • Atua como um tônico para a bexiga, evitando a irritação de seus tecidos em caso de infecções bacterianas.

7. Salsa

A salsa, especialmente preparada em infusão, ajuda a desintoxicar os rins para prevenir doenças crônicas.

  • Ela contém clorofila, antioxidantes e fibras naturais que promovem a eliminação de resíduos, evitando que eles se acumulem nos tecidos.
  • Ajuda a reduzir a inflamação dos dutos urinários, principalmente no caso de cálculos renais e infecções.
  • É diurética, o que facilita o alívio da retenção de líquidos.

Você está com uma infecção do trato urinário, ou está preocupado em ter problemas na bexiga ou nos rins? Não hesite em aumentar o consumo destes alimentos. Lembre-se de complementá-los com a ingestão diária de água suficiente, pois este líquido é vital para manter os órgãos saudáveis.

Pode interessar a você...
5 remédios naturais para combater pedras nos rins
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
5 remédios naturais para combater pedras nos rins

Conheça neste artigo alguns remédios naturais para combater pedras nos rins e dissolvê-las sem causar efeitos colaterais em seu organismo.



  • Kooti W, Daraei N. A Review of the Antioxidant Activity of Celery ( Apium graveolens L). J Evid Based Complementary Altern Med. 2017 Oct;22(4):1029-1034
  • Filippini T, Violi F, D’Amico R, Vinceti M. The effect of potassium supplementation on blood pressure in hypertensive subjects: A systematic review and meta-analysis. Int J Cardiol. 2017 Mar 1;230:127-135.
  • Carr AC, Maggini S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients. 2017 Nov 3;9(11):1211.