Alimentos que favorecem a circulação sanguínea nas pernas

· 17 de outubro de 2015
É muito importante reduzir o consumo de sal para melhorar nossa circulação. Para adicionar sabor à comida, podemos substitui-lo por ervas aromáticas.

A circulação sanguínea nas pernas pode ser afetada por diversos fatores, entre os quais está a nutrição. Quando a dieta é rica em sódio, gorduras saturadas e alimentos coagulantes, o sangue pode ficar mais espesso.

Consequentemente, pode haver maior tendência a reter líquidos, pois o fluxo sanguíneo se torna mais difícil.

Segundo o Capítulo Espanhol de Flebologia, uma sociedade médica espanhola que estuda patologias, quase 30% dos adultos sofre com insuficiência venosa crônica, um problema que se intensifica muito mais com a chegada do verão.

Cansaço, peso nas pernas e veias dilatadas que ocasionam o acúmulo de sangue e a retenção de líquidos nas panturrilhas e tornozelos são realidades muito comum nas mulheres. Além de tudo isso, ainda causam muitas dores.

O problema reside na má circulação das pernas, uma doença que parece ter origem em um componente genético e que, por sua vez, acaba sendo influenciado por outros fatores, como vida sedentária e má alimentação.

Quando as veias das pernas perdem sua elasticidade, as válvulas não fecham bem e isso faz com que o sangue acabe se acumulando, originando assim as varizes e uma dolorosa sensação.

Podemos melhorar a circulação sanguínea nas pernas e aliviar esses problemas? Sem dúvida!

Se começarmos a fazer um pouco de exercícios diários e introduzirmos os seguintes alimentos em nossa dieta, podemos obter uma melhor qualidade de vida. Experimente!

Alimentos que favorecem a circulação sanguínea nas pernas

1. Alimentos ricos em vitamina C

a circulação sanguínea

Um erro que geralmente cometemos é não consumir vitamina C ou, pior ainda, nos limitarmos a comprar sucos industrializados no supermercado pensando que assim vamos suprir nosso déficit desse tipo de nutriente.

O mais adequado será sempre comprar a fruta em sua forma natural e, se possível, de cultivo orgânico para termos a segurança de que vamos obter todas as vitaminas e minerais presentes nesses alimentos de maneira adequada.

As laranjas, assim como os limões e os mamões, são muito ricas em vitamina C. Este elemento, por sua vez, vai nos ajudar a:

  • Fortalecer nossas veias e capilares.
  • Evitar o acúmulo de gordura no sangue.
  • Favorecer a circulação sanguínea e reduzir a hipertensão, assim como o colesterol.
  • Depurar nosso organismo das toxinas, evitando, assim, a retenção de líquidos.
  • Fortalecer o sistema imunológico.

Leia também: Combata as varizes com este tratamento de azeite de oliva e calêndula

2. Gengibre

a circulação sanguínea

Esta raiz  milagrosa tem uma grande tradição dentro do campo da medicina natural. É muito possível que em sua rotina diária você utilize muitos tratamentos médicos e farmacológicos para favorecer a circulação das pernas.

Mas se, além disso, você incluir o consumo regular de gengibre, vai acabar notando muitas melhoras que valem a pena serem levadas em consideração.

Não estamos dizendo que você deve substituir os fármacos pelo gengibre. Em vez disso, utilize-o como “complemento”.

Você deve tomá-lo em sua forma fresca para poder se beneficiar de todas as propriedades.

Dessa maneira, você absorverá melhor os nutrientes, o que favorecerá sua saúde e das suas veias e artérias, tornando-as mais elásticas.

3. Sementes de abóbora

a circulação sanguínea

Nunca jogue fora as sementes de abóbora. Muitas vezes não temos consciência dos grandes benefícios deste pequeno elemento para nossa saúde.

As sementes de abóbora são fontes naturais de vitamina E, um componente ideal para proteger os tecidos do corpo e ajudar a melhorar a elasticidade das veias e artérias.

Além disso, essas sementes favorecem a circulação das pernas e nos ajudam a prevenir coágulos. Dessa maneira, não hesite e consuma-as sempre que possível.

4. Um dente de alho em jejum com um com um copo de água

a circulação sanguínea

É muito medicinal! Se você não está acostumada(o) a fazer isso todo dia, comece amanha mesmo.

Tomar em jejum um dente de alho com um copo de água nos ajudará a limpar o sangue e evitar o acúmulo de placas nas veias e artérias.

Deste modo, favorecemos a circulação das pernas e melhoramos nossa saúde cardiovascular. Não esqueça: o alho é o melhor antibiótico natural que podemos encontrar!

Leia também: Óleo de alho: um remédio muito versátil para cuidar do seu corpo

5. Melancia

a circulação sanguínea

A melancia é refrescante, diurética e muito rica em licopeno, um antioxidante que também é encontrado nos tomates e que nos ajuda a “impulsionar” a circulação sanguínea nas extremidades, ou seja, nas mãos e nas pernas.

Graças às suas propriedades que ajudam a evitar a inflamação e a retenção de líquidos, consumir melancia regularmente nos ajudará a evitar o aparecimento dos coágulos e a reduzir um pouco as varizes.

6. Cúrcuma

a circulação sanguínea

A cúrcuma é uma especiaria medicinal muito comum na culinária oriental. Entretanto, pouco a pouco, vem ganhando forças nos países ocidentais.

É muito adequada para ser usada ensopados para dar uma cor. Além disso, pode ser usada como um grande substituto do sal graças ao seu sabor.

Seja como for, são vários os estudos que consideram a cúrcuma como um alimento importante para ajudar em nossa saúde. Tudo isso porque:

  • Contém propriedades anti-inflamatórias, antissépticas e antioxidantes.
  • Ajuda a melhorar a fluidez do sangue.
  • É muito adequada para reduzir a dor, o cansaço e a pressão que sentimos nas pernas devido à má circulação.

Lembre-se sempre de que para melhorar a circulação nas pernas devemos eliminar o sal de nossa dieta, beber muitos líquidos e fazer um pouco de atividade física todos os dias.

Pequenas, mas importantes, mudanças cotidianas nos ajudarão a ter uma melhor qualidade de vida. Que tal começar hoje mesmo?