Como deve ser a alimentação de uma pessoa gripada?

29 de junho de 2020
O bom estado do sistema imunológico é essencial para enfrentarmos qualquer processo infeccioso. Descubra como a alimentação influencia a nossa imunidade.

Quando o frio chega, ficamos mais tempo em espaços fechados e perto de outras pessoas que podem espalhar os vírus do resfriado e da gripe. Uma pessoa gripada deve manter uma alimentação específica para fortalecer o sistema imunológico, aliviando os sintomas e evitando complicações.

É importante que você saiba quais alimentos ajudarão a fortalecer as suas defesas para aliviar os sintomas desconfortáveis ​​da doença o mais rápido possível. É sobre isso que falaremos a seguir. Confira!

Alimentação e saúde

Como deve ser a alimentação de uma pessoa gripada?
Se consumirmos uma variedade de micronutrientes essenciais por meio da dieta, aumentaremos a nossa imunidade.

Hipócrates já disse há 25 séculos:

Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

É que Hipócrates, conhecido como o pai da medicina, já conhecia a grande influência da alimentação sobre a nossa saúde.

Os alimentos que ingerimos ao longo do dia podem influenciar a nossa saúde de forma positiva ou negativa. De fato, existem muitos micronutrientes (vitaminas e minerais) que contribuem para o funcionamento normal do sistema imunológico, como o cobre, folato, ferro, selênio, vitaminas A, B12, B6, C, D e zinco.

Como a alimentação influencia o estado gripal?

O corpo precisa de todos os seus  recursos para combater a doença, por isso é conveniente fornecer alimentos de boa qualidade, ricos em nutrientes e fáceis de digerir. Evite refeições exageradas, bem como aquelas ricas em gordura animal, embutidos, salgadinhos ou produtos industrializados.

A alimentação de uma pessoa gripada deve ser leve, rica em frutas, verduras e legumes, pois será mais fácil de digerir e ajudará a aliviar os sintomas com mais rapidez.

Você sabia?: Gripe ou resfriado? Principais diferenças

Como deve ser a alimentação de uma pessoa gripada?

1. Alho

O alho possui propriedades benéficas para a saúde
Suas propriedades antimicrobianas podem ajudar a combater infecções respiratórias.

O alho possui propriedades antivirais e antibacterianas que podem ajudar a mantê-lo saudável. Pode ajudar a combater a tosse, resfriados e sinusite. Inclusive, o alho fresco e cru é o que traz mais benefícios à saúde. Você pode consumir entre 1 ou 2 dentes de alho por dia como medida preventiva.

2. Iogurte com probióticos

Os probióticos são microrganismos vivos com efeitos benéficos para a saúde. Existem vários artigos científicos que afirmam que os probióticos podem reduzir a duração dos episódios de gripe ou de resfriado. Por esse motivo, recomendamos que você tome um iogurte regularmente. Sua imunidade vai agradecer!

3. Gengibre

O gengibre é um remédio tradicional na medicina universal. Com seu sabor forte e picante, o gengibre ajuda a desfazer a fleuma. Dessa maneira, facilita a limpeza do trato respiratório e alivia os sintomas de congestão. Por outro lado, também contém fitoquímicos que ajudam a combater os vírus que podem causar doenças respiratórias.

4. Alimentos que contêm zinco

Alimentos que contêm zinco aliviam os sintomas da gripe
Este mineral exerce um efeito fortalecedor em nossas defesas, aumentando-as para aliviar os sintomas da gripe.

Os alimentos que contêm altos níveis de zinco podem fortalecer seu sistema imunológico e prevenir infecções. Se você já estiver resfriado, o zinco pode ajudar a prevenir complicações.

Estes são alguns dos alimentos comuns que contêm zinco:

  • Leguminosas (feijão, grão-de-bico, feijão-fradinho, lentilha, ervilha e soja).
  • Sementes de abóbora, grãos integrais, nozes.
  • Carne de vaca e ovos.

Leia também: Como preparar um xarope de cenoura contra o resfriado, a tosse e a gripe

5. Mel

De acordo com dados da Biblioteca Nacional de Medicina, este alimento atua diretamente no trato respiratório porque é um expectorante natural que ajuda a eliminar a fleuma. Assim, é um alimento muito útil para controlar e combater infecções na garganta, graças às suas propriedades antissépticas.

Outras dicas de alimentação para uma pessoa gripada

A hidratação ajuda a aliviar os sintomas dos problemas respiratórios
Hidratar-se com frequência facilitará a expulsão do muco.

Se você já tem os sintomas da gripe mas não tem apetite, não precisa comer muitos alimentos sólidos durante os primeiros dias. Entretanto, líquidos, como sucos, purês e sopas caseiras, são recomendáveis. É essencial que você beba bastante líquido (entre 8 e 10 copos de água) para facilitar a remoção do muco e hidratar as membranas mucosas.

Tome caldo de galinha

Um estudo da Universidade de Nebraska confirmou o que todas as avós já sabiam: uma boa canja de galinha faz você se sentir melhor porque reduz a congestão e lubrifica a garganta, aliviando a irritação. Além disso, é nutritiva e hidratante. Também existem algumas evidências científicas a respeito dos seus efeitos anti-inflamatórios.

Coma carne branca e leguminosas

Aparentemente, ingerir 75 mg de zinco por dia parece contribuir para uma diminuição de 20-40% da duração dos resfriados. Lembre-se de que os alimentos mais ricos nesse mineral são carnes brancas, frutos do mar, peixes, oleaginosas, grãos integrais e leguminosas.

Como você notou, a alimentação de uma pessoa gripada deve ser equilibrada. Além disso, dormir o suficiente e mover-se moderadamente também ajudará a superar a infecção.

  • López de Romaña Daniel, Castillo D Carlos, Diazgranados Doricela. EL ZINC EN LA SALUD HUMANA -1. Rev. chil. nutr.  https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-75182010000200013&lng=es.
  • Rennard BO, Ertl RF, Gossman GL, Robbins RA, Rennard SI. Chicken soup inhibits
    neutrophil chemotaxis in vitro. Chest. 2000 Oct;118(4):1150-7. PubMed PMID:
    11035691.
  • Villena Ferrer Alejandro, Téllez Lapeira Juan Manuel, Ayuso Raya Mª Candelaria, Ponce García Isabel, Morena Rayo Susana, Martínez Ramírez Miriam. Cinco preguntas clave en la Gripe: una Revisión de Guías. Rev Clin Med Fam