Como deve ser a alimentação de uma pessoa gripada?

O bom estado do sistema imunológico é essencial para enfrentarmos qualquer processo infeccioso. Descubra como a alimentação influencia a nossa imunidade.

Última atualização: 29 Junho, 2020

Quando o frio chega, ficamos mais tempo em espaços fechados e perto de outras pessoas que podem espalhar os vírus do resfriado e da gripe. Uma pessoa gripada deve manter uma alimentação específica para fortalecer o sistema imunológico, aliviando os sintomas e evitando complicações.

É importante que você saiba quais alimentos ajudarão a fortalecer as suas defesas para aliviar os sintomas desconfortáveis ​​da doença o mais rápido possível. É sobre isso que falaremos a seguir. Confira!

Alimentação e saúde

Se consumirmos uma variedade de micronutrientes essenciais por meio da dieta, aumentaremos a nossa imunidade.

Hipócrates já disse há 25 séculos:

Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

É que Hipócrates, conhecido como o pai da medicina, já conhecia a grande influência da alimentação sobre a nossa saúde.

Os alimentos que ingerimos ao longo do dia podem influenciar a nossa saúde de forma positiva ou negativa. De fato, existem muitos micronutrientes (vitaminas e minerais) que contribuem para o funcionamento normal do sistema imunológico, como o cobre, folato, ferro, selênio, vitaminas A, B12, B6, C, D e zinco.

Como a alimentação influencia o estado gripal?

O corpo precisa de todos os seus  recursos para combater a doença, por isso é conveniente fornecer alimentos de boa qualidade, ricos em nutrientes e fáceis de digerir. Evite refeições exageradas, bem como aquelas ricas em gordura animal, embutidos, salgadinhos ou produtos industrializados.

A alimentação de uma pessoa gripada deve ser leve, rica em frutas, verduras e legumes, pois será mais fácil de digerir e ajudará a aliviar os sintomas com mais rapidez.

Você sabia?: Gripe ou resfriado? Principais diferenças

Como deve ser a alimentação de uma pessoa gripada?

1. Alho

Suas propriedades antimicrobianas podem ajudar a combater infecções respiratórias.

O alho possui propriedades antivirais e antibacterianas que podem ajudar a mantê-lo saudável. Pode ajudar a combater a tosse, resfriados e sinusite. Inclusive, o alho fresco e cru é o que traz mais benefícios à saúde. Você pode consumir entre 1 ou 2 dentes de alho por dia como medida preventiva.

2. Iogurte com probióticos

Os probióticos são microrganismos vivos com efeitos benéficos para a saúde. Existem vários artigos científicos que afirmam que os probióticos podem reduzir a duração dos episódios de gripe ou de resfriado. Por esse motivo, recomendamos que você tome um iogurte regularmente. Sua imunidade vai agradecer!

3. Gengibre

O gengibre é um remédio tradicional na medicina universal. Com seu sabor forte e picante, o gengibre ajuda a desfazer a fleuma. Dessa maneira, facilita a limpeza do trato respiratório e alivia os sintomas de congestão. Por outro lado, também contém fitoquímicos que ajudam a combater os vírus que podem causar doenças respiratórias.

4. Alimentos que contêm zinco

Este mineral exerce um efeito fortalecedor em nossas defesas, aumentando-as para aliviar os sintomas da gripe.

Os alimentos que contêm altos níveis de zinco podem fortalecer seu sistema imunológico e prevenir infecções. Se você já estiver resfriado, o zinco pode ajudar a prevenir complicações.

Estes são alguns dos alimentos comuns que contêm zinco:

  • Leguminosas (feijão, grão-de-bico, feijão-fradinho, lentilha, ervilha e soja).
  • Sementes de abóbora, grãos integrais, nozes.
  • Carne de vaca e ovos.

Leia também: Como preparar um xarope de cenoura contra o resfriado, a tosse e a gripe

5. Mel

De acordo com dados da Biblioteca Nacional de Medicina, este alimento atua diretamente no trato respiratório porque é um expectorante natural que ajuda a eliminar a fleuma. Assim, é um alimento muito útil para controlar e combater infecções na garganta, graças às suas propriedades antissépticas.

Outras dicas de alimentação para uma pessoa gripada

Hidratar-se com frequência facilitará a expulsão do muco.

Se você já tem os sintomas da gripe mas não tem apetite, não precisa comer muitos alimentos sólidos durante os primeiros dias. Entretanto, líquidos, como sucos, purês e sopas caseiras, são recomendáveis. É essencial que você beba bastante líquido (entre 8 e 10 copos de água) para facilitar a remoção do muco e hidratar as membranas mucosas.

Tome caldo de galinha

Um estudo da Universidade de Nebraska confirmou o que todas as avós já sabiam: uma boa canja de galinha faz você se sentir melhor porque reduz a congestão e lubrifica a garganta, aliviando a irritação. Além disso, é nutritiva e hidratante. Também existem algumas evidências científicas a respeito dos seus efeitos anti-inflamatórios.

Coma carne branca e leguminosas

Aparentemente, ingerir 75 mg de zinco por dia parece contribuir para uma diminuição de 20-40% da duração dos resfriados. Lembre-se de que os alimentos mais ricos nesse mineral são carnes brancas, frutos do mar, peixes, oleaginosas, grãos integrais e leguminosas.

Como você notou, a alimentação de uma pessoa gripada deve ser equilibrada. Além disso, dormir o suficiente e mover-se moderadamente também ajudará a superar a infecção.

Pode interessar a você...
Mejor con SaludLeerlo en Mejor con Salud
Como a gripe afeta o corpo?

A gripe é uma doença viral e sazonal. Muitos de nós já a tivemos e sabemos, a partir da nossa experiência, como a gripe afeta o corpo.



  • López de Romaña Daniel, Castillo D Carlos, Diazgranados Doricela. EL ZINC EN LA SALUD HUMANA -1. Rev. chil. nutr.  https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-75182010000200013&lng=es.
  • Rennard BO, Ertl RF, Gossman GL, Robbins RA, Rennard SI. Chicken soup inhibits
    neutrophil chemotaxis in vitro. Chest. 2000 Oct;118(4):1150-7. PubMed PMID:
    11035691.
  • Villena Ferrer Alejandro, Téllez Lapeira Juan Manuel, Ayuso Raya Mª Candelaria, Ponce García Isabel, Morena Rayo Susana, Martínez Ramírez Miriam. Cinco preguntas clave en la Gripe: una Revisión de Guías. Rev Clin Med Fam