Gripe ou resfriado? Principais diferenças

18 de fevereiro de 2019
Gripe ou resfriado? Embora sejam duas patologias geralmente consideradas muito semelhantes, a gripe e o resfriado comum apresentam muitas diferenças. Os vírus, o diagnóstico, e também os tratamentos que o especialista irá impor são diferentes.

Diante do aparecimento do desconforto físico que afeta o trato respiratório, a pergunta obrigatória é: se trata de gripe ou resfriado? Ambas as condições são um processo viral, o que quer dizer que se espalham por meio de vírus.

Assim então, descubra neste artigo as particularidades dessas duas condições comuns. Continue lendo!

Quais são as causas da gripe ou resfriado

O resfriado comum pode ocorrer por meio da infecção de cerca de 200 vírus; em vez disso, a causa da gripe é o vírus conhecido como influenza. Em relação aos diferentes vírus, a OMS localizou alguns dos mais importantes na gripe sazonal.

Esses vírus podem ser espalhados com relativa facilidade, pois estão presentes no ambiente e em qualquer superfície, onde podem viver até 24 horas. Além disso, aqueles que já foram infectados podem transmiti-lo para outras pessoas através da tosse, saliva e espirros.

As vacinas existentes são geralmente prescritas para as gripes A e B, porque são consideradas as cepas mais virulentas. Sua aplicação é recomendada para a população vulnerável uma vez por ano, antes do inverno; São considerados vulneráveis ​​os idosos, as grávidas, os doentes, os trabalhadores do setor de saúde, e as crianças.

Outras diferenças

O resfriado causa uma afecção moderada no nariz e na garganta. Quanto à gripe, ela pode afetar o trato respiratório em geral, mas também pode causar mal estar físico em todo o corpo.

Gripe ou resfriado deixam de cama

Quanto ao clima, o resfriado pode ser pego em qualquer época do ano, embora não seja tão frequente no verão. Em contraste, a gripe é geralmente muito sazonal, e se espalha mais no inverno.

Descubra: Como tomar própolis ao sentir os primeiros sintomas de gripe e resfriado

Gripe ou resfriado? Sintomas diferentes

Os sintomas mais comuns de um resfriado são congestão nasal, falta de ar, espirros e tosse. Você também pode sentir dor de garganta, e um ligeiro aumento na temperatura do corpo, que não chega a ser febre (até 37,5 ºC).

Por outro lado, a sintomatologia da gripe inclui congestão nasal em menor grau, dor na faringe e tosse. A isso, se adiciona uma sensação de exaustão, dor muscular e dores de cabeça; a febre alta aparece, isto é, acima de 38,5º C.

Essa sintomatologia faz diferença em termos de gravidade. Observa-se que a gripe é mais exaustiva que o resfriado; No entanto, ambos podem ter complicações que afetam seriamente a saúde e a vida das pessoas que as contraem.

Ante gripe ou resfriado consulte seu médico

Um tratamento para cada condição

Devido a que ambas as condições são causadas por vírus, o tratamento é sintomático, isto é, procura apenas aliviar os sintomas. A doença tem um certo ciclo de dias, mais no caso da gripe do que no resfriado, e não há tratamento para encurtar esse período.

  • Não é um processo bacteriano, por isso os antibióticos não devem ser tomados, exceto quando surgirem complicações, e sempre prescritas por um médico especialista.
  • Não se recomenda a automedicação para prevenção deste tipo de patologias. Somente o médico tem as qualificações profissionais para tratar essas doenças.
  • O tratamento inclui descongestionantes, antitussígenos, antialérgicos ou anti-histamínicos, expectorantes, mucolíticos, analgésicos e antigripais, dependendo do caso.

Como são diagnosticados e quanto tempo duram

Os pacientes geralmente têm grandes dúvidas sobre a duração dessas patologias. A seguir, veremos algumas informações importantes sobre isso:

  • Em geral, a descrição dos sintomas basta ao médico para diagnosticar essas doenças. A seu critério, ele pode solicitar exames de sangue e  de faringe.
  • O resfriado comum é considerado de recuperação rápida; pode se estender até cinco dias a partir do início dos sintomas, que aparecerão de forma progressiva.
  • O desconforto derivado da gripe vai aumentando de maneira rápida. Esta doença tem uma duração entre 7 e 15 dias, embora haja uma grande tipologia de casos muito diferentes.
  • Se qualquer uma das duas doenças durar mais do que o estimado, a ajuda médica deve ser procurada imediatamente, a fim de evitar complicações maiores.

Complicações possíveis

Gripe ou resfriado pode causar dor de cabeça

Sem dúvida, um período excessivo de tempo de gripe ou resfriado deve ser motivo de consulta médica; as complicações incluem otite, bronquite, pneumonia e sinusite.

Essas doenças constituem um quadro clínico diferente, tanto na sua abordagem quanto no seu tratamento. Elas podem estar associadas a infecções bacterianas.

Gripe ou resfriado: atendimento domiciliar

Sem esquecer que apenas o médico está autorizado a prescrever um tratamento, algumas medidas caseiras podem ajudar no enfrentamento da doença. No estágio mais forte da gripe ou do resfriado, é importante:

  • O descanso físico. O corpo está ocupado combatendo a doença de dentro pra fora, e por isso o organismo necessitará do maior número de energias disponíveis.
  • Consumir líquido em abundância, para ajudar a fluidificar as mucosidades, e aliviar a congestão do trato respiratório.
  • O uso de umidificadores é muito benéfico. Sabe-se que um ambiente seco promove a proliferação de bactérias no trato respiratório.

Em conclusão, quando se trata de limpeza corporal, seja de gripe ou resfriado, para minimizar o contágio é aconselhável lavar as mãos com mais frequência. E também manter uma boa higiene em geral.