A importância de consultar um especialista para iniciar uma dieta

· 22 de março de 2019
Antes de iniciar uma dieta, é essencial visitar um nutricionista para avaliar seu estado de saúde e hábitos de vida. Levando tais aspectos em consideração, você poderá escolher uma dieta balanceada e segura.

Quase sempre, com a intenção de atingir um peso saudável, muitas pessoas decidem começar com uma dieta sem consultar um especialista. Devido à facilidade de acesso às recomendações, elas ignoram a opinião de um nutricionista.

Ignorar as dicas de um profissional pode causar efeitos contraproducentes ao modificar a alimentação. Embora existam propostas equilibradas que melhorem a saúde, nem todas são adequadas às necessidades nutricionais de cada pessoa.

Você quer começar a seguir uma dieta? Se não estava planejando visitar um médico antes, então, descubra aqui os vários motivos para fazer isso.

Por que é importante consultar um especialista antes de começar uma dieta?

Sempre é recomendável visitar um nutricionista periodicamente para planejar uma dieta apropriada para cada pessoa. Esse especialista tem os conhecimentos necessários para avaliar como deve ser a dieta de acordo com as exigências de cada organismo.

De fato, a razão pela qual muito fracassam ao querer melhorar a alimentação é a falta de conhecimento sobre o funcionamento do próprio organismo. Além disso, algumas pessoas se submetem a regimes restritos, cujas características são prejudiciais à saúde.

Para entender melhor, vamos passar a seguir alguns motivos dos quais as pessoas deveriam consultar um especialista antes de começar uma dieta.

Não deixe de ler: Alimentos fermentados: por que incluí-los na dieta?

O organismo pode se alterar

É bom consultar um especialista para saber como fazer uma dieta sem efeitos adversos

Toda mudança na alimentação pode trazer consigo uma série de alterações no organismo, principalmente quando se trata de uma dieta baixa em calorias. Como resultado, surgem alguns sintomas e problemas de saúde que reduzem a qualidade de vida, tais como:

  • Cansaço muscular
  • Sonolência e cansaço
  • Hipotensão arterial
  • Hipoglicemia
  • Constipação e diarreia
  • Distensão abdominal
  • Tonturas
  • Efeito sanfona
  • Doenças crônicas
  • Doenças crônicas

Cada corpo tem suas próprias necessidades

Seja porque uma pessoa deseja emagrecer ou tem uma determinada doença, cada tipo de dieta deve ser personalizado, e deve-se consultar um especialista. Uma nutrição adequada é obtida quando se consideram os diversos parâmetros pessoais e as patologias distintas de cada pessoa.

Todas as dietas generalizadas, embora combinem alimentos balanceados, não levam em conta o peso, a idade, a altura e o estilo de vida de cada pessoa. Por isso, algumas pessoas até conseguem obter bons resultados, mas outras ficam frustradas ou doentes.

Podem existir deficiências nutricionais

É bom consultar um especialista para evitar adoecer com as dietas

As populares dietas “milagrosas” que são tão compartilhadas por aí parecem uma boa saída para perder bastante peso em pouco tempo. O problema é que quase todas têm deficiências nutricionais e uma série de efeitos secundários que podem comprometer a saúde.

Os nutricionistas não recomendam essas dietas porque elas não trazem bons resultados a médio e longo prazo. Por serem profissionais da área, eles são capazes de recomendar uma dieta balanceada para trazer efeitos permanentes e seguros.

Confira também: 10 alimentos que nenhum especialista em comida consumiria

Algumas dietas desencadeiam transtornos alimentares

Os médicos e especialistas em nutrição sempre garantam que as dietas de seus pacientes sejam equilibradas e completas. Quando uma pessoa segue um regime extremo, ela corre o risco de desenvolver transtornos alimentares, como a anorexia e a bulimia.

Por isso, para identificar a tempo qualquer irregularidade relacionada à dieta, é fundamental consultar um especialista antes de seguir qualquer plano.

Podem ocorrer reações indesejadas

Começar uma dieta sem procurar um médico aumenta o risco de desenvolver problemas por conta das interações indesejadas de alguns suplementos ou medicamentos com os alimentos.

Se você fizer tratamentos medicamentosos, o médico é o único que pode determinar quais são os alimentos seguros para não desenvolver efeitos secundários.

Consultar um especialista pode oferecer educação nutricional

É bom consultar um especialista para saber o que comer

Muitas pessoas relacionam o termo “dieta” com planos restritivos e perigosos que permitem reduzir medidas corporais em tempo recorde. O nutricionista, de acordo com seus conhecimentos, pode fornecer educação nutricional para acabar com esses conceitos errados.

Em suma, ao visitá-lo, ele poderá explicar a você por que é bom ou não fazer uma dieta. Além disso, ele poderá mostrar a você que seguir uma dieta saudável não significa passar fome ou comer só vegetais.

Você está fazendo uma dieta sem consultar um especialista? Cuidado! Por mais segura que pareça, ela pode causar consequências indesejadas, caso não seja adequada.