8 variedades de maçãs e suas características

A maçã é muito popular, mas você sabe qual variedade você está comendo? Veja qual é a sua preferida e os benefícios que ela traz para a sua saúde.
8 variedades de maçãs e suas características

Última atualização: 30 dezembro, 2021

A maçã é uma fruta comestível muito popular. É um fruto pomáceo, ou seja, carnudo e redondo. Existem diferentes escalas de doçura, pois existem variedades de maçãs para todos os gostos.

Até 7500 variedades com cores entre vermelho, verde e amarelo foram reconhecidas. No entanto, apenas um pequeno número é comercializado.

Do ponto de vista nutricional, os benefícios para a saúde são perceptíveis neste produto, pois contém antioxidantes, fibras, vitaminas e minerais. Neste artigo, explicamos em detalhes as vantagens de comer maçãs e as variedades que você pode encontrar.

Características nutricionais da maçã

Nutricionalmente, os valores entre cada variedade de maçã não mudam muito. O que varia é a acidez, a forma e a cor.

100 gramas de maçã, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos ( USDA ), contém 48 quilocalorias, 0,27 gramas de proteína, 0,13 de gordura e 12,8 gramas de carboidratos. Elas fornecem 2,7 gramas de fibra e cerca de 10 gramas de açúcares. É o alto teor de água que a torna suculenta, pois tem 86,7 gramas nesta porção.

É uma boa fonte de potássio, pois possui 90 miligramas. Além disso, 11 miligramas de fósforo e 4 de magnésio são registrados. De vitamina C tem 4 miligramas, de colina contribui com 3,4 miligramas e de vitamina A, 2 microgramas.

Benefícios das maçãs

Os benefícios das maçãs são muitos. Eles variam de seu alto teor de antioxidantes às fibras que contribuem para a saúde intestinal.

Maçã vermelha.
As maçãs têm um alto teor de água, por isso contribuem para a hidratação diária.

1. Conteúdo de fibra

A maçã contém fibras solúveis e insolúveis. A insolúvel reduz a absorção do colesterol no sistema digestivo.

O Departamento de Agricultura da Califórnia do Norte afirma que comer uma maçã por dia reduz o colesterol ruim ou LDL em 8-11%. Duas maçãs por dia o reduzem em 16%.

Além disso, a fibra contribui para a boa saúde intestinal, pois amolece as fezes, reduzindo a constipação. Se houver fezes aquosas, a fibra solúvel solidifica-as, por isso também pode reduzir a diarreia.

2. Alto teor de antioxidantes

Esta fruta é rica em antioxidantes, como o beta-caroteno, do qual contém 17 microgramas. Também criptoxantina, com 13 microgramas. Possui flavonóides como catequina, epicatequina e procianidina B2.

Os antioxidantes evitam a oxidação das células. Isso significa que eles lutam contra os radicais livres, que são substâncias produzidas pelo corpo como resíduos. Os radicais livres são responsáveis pelo processo de estresse oxidativo, associado ao envelhecimento.

3. Previne doenças cardiovasculares

A pesquisa mostrou a relação entre o consumo de flavonóides da maçã e a redução de doenças cardiovasculares e cerebrovasculares. Uma das razões pelas quais as maçãs são capazes de atingir esse efeito é que elas limitam os níveis de colesterol. Em estudos com ratos, descobriu-se que comer maçãs pode reduzir o acúmulo de gordura nas artérias do coração.

Variedades de maçãs

Embora existam inúmeras variedades de maçãs, aqui iremos descrever as mais comercializadas que você provavelmente já viu no mercado.

1. Maçã Fuji

Esta maçã é originária da cidade de Fujisaki. É uma mistura do red delicious e das ralls janet. Entre as suas características está o fato de ser arredondada, de cor vermelha lisa,  crocante, com carne firme, suculenta, doce e aromática. A acidez nela é mínima.

2. Maçã Royal Gala 

Esta variedade é originária da Nova Zelândia. Tem um vermelho profundo com variações do amarelo ao laranja. A sua forma é arredondada com um tamanho de médio a pequeno. É doce com um toque de acidez, aromática e com carne suculenta, branca e cremosa.

3. Honeycrisp

Esta maçã é originária de Minnesota (Estados Unidos). É uma fruta crocante, com uma cor entre o vermelho vivo e o verde pálido. É doce, com ligeiro toque de acidez.

4. Granny Smith

A maçã da vovó Smith é uma maçã híbrida, feita de uma mistura de duas espécies. Ele apareceu na Austrália em 1868, depois que a avó Mary Ann Smith Sherwood criou o primeiro enxerto.

Possui um tom verde intenso, embora possam ser rosados. São redondas, com carne branca suculenta, ácida e crocante. Seu aroma é delicado.

5. Red delicious

É uma maçã de casca vermelha com uma escala de doçura média. É aromática e com carne suculenta.

6. Golden delicious

Esta é uma maçã muito doce, de polpa branca e firme. Sua casca é macia e fina. Na verdade, raramente é necessário descascá-la.

Maçãs vermelhas em diferentes variedades.
Algumas variedades de maçãs surgiram da mistura e enxertia entre plantas.

7. Empire

A maçã do império também é nativa dos Estados Unidos. O seu sabor é suave e com ligeira acidez. É uma das variedades de textura mais dura. É muito suculenta.

8. Winesap

É a maçã preferida para fazer cidra de maçã devido ao seu sabor picante. A sua textura é geralmente lisa, de cor vermelha arroxeada e com um tamanho que vai do médio ao pequeno.

Escolha qualquer variedade de maçã e aproveite seus benefícios

Recomenda-se comer duas maçãs por dia. Se comer mais, existe o risco de aumento de peso e aumento do açúcar no sangue.

Vá ao mercado favorito e descubra quais variedades de maçãs são vendidas lá. Agora você conhece as mais frequentes e pode escolher de acordo com seu gosto.

This might interest you...
Maçãs assadas, uma maneira deliciosa e diferente de prepará-las
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Maçãs assadas, uma maneira deliciosa e diferente de prepará-las

Você já comeu maçãs assadas algumas vez? Experimente esta receita deliciosa de sobremesa e impressione amigos e familiares!



  • Auclair S, Silberberg M, Gueux E, et al.: Apple polyphenols and fibers attenuate atherosclerosis in apolipoprotein E-deficient mice. J Agric Food Chem. 2008;56: 5558-63.
  • Mink PJ, Scrafford CG, Barraj LM, et al.: Flavonoid intake and cardiovascular disease mortality: a prospective study in postmenopausal women. Am J Clin Nutr. 2007; 85: 895-909
  • Palomo I. EL CONSUMO DE MANZANAS CONTRIBUYE A PREVENIR EL DESARROLLO DE ENFERMEDADES CARDIOVASCULARES Y CÁNCER: ANTECEDENTES EPIDEMIOLÓGICOS Y MECANISMOS DE ACCIÓN. Rev Chil Nutr Vol. 37, Nº3, Septiembre 2010
  • USDA. Apples, raw, without skin. 2018.
  • Melendez A. Importancia nutricional de los pigmentos carotenoides. ALAN v.54 n.2 Caracas jun. 2004