8 superalimentos que ajudam a queimar a gordura do abdômen

· 9 de novembro de 2016
O acúmulo de gordura no abdômen é muito mais do que um problema estético, é um problema de saúde. Felizmente há alimentos que ajudam a queimar esta gordura tão prejudicial de forma natural.

O acúmulo de gordura no abdômen é um problema que, além de afetar a forma física, causa um enorme risco para a saúde geral do organismo. Conheça hoje 8 superalimentos que ajudam a queimar a gordura do abdômen.

Visto que a gordura abdominal rodeia órgãos vitais, sua falta de controle pode levar a transtornos graves como a pressão arterial alta, a diabetes ou o fígado gorduroso, entre outros.

Embora em pequenas quantidades ela não represente um risco significativo, com o passar do tempo ela pode aumentar até provocar doenças que afetam a qualidade de vida.

A boa notícia é que todos podemos fazer muito para tratar esta condição, em especial dando mais importância a uma boa alimentação e à prática regular de exercícios físicos.

Estes hábitos melhoram o ritmo do metabolismo e melhoram o processo através do qual o corpo transforma gordura em energia. De fato, foi comprovado que alguns superalimentos têm propriedades que atuam de forma positiva na eliminação de gordura abdominal.

Superalimentos para queimar gordura abdominal

1. Amêndoas

Amêndoas como superalimento

As gorduras saudáveis contidas nas amêndoas e outras oleaginosas são úteis para reduzir o colesterol ruim e a ansiedade por comer em excesso.

Dado seu alto teor de magnésio, sua ingestão regular apoia a construção de massa muscular e melhora o rendimento durante a atividade física.

Além disso, por seu teor significativo de fibras, melhora a digestão, prolonga a sensação de saciedade e acalma a inflamação.

2. Melancia

A melancia é um dos melhores superalimentos para fazer frente à gordura acumulada no abdômen.

Ela é composta por 91% de água e também oferece antioxidantes, vitaminas e minerais que apoiam o processo de depuração do organismo.

Sua ingestão mantém sob controle o desejo de comer alimentos não saudáveis e, por ser tão baixa em calorias, ela representa uma opção muito saudável para quem quer emagrecer.

Cabe mencionar que a melancia também é uma fonte de vitaminas do complexo B e de vitamina C, assim como de potássio e magnésio.

3. Feijões

Feijões como superalimentos

Os feijões são saciantes, diminuem a gordura do abdômen e são um dos melhores superalimentos para desenvolver os músculos.

Seu alto teor de fibras solúveis ajuda a impedir o acúmulo de gordura e reduz os lipídios que vão se acumulando nas artérias.

Conheça: Remédios naturais para limpar as artérias

Por suas proteínas, é um alimento energético que potencializa o rendimento físico durante as atividades esportivas.

4. Pepinos

Cada 100 gramas de pepino contêm apenas 45 calorias e mais de 90% de água. Estas qualidades o transformam em um alimento refrescante e queima-gorduras, ideal para fazer parte de todo tipo de dieta.

Ele conta com vitaminas, minerais e fibras dietéticas que impulsionam a eliminação de toxinas e líquidos retidos nos tecidos. Melhora a saúde digestiva e, como benefício adicional, ajuda a conservar a pele radiante graças ao seu teor de vitaminas B e C.

5. Farinha de aveia

Superalimentos

A farinha de aveia orgânica é uma das fontes de fibras mais saudáveis que podemos incorporar diariamente à nossa dieta.

Ela controla o desejo insaciável por comer, estabiliza os níveis de açúcar no sangue e aumenta o gasto energético ao longo do dia. É especialmente recomendada para o café da manhã, embora também possa ser ingerida nos momentos em que a fome ataca.

6. Sementes de linhaça

As sementes de linhaça são uma das melhores fontes vegetais de ácidos graxos ômega 3, um nutriente essencial que combate a inflamação e diminui o excesso de gordura.

Leia também: 10 alimentos que combatem a artrite

Contém fibras que controlam a ingestão excessiva de calorias e os níveis altos de colesterol. Além disso, por seu alto aporte de lignanas, um nutriente que queima gorduras naturalmente, é útil para perder peso.

7. Azeite de oliva

O azeite de oliva é um superalimento

As pessoas que incluem o azeite de oliva em sua alimentação têm uma tendência menor a ingerir gorduras saturadas em comparação com aquelas que não o consomem regularmente.

Suas gorduras monoinsaturadas diminuem o desejo de comer alimentos pouco saudáveis e favorecem o controle dos processos inflamatórios que impedem o emagrecimento.

8. Tomates

Um tomate grande possui apenas 33 calorias e grandes quantidades de licopeno e minerais essenciais para o organismo.

Seu consumo regular estabiliza as gorduras presentes no sangue e, ao mesmo tempo, acelera o metabolismo para combater a gordura acumulada na região do abdômen.

Também oferece antioxidantes e vitaminas que, a longo prazo, previnem vários tipos de câncer, doenças cardiovasculares e transtornos associados ao envelhecimento precoce.

Você está pronto para acrescentar estes alimentos ao seu plano de alimentação regular? Embora nenhum deles possa nos ajudar a perder gordura de forma milagrosa, consumi-los com regularidade irá trazer muitos benefícios para que possamos alcançar o peso desejado.

  • Perkins-Veazie, P., Collins, J. K., Clevidence, B., & Wu, G. (2007). Watermelons and health. In Acta Horticulturae. https://doi.org/10.17660/ActaHortic.2007.731.17
  • Butt, M. S., Tahir-Nadeem, M., Khan, M. K. I., Shabir, R., & Butt, M. S. (2008). Oat: Unique among the cereals. European Journal of Nutrition. https://doi.org/10.1007/s00394-008-0698-7
  • Moghadasian, M. H. (2008). Advances in dietary enrichment with N-3 fatty acids. Critical Reviews in Food Science and Nutrition. https://doi.org/10.1080/10408390701424303