8 conselhos para comer melhor se praticar ioga

17 de fevereiro de 2019
Para complementar os benefícios da ioga sobre o equilíbrio físico e mental é importante melhorar a alimentação. Escolher ingredientes orgânicos e evitar os processados são essenciais para comer melhor.

A prática regular de ioga permite aumentar o bem-estar físico e mental. Ainda que os motivos para seguir suas rotinas sejam muito variados, no geral se busca conseguir uma relação saudável entre o corpo e a mente. Você sabia que deve comer melhor se faz ioga?

Ainda que se obtenha muitos benefícios com somente praticar os exercícios, uma adequada nutrição é determinante para alcançar o equilíbrio desejado. Esta não só permite conseguir um peso mais saudável, como também ajuda a melhorar o rendimento e a qualidade de vida no geral.

Por isso, se você acaba de iniciar na ioga, ou se pensa em fazê-lo, é bom conhecer algumas dicas para melhorar a alimentação. Não se trata de seguir um regime estrito ou perigoso, e sim algumas mudanças para ficar mais saudável.

Os melhores conselhos para comer melhor se você faz ioga

Existem muitos hábitos alimentares que permitem comer melhor caso se faça ioga. Ainda que os seguidores desta disciplina tenham desenvolvido dezenas de dietas especiais, a recomendação geral é seguir uma alimentação baseada em ingredientes de origem orgânica, sem cair em extremos ou restrições. O que devemos levar em consideração?

1. Realize mudanças graduais

É bem difícil mudar a alimentação da noite para o dia. Principalmente pode te custar muito caso esteja acostumado a alguns produtos viciantes.

Por isso, se quiser comer bem de forma permanente, terá que fazê-lo de forma gradual. É importante que a mudança não seja brusca para o corpo.

2. Evite pular as refeições

Uma das regras para comer melhor caso se faça ioga é manter as refeições principais nos horários habituais.

Algumas dietas sugerem o jejum como via para emagrecer. No entanto, o verdadeiramente recomendado é que tome um bom café da manhã e faça pelo menos dois lanches entre refeições.

Não deixe de ler: 4 alimentos que irão prepará-lo para o seu treino de cardio

3. Consuma temperos picantes

Comer melhor ao praticar ioga significa incluir pimenta

Desde já que, para melhorar a alimentação na hora de praticar ioga, é bom limitar o consumo de sal. Então, para substituí-lo, pode fazer suas receitas com temperos picantes como a caiena, gengibre ou pimenta negra.

Estas não sé realçam o sabor de seus pratos, como têm propriedades nutricionais que melhoram sua saúde e peso.

4. Evite as restrições

Definitivamente, em uma dieta de ioga não cabem as restrições de nutrientes. Na verdade, estes planos de alimentação respeitam as regras de uma dieta balanceada e completa. Ainda que sugiram evitar alimentos como os processados e refinados, no geral permitem comer “de tudo um pouco”.

Em suma, assegure-se de consumir todos os macronutrientes e micronutrientes através de:

  • Frutas e vegetais frescos
  • Cereais integrais
  • Carnes magras e peixes
  • Frutos secos e sementes
  • Lácteos baixos em gordura
  • Óleos saudáveis como o de oliva

5. Consuma alimentos de temporada

Em primeiro lugar, para começar a comer melhor caso se faça ioga é escolher alimentos de temporada, como as frutas e vegetais. Assim você consumirá ingredientes orgânicos e baixos em calorias, e que são ideais para saciar a fome sem ganhar mais peso.

Além disso, estão repletos de nutrientes e compostos antioxidantes que ajudam a eliminar as toxinas do corpo.

6. Limite o consumo de alimentos rajásicos

Os alimentos “rajásicos” são aqueles cuja composição pode incidir no aparecimento de estresse físico e mental. Por este motivo, na hora de fazer uma dieta para a ioga recomenda-se limitar ao máximo sua ingestão. Os mais consumidos são:

  • Cebola
  • Chá e café
  • Açúcar branco
  • Chocolate
  • Bebidas açucaradas ou refrigerantes

Confira também o seguinte artigo: Variedade de alimentos que as dietas devem ter

7. Evite os alimentos tamásicos

Comer melhor ao praticar ioga significa incluir carnes

Outra variedade de alimentos cujo consumo deve ser moderado ou evitado são os conhecidos como “tamásicos”. Pela composição nutricional que os caracteriza, estes alimentos e bebidas fazem com que o corpo se mostre mais preguiçoso.

Nesta categoria se incluem:

  • Carnes vermelhas e embutidas
  • Produtos lácteos integrais
  • Cogumelos
  • Bebidas alcoólicas

8. Coma sem pressa

Se você estiver praticando uma rotina de ioga tem em mente que seus principais benefícios são a sensação de calma, bem-estar e equilíbrio. No entanto, se o que quer é manter é manter esta tranquilidade em todo momento, terá que melhorar a maneira em que você come. 

Portanto, tome um tempo adequado para ingerir os alimentos, e principalmente mastigue-os bem, será essencial para evitar as digestões lentas e pesadas. Procure desfrutar cada mordida para que se sinta mais satisfeito e leve.

Em conclusão, para comer melhor caso se faça ioga deve-se tentar basear os pratos em alimentos naturais e baixos em calorias. Da mesma foram, terá que evitar qualquer extremo ou restrição.

Ainda que seja bom evitar alguns ingredientes, em geral pode comer tudo que te traga bem-estar e equilíbrio.

  • Watts, A. W., Rydell, S. A., Eisenberg, M. E., Laska, M. N., & Neumark-Sztainer, D. (2018). Yoga’s potential for promoting healthy eating and physical activity behaviors among young adults: A mixed-methods study. International Journal of Behavioral Nutrition and Physical Activity. https://doi.org/10.1186/s12966-018-0674-4
  • Prakash, S., Meshram, S., & Ramtekkar, U. (2007). Athletes, yogis and individuals with sedentary lifestyles; do their lung functions differ? Indian Journal of Physiology and Pharmacology.
  • O’Dea, J. A. (2003). Why do kids eat healthful food? Perceived benefits of and barriers to healthful eating and physical activity among children and adolescents. Journal of the American Dietetic Association. https://doi.org/10.1053/jada.2003.50064