8 benefícios da couve-flor para incluí-la na dieta

O consumo de couve-flor não apenas traz benefícios internos para o nosso organismo, mas também protege a pele da ação dos radicais livres e estimula a regeneração celular.
8 benefícios da couve-flor para incluí-la na dieta

Última atualização: 09 Maio, 2021

A couve-flor faz parte da família dos vegetais crucíferos, assim como os brócolis e as variedades de repolho. Muitos não ousam incluí-la em suas dietas devido à má fama que tem pelo cheiro que libera e pelo inchaço que pode causar no abdômen.

A couve-flor é um vegetal que, do ponto de vista nutricional, é fonte de vitaminas, minerais e poderosos antioxidantes que melhoram a saúde. Portanto, ela merece uma chance no plano alimentar. É também um alimento muito versátil. Assim, pode ser facilmente incluída em saladas, cremes e muitos outros pratos de cozinha.

Se você for uma daquelas pessoas que ainda não a consomem, abaixo nós compartilharemos 8 benefícios da couve-flor e por que você deve começar a comê-la agora. Vá em frente e experimente!

1. Ajuda a proteger a saúde cardíaca

Ajuda a proteger a saúde cardíaca

A couve-flor, assim como outros vegetais da mesma família, contém uma substância chamada sulforafano. Isso ajuda a melhorar a pressão arterial e a função renal, de acordo com a literatura científica.

Além disso, este composto está associado à melhoria da metilação do DNA. Este processo é a chave para o funcionamento adequado das células e expressão gênica, principalmente na parte interna das artérias .

Por outro lado, a couve-flor fornece um fitoquímico chamado alicina. Pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol e o risco de acidente vascular cerebral, de acordo com um artigo publicado na revista Experimental and Therapeutic Medicine.

2. Melhora a saúde cerebral

Devido ao seu conteúdo em colina, um tipo de vitamina B, é uma grande aliada da saúde e do desenvolvimento do cérebro. Tanto é que seu consumo desde a fase da gravidez traz muitos benefícios na atividade cerebral. Isso inclui função cognitiva e memória. Na verdade, os adultos que a consomem com frequência podem se proteger da deterioração associada à idade e às toxinas.

3. É diurética e depurativa

Uma grande porcentagem dos componentes deste vegetal é de água. Além disso, contém potássio e uma pequena quantidade de sódio. Elas têm um efeito diurético no corpo. Assim,  favorecem a eliminação de líquidos que ficam retidos nos tecidos.

Ela também tem qualidades depurativas. Ajuda a promover a eliminação de toxinas e substâncias acumuladas como ácido úrico ou ureia, entre outras.

4. Faz bem para as mulheres grávidas

Faz bem para as mulheres grávidas

O consumo dessa hortaliça é de grande interesse para a gestante, pois é uma importante fonte de ácido fólico (B9). Este é um dos nutrientes necessários para o bom desenvolvimento do feto, conforme indicado por especialistas.

Os folatos desempenham um papel na produção de células vermelhas do sangue. Eles também participam da síntese de material genético e da formação de anticorpos que fortalecem o sistema imunológico.

Da mesma forma, seu consumo é recomendado para quem faz uso de anticoncepcionais orais, pois reduzem a presença desse nutriente.

5. Facilita a digestão

Seu conteúdo significativo de fibra confere propriedades laxantes que melhoram a digestão e reduzem a constipação. A fibra é um nutriente essencial para manter o movimento intestinal e expulsar os resíduos retidos no sistema. Também existem estudos que relacionam negativamente o seu consumo com o risco de sofrer constipação.

6. É anticancerígena (um dos benefícios mais interessantes da couve-flor)

O sulforafano é um composto de enxofre contido em grandes quantidades. Existem estudos que relacionam a ingestão dessa substância com uma possível prevenção de alguns tipos de câncer. Porém, mais ensaios clínicos são necessários para fornecer um maior nível de evidência a esse respeito, apesar dos mecanismos fisiológicos já terem sido descritos.

7. Ajuda a emagrecer

Ajuda a emagrecer

A couve-flor tem poucas calorias e é rica em nutrientes. Portanto, pode ser uma grande aliada para quem está tentando perder peso. Sua fibra ajuda a prolongar a sensação de saciedade e controlar o desejo constante por calorias.

8. A couve-flor também é boa para a pele

Seu grande número de antioxidantes e nutrientes ajudam a manter a saúde e a beleza da pele. Estes promover a regeneração de células e inibem os danos causados por radicais livres, as principais causas do envelhecimento prematuro.

Pode não parecer o vegetal mais delicioso para você. No entanto, a couve-flor é uma fonte muito importante de nutrientes da qual você pode tirar partido. Você pode pesquisar várias receitas para cozinhá-la. Além disso, você deve tentar consumi-la pelo menos uma ou duas vezes por semana para se beneficiar dessas propriedades. Não exagere, mas tente comer uma dieta rica e variada.

Pode interessar a você...
Verduras e hortaliças que ajudam a emagrecer
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Verduras e hortaliças que ajudam a emagrecer

Todas as verduras e hortaliças são imprescindíveis em dietas para emagrecer ou para manter o peso ideal. Confira algumas dicas.



  • Instituto Nacional del Cáncer. Plantas crucíferas y la prevención del cáncer. 2012. Available at: https://www.cancer.gov/espanol/cancer/causas-prevencion/riesgo/dieta/hoja-informativa-plantas-cruciferas. Accessed 11/30, 2018.
  • Instituto Nacional de Salud. Datos sobre la colina. 2017. Available at: https://ods.od.nih.gov/pdf/factsheets/Choline-DatosEnEspanol.pdf. Accessed 11/30, 2018.
  • Wikipedia. Brassica oleracea var. botrytis. 2018. Available at: https://es.wikipedia.org/wiki/Brassica_oleracea_var._botrytis. Accessed 11/30, 2018.
  • Vanduchova A., Anzenbacher P., Anzenbacherova E., Isothiocyanate from Broccoli, sulforaphane and its properties. J Med Food, 2019. 22 (2): 121-126.
  • Liu DS., Wang SL., Li JM., Liang ES., et al., Allicin improves carotid artery intima-media thickness in coronary artery disease patients with hyperhomocysteinemia. Exp Ther Med, 2017. 14 (2): 1722-1726.
  • Van Gool JD., Hirche H., Lax H., De Schaepdrijver L., Folic acid and primary prevention of neural tube defects: a review. Reprod Toxicol, 2018. 80:73-84.
  • Christodoulides S., Dimidi E., Fragkos KC., Farmer AD., et al., Systematic review with meta analysis: effect of fibre supplementation on chronic idiopathic constipation in adults. Aliment Pharmacol Ther, 2016. 44 (2): 103-16.
  • Leone A., Diorio G., Sexton W., Schell M., et al., Sulforaphane for the chemoprevention of bladder cancer: molecular mechanism targeted approach. Oncotarget, 2017. 8 (21): 35412-35424.